Firmes na Fé:: Vigília da Cruz do JMJ na Diocese de Osasco

Do Portal de Notícias da Diocese de Osasco

A nossa Diocese fez festa. A Cruz da JMJ e o Ícone de Maria abençoado pelo Papa João Paulo II chegaram a Osasco na noite de 30 de setembro. A recepção contou com o apoio e participação dos alunos e professores do Colégio Misericórdia e em seguida saiu em caminhada até a Catedral Santo Antonio.

A chegada à igreja foi acompanhada de uma linda queima de fogos, além de grande entusiasmo e alegria por parte dos fies presentes. Diversas paróquias estavam representadas, além de padres da região e autoridades políticas.

O bispo D. Ercílio manifestou seu contentamento em ver os esforços feitos pelos jovens em venda de pastéis, rifas, etc., encontrando maneiras diversas para estar em Madri representando a nossa diocese. Falou ainda que a caminhada, realizada pela nossa Diocese da Catedral para a Super Avenida no dia 01, era a vontade do Beato Papa João Paulo II, de que os jovens mostrassem a sua fé “os jovens sempre estão presentes, muitas vezes esperando um convite” disse ele.

A cerimônia contou ainda com vários com momentos emocionantes, como Adoração ao Santíssimo, a procissão de entrada da Cruz JMJ e do ícone de Maria e os testemunhos dos jovens representantes das regiões pastorais da diocese que estiveram na Jornada Mundial da Juventude na Espanha. Muito emocionado, o Bispo D. Ercílio recebeu da mão de um dos jovens, a mitra da JMJ, presente para o bispo.

Muito sábias foram às palavras do bispo ao dizer que o jovem acredita na vida, ele quer viver, mas na ânsia de viver, acabam perdendo a vida. “O nosso referencial é Cristo, Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida. O jovem acredita no Ressuscitado que passou pela Cruz, mas está verdadeiramente vivo”, enfatizou.

Por meio de uma coreografia da música “Santa Cruz”, da Banda Arkanjos, a Comunidade Frater Kerigma retratou a realidade da sede de vida dos jovens, demonstrando que somente na Santa Cruz é possível encontrar a verdadeira vida.

“Hoje estamos aqui com a Cruz. Como dissemos antes, a Cruz é para nós sinal de vitoria, é o sinal do compromisso com a vida”, afirmou D. Ercílio em seu discurso. Sobre o ícone de Nossa Senhora, o bispo relatou que foi-nos dado, anos mais tarde que a cruz, pelo Papa João Paulo II, para mostrar que a nossa Igreja não é órfã, que temos uma mãe que cuida da juventude.

Fez ainda uma analogia da Cruz que aponta para o alto para nos dizer que existe um Deus de amor, que é fonte de vida e que Deus não nos criou para ficarmos caídos na sarjeta do mundo, mas nos criou para a eternidade. A outra aponta a terra, é preciso que saibamos cuidar da terra, das instituições terrenas para que possamos transformar e continuar a criação de Deus. A Cruz é um projeto, braços abertos, convidando-nos a pegar na ponta e fazer um grande grupo a serviço da vida, enquanto ao contrário, o pessimismo nos faz cruzar os braços.

O bispo encerrou seu discurso sob aplausos, com o grito de guerra que acompanhou os jovens durante toda etapa preparatória da peregrinação “Com Jesus Cristo, firmes na Fé. Com a Cruz, firmes na Fé. Com Maria, firmes na Fé”.

Matéria: Meire Elaine
Foto: Cristiana Brito

2 comentários sobre “Firmes na Fé:: Vigília da Cruz do JMJ na Diocese de Osasco

  1. Pingback: Nossos agradecimentos e votos de um Feliz 2012! « Dominus Vobiscum

  2. Pingback: Nossos agradecimentos e votos de um Feliz 2012! « Dominus Vobiscum

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s