Amas-Me? Tu amas-Me? Tu amas-Me mais?

Do Evangelho Quotidiano

Depois de terem comido, Jesus perguntou a Simão Pedro: Simão, filho de João, tu amas-me mais do que estes? Pedro respondeu: Sim, Senhor, Tu sabes que eu sou deveras teu amigo. Jesus disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros.Voltou a perguntar-lhe uma segunda vez: Simão, filho de João, tu amas-me? Ele respondeu: Sim, Senhor, Tu sabes que eu sou deveras teu amigo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.E perguntou-lhe, pela terceira vez: Simão, filho de João, tu és deveras meu amigo? Pedro ficou triste por Jesus lhe ter perguntado, à terceira vez: ‘Tu és deveras meu amigo?’ Mas respondeu-lhe: Senhor, Tu sabes tudo; Tu bem sabes que eu sou deveras teu amigo! E Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.Em verdade, em verdade te digo: quando eras mais novo, tu mesmo atavas o cinto e ias para onde querias; mas, quando fores velho, estenderás as mãos e outro te há-de atar o cinto e levar para onde não queres. E disse isto para indicar o gênero de morte com que ele havia de dar glória a Deus. Depois destas palavras, acrescentou: Segue-me! (S. João 21,15-19)

Comentário do Evangelho feito por Beato João Paulo II

Na hora da prova, Pedro renegou o Mestre três vezes. E a voz tremia-lhe quando respondeu: Sim, Senhor, Tu sabes que Te amo (Jo 21,15). Contudo, não respondeu Todavia, Senhor, eu enganei-Te, mas: Sim, Senhor, Tu sabes que Te amo. Dizendo isto, já sabia que Cristo é a pedra angular sobre a qual, apesar de toda a fraqueza humana, pôde crescer nele, Pedro, esta construção que terá a forma do amor. Através de todas as situações e todas as provas. Até ao fim. Por isso ele escreverá um dia […]: Vós mesmos, como pedras vivas, entrais na construção de um edifício espiritual, por meio de um sacerdócio santo, cujo fim é oferecer sacrifícios espirituais que serão agradáveis a Deus tão só por Jesus Cristo (1 Ped 2,5).Tudo isto significa tão só responder sempre e constantemente, com tenacidade e de maneira consequente, a esta única pergunta: Amas-Me? Tu amas-Me? Tu amas-Me mais? É com efeito esta resposta, quer dizer, este amor, que faz com que sejamos raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo adquirido (1 Ped 2,9). Ela é que faz que proclamemos as obras maravilhosas d’Aquele que nos chamou das trevas para a Sua luz admirável (1 Ped 2,9). Tudo isto soube-o Pedro na absoluta certeza da sua fé. E sabe tudo isto e continua a confessá-lo também nos seus sucessores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s