Os sinais do Reino de Deus:: Cuidado com as tendas de milagres!

Amigos do Dominus Vobiscum, antes de mais nada quero agradecer pelos comentários que recebi no último texto – Sobretudo no twitter (Siga-nos no Twitter). É muito bom quando vocês comentam… Nós os blogueiros acabamos ficando mais animados para escrever. Ainda que sejam poucas palavras, é sempre bom um comentário. Que sejam simples palavras, elas sempre são estimulantes. Obrigado àqueles que o fazem nesse blog. Na medida do possível procuro responder no próprio post onde você comenta.

Mas vamos ao que interessa que é o estudo de hoje. Depois da pancada de ontem, vamos ao tópico do Catecismo para o dia de hoje:

Ao libertar certas pessoas dos males terrestres da fome, da injustiça, da doença e da morte, Jesus operou sinais messiânicos; não veio, no entanto, para abolir todos os males da terra, mas para libertar os homens da mais grave das escravidões, a do pecado, que os entrava em sua vocação de filhos de Deus e causa todas as suas escravidões humanas. (CIC§549)

Veja, eu fui um pouco duro no texto anterior, mas o Catecismo no parágrafo acima vem a nos alertar justamente sobre isso. É engano pensar que porque seguimos a Cristo, porque vamos a Igreja todos os dias, porque somos homens e mulheres de Deus, estaremos livres do mal que está no mundo. É engano pensar que quando uma doença bater a nossa porta, ou perdemos o nosso emprego, ou sei lá o que venha a acontecer de desfavorável, iremos chamar Deus, apontar nossa carteirinha de católicos assíduos e Ele vai ajeitar tudo para nós. Nem sempre vai ser assim caríssimos. Por mais presente que você seja na Igreja, por mais orante que você seja, a coisa não funciona assim. Eu não posso e nem quero enganar você. Também não gostaria que você enganasse a si mesmo…

Só que infelizmente muita vezes as pessoas pensam exatamente assim. Só que a coisa não é assim… É bom “tirar seu cavalinho da chuva”! Jesus não veio servir você. Ele não veio ao mundo para ser o seu garçom, ou seu mordomo, Ele não veio para ser a sua agência de empregos ou seu hospital particular. Ele veio para tirar os pecados do mundo. Os sinais acontecem, para que nós creiamos que Jesus tem poder para perdoar os pecados e poder para nos livrar do mal.

Mas Ele pode nos ajudar? Claro que sim! Podemos pedir? Claro que podemos! Aliás devemos!

O que não podemos fazer é chegar diante de Jesus apontando a Ele o que Ele deve ou não fazer e dando prazos a Jesus. Tem coisas caríssimo, que você vai morrer rezando e não vai acontecer, porque Jesus sabe que se esse seu pedido vai fazer mal a tua alma, ou a alma de alguém, Ele simplesmente não vai dar e ponto final. Antes de pedir, é preciso saber o que se vai pedir e porque se vai pedir. Antes de pedir é preciso dizer a Jesus que se a vontade Dele for outra, que você está disposto a fazer a vontade de Deus acima de tudo. E mesmo quando você julgar seu pedido justo ou digno, deixe que Jesus decida. Não cobre Jesus… Se uma dia Ele cobrar você como você vai se virar heim?

Antes de olhar o bem material ou físico, olhe para o bem espiritual que a situação que você está vivendo está te proporcionando. Como já escrevi aqui em outros posts, precisamos viver os momentos de tribulação para crescermos espiritualmente. Hoje mesmo coloquei no Twitter um dito dos Padres do Deserto onde o um deles (pai Evágrio) dizia: “Retirem-se as tentações e ninguém será salvo.”

Além disso fica a pergunta (se quiser responder nos comentários vai ser bacana): De que vale entrar curado (fisicamente) no inferno? Antes passar pela doença para chegar ao céu.

Pax Domini

Siga-nos e fique por dentro das novidades:
Anúncios

Festa de Santa Isabel:: Confira a programação

Olá amigos do Blog Dominus Vobiscum!  Como já havia falado anteriormente, embora este blog seja voltado para Catequese e Doutrina, eventualmente estarei postando aqui alguns projetos da Diocese. Quero convidá-los (sobretudo você que mora em Osasco ou nas proximidades) a participarem conosco da Novena em Honra a Santa Isabel – Nossa Padroeira. A programação você vê no cartaz abaixo:

No dia 31 de outubro eu estarei animando e cantando na Santa Missa, presidida pelo padre Fábio Rosário. No dia 05 que é o dia da nossa amada Padroeira, o Padre Henrique entre outras coisas, vai abençoar a imagem de Nossa Senhora da Visitação, que vai começar a visitar as casas dos irmãos da Paróquia (em breve mais explicações).

Portanto, reitero o convite: Venha participar conosco. Mesmo que você não possa vir todos os dias, estaremos esperando a sua visita nem seja em uma das missas.

Pax Domini

Siga-nos e fique por dentro das novidades:

Notícia:: Biblioteca Vaticana se digitaliza com tecnologia da NASA

Do ACI Digital

Os recursos do patrimônio da Biblioteca Vaticana serão digitalizados para sua preservação e modernização com uma tecnologia realizada pela NASA, conforme informa o jornal italiano Il Corriere della Sera.

O Prefeito da Biblioteca Vaticana, Dom Cesare Pasini, sacerdote de 61 anos à frente da instituição desde 2007, explicou ao jornal que o projeto de conservação “não tem precedentes no mundo por suas dimensões”.

O Pe. Pasini explicou que o projeto se dá para evitar “a deterioração dos manuscritos devido à prolongada consulta direta” dos peritos.

A digitalização do patrimônio vaticano será realizada por etapas e implicará o traslado das peças a serem conservadas a uma zona especial a temperaturas adequadas no qual trabalharão “entre 120 e 150 pessoas”.

A agência EFE assinala que para realizar este projeto empregarão a tecnologia Fits (Sistema de Transporte Flexível de Imagens, por suas siglas em inglês), criada há 40 anos pela NASA para conservar as imagens de suas missões espaciais, e “atualizada continuamente pela comunidade científica internacional”.

Dom Pasini disse também ao diário italiano que a fase de testes sobre um padrão de 23 manuscritos aleatórios concluiu-se satisfatoriamente.

“Agora sabemos que todo o conjunto funciona: sabemos como fazer as fotos, capturar os manuscritos, conservar os dados. Já temos um ponto de partida”, sustentou.

O projeto poderia durar dez anos, mas Pasini conta com “inserir na rede as primeiras imagens durante o próximo ano”. “Os manuscritos são um patrimônio da humanidade que queremos fazê-los acessíveis a toda a humanidade, e que, ante a humanidade, temos a responsabilidade de conservar”, assegurou.

Os recursos da Biblioteca só podem ser consultados por 250 especialistas, em câmaras subterrâneas de temperatura e umidade controladas, devido à fragilidade de muitas das peças contidas na coleção, a mais importante humanístico-renascentista do mundo.

A Biblioteca Vaticano contém 1.6 milhões de volumes impressos, 80.000 manuscritos, 74.000 documentos de arquivo, 100.000 incisões e 300.000 moedas e medalhas.

Entre suas jóias se inclui o “Codex Vaticanus”, o primeiro testemunho da Bíblia grega de que se tem notícias, o “papiro Bodmer”, a transcrição mais antiga, datada entre o 175 e o 225 depois de Cristo, dos Evangelhos de São Lucas e São João, e a “Geographia” de Ptolomeu.

Siga-nos e fique por dentro das novidades:

Notícia:: Igreja Católica defende a liberdade religiosa

Do Zenit

O Vaticano convidou os hinduístas a se unirem aos cristãos na promoção da liberdade religiosa, que inclui a de mudar de religião, e no pedido aos dirigentes nacionais para considerarem a dimensão religiosa da pessoa humana.

Por ocasião do Deepavali 2011, que muitos hinduístas celebrarão neste 26 de outubro, o Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-Religioso enviou a mensagem Cristãos e hinduístas: unidos na promoção da liberdade religiosa.

O direito à liberdade religiosa “inclui a liberdade de cada pessoa de professar, praticar e propagar sua religião ou crença, em público ou em particular, e a séria obrigação das autoridades civis, indivíduos ou grupos, de respeitar a liberdade dos outros. Mais ainda: inclui a liberdade de mudar de religião”.

E exorta os hinduístas: “Unamo-nos na promoção da liberdade religiosa como responsabilidade compartilhada, pedindo aos líderes das nações que não ignorem a dimensão religiosa da pessoa humana”.

A festa do Deepavali, ou “fila de lâmpadas de azeite”, se baseia simbolicamente numa antiga mitologia e representa a vitória da verdade sobre a mentira, da luz sobre as trevas, da vida sobre a morte e do bem sobre o mal.

A celebração dura três dias e marca o início de um novo ano, a reconciliação familiar, especialmente entre irmãos e irmãs, e a adoração a Deus, conforme o Conselho Pontifício observa no comunicado com que difundiu a mensagem.

O texto, do cardeal Jean-Louis Tauran e de seu secretário, Dom Pier Luigi Celata, pede atenção “aos membros da família humana expostos a preconceitos, propaganda de ódio, discriminação e perseguição por causa da sua confissão religiosa”.

“A liberdade religiosa é a resposta aos conflitos por motivos religiosos em muitas partes do mundo”, indica a mensagem aos hinduístas. “E inclui necessariamente a imunidade da coação de qualquer indivíduo, grupo, comunidade ou instituição”.

Quando a liberdade religiosa é promovida, “ela permite mais entusiasmo na cooperação para a construção de uma ordem social mais justa e humana”.

A mensagem recorda, finalmente, que no dia seguinte ao Deepavali “muitos líderes religiosos de todo o mundo se unirão ao papa Bento XVI na Peregrinação a Assis, para renovar a promessa feita há 25 anos, sob o papado de João Paulo II, de criar canais religiosos de paz e de harmonia”.

“Estaremos unidos espiritualmente com eles, esperando que os fiéis sejam sempre uma bênção para o mundo inteiro”, conclui o texto, antes de desejar aos hinduístas uma gozosa celebração de Deepavali.

Siga-nos e fique por dentro das novidades:

  

Clique aqui e vote!

***** V O T E   N O   B L O G   D O M I N U S   V O B I S C U M *****

Notícia:: Cardeal Kurt Koch: “Ecumenismo é prioridade deste Pontificado”

Do RadioVaticana

O ecumenismo é “absolutamente” uma prioridade deste Pontificado. “O Papa o reiterou desde o dia da sua eleição. De fato, pode-se dizer que o Santo Padre exerce, desde então até hoje, um primado ecumênico.”

Foi o que reiterou o Presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos, Cardeal Kurt Koch, numa longa entrevista concedida ao diário francês “La Croix”, na vigília do encontro de Assis 2011 (próxima quinta-feira, dia 27), entrevista reproduzida pela agência católica Sir.

De fato, o purpurado fala de um “primado ecumênico” do Papa no “diálogo do amor e no diálogo da verdade”, e isso é testemunhado pelo fato de “numerosos protestantes, anglicanos, ortodoxos desejarem encontrá-lo, falar e aprofundar a sua relação com ele” – ressalta.

“O Papa deseja um aprofundamento espiritual do ecumenismo e não uma negociação de tipo contratual, como se faz nos negócios” – acrescenta.

O purpurado detém-se sobre algumas questões ecumênicas. Em relação ao diálogo com as Igrejas ortodoxas, o Cardeal Koch observou que “a diversidade no seio das Igrejas ortodoxas representa, por vezes, uma dificuldade para o progresso do diálogo”.

“Eis o motivo – explica – pelo qual olhamos com muita atenção para a perspectiva de um futuro Sínodo pan-ortodoxo. Esse evento é desejável, vez que reforçaria uma sinodalidade prática e realista entre as Igrejas ortodoxas.”

Em relação a um possível encontro entre o Papa e o Patriarca de Moscou e de todas as Rússias, o cardeal disse: “pessoalmente, parece-me que a situação entre Moscou e Roma jamais tenha tão boa como hoje, no que tange à relação pessoal entre o Papa e o Patriarca. Eu mesmo disse a este último que, a meu ver, tal encontro seria um sinal da providência”.

Por fim, o Presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos falou do encontro de Assis: “Todas as Igrejas, todas as religiões e os agnósticos concordarão em dizer que a irmã das religiões não é a violência, mas a paz. Bem sabendo que se trata de um Dia de reflexão e de oração, e não de uma oração comum”.”

Siga-nos e fique por dentro das novidades:

  

Clique aqui e vote!

***** V O T E   N O   B L O G   D O M I N U S   V O B I S C U M *****

Os sinais do Reino de Deus:: Jesus não é doril!

Retomamos nosso estudo sobre os sinais do Reino de Deus. E já deixo o trecho do Catecismo de hoje para você ler e refletir:

…Eles (os sinais – entenda aqui milagres e prodígios), podem também ser “ocasião de escândalo”. Não se destinam a satisfazer a curiosidade e os desejos mágicos. Apesar de seus milagres tão evidentes, Jesus é rejeitado por alguns; acusam-no até de agir por intermédio dos demônios. (CIC§548)

O trecho do Catecismo não poderia ser mais claro e sinceramente não precisa de mais comentários. Porém gostaria de escrever algumas linhas mesmo assim.

Ultimamente temos visto na TV programas como “Show da Fé” e coisas do gênero. Será que os sinais do Reino de Deus são motivos para “shows”? Se Jesus recusava títulos, ocasiões para demonstrar seu poder, devemos fazer dos sinais do Reino, shows? Isso me deixa no mínimo encabulado… E pior não é ver pessoas usarem os dons de Deus para se auto-promoverem. O pior na minha opinião é ver pessoas que vão para esses lugares para “ver” o Show… Infelizmente isso tem se tornado tão comum.

Esses dias estava eu no metrô de São Paulo quando percebi que duas senhoras que estavam conversando se diziam católicas. Uma delas dizia:

– Eu hoje acordei com muitas dores nas costas. Estou indo na missa de Padre “Fulano” para ele me curar.

Eu achei aquilo tão sem nexo que tive que intervir. Primeiro, não é o Padre “Fulano” que cura. É Jesus. Segundo, para que existe médico agora? Terceiro, Jesus não é doril (tomou doril a dor sumiu). Isso não é fé. Nunca foi e nunca vai ser. Isso é falta de respeito com os dons de Deus.

Deus criou os médicos para cuidarem dos doentes. Deus nunca irá desmerecer aquilo que Ele mesmo criou. Ele pode curar? Claro que pode. Mas não é assim que as coisas funcionam.

– Jesus não é obrigado a curar ninguém! Ele cura se Ele quiser!
– Os milagres só acontecem se forem para a glória de Deus e não dos homens;
– Tem muita gente por ai, que só vai a Igreja por causa de milagre Conversão que é bom nada!
– Os homens servem a Deus. Ele é o Senhor e não o contrário… Quem garante seesse milagre vai ser bom para sua alma?

Desculpem-me falar dessas coisas. Eu sei que é bom fazermos textos bonitos e cheios de palavras bonitas. Mas tem coisas que não dá mais para ficarmos vendo acontecer e ficarmos calados. Pode ser que amanhã, eu encontre muita gente fazendo a mesma coisa. Porém sinceramente espero que você amigo leitor deste blog, ao ler esse texto não venha a cometer tais atitudes (se já não comete ignore esse comentário).

Os sinais apenas apontam aquilo que deve verdadeiramente ser notado: Jesus Cristo.

Pax Domini

Siga-nos e fique por dentro das novidades:

Os sinais do Reino de Deus:: Porque milagres acontecem?

Os sinais operados por Jesus testemunham que o Pai o enviou. Convidam a crer nele. Aos que a Ele se dirigem com fé, concede o que pedem. Assim, os milagres fortificam a fé naquele que realiza as obras de seu Pai: testemunham que Ele é o Filho de Deus.(CIC§548)

Estudando os Sinais do Reino de Deus (ou seja os milagres e prodígios que Jesus fez e faz), podemos perceber que estes, são características marcantes da pregação de Jesus. Tanto naquele tempo, como nos dias de hoje, nenhum outro fez tais prodígios. Claro que quando falo de prodígios, estou falando daqueles que a ciência não explica, que a medicina dá como impossível. Esse lance de falar sobre milagres dá muito pano pra manga. Existe uma linha muito fina que separa o que é e o que não é milagre. Mas vamos nos ater a esses milagres. Esses que a ciência não explica.

Veja, pelo que eu saiba nenhum outro ressuscitou pessoas, multiplicou pães e peixes a vista de todos ou andou sobre as águas. Só Jesus fez isso.

Esses sinais atestam o poder de Jesus. Esses sinais nos convidam a crer que se Ele realizou aquilo que a nós parece impossível, o que mais Ele poderia fazer?

Os sinais servem para fortalecer nossa fé no Cristo. E por que Ele tudo pode, podemos ir a Ele sem temor. Se Ele nos promete o Reino, também pode nos dar aquilo que pedimos, desde que claro seja da sua vontade e seja para nossa santificação.

É importante dizer isso, porque hoje infelizmente não difere muito do tempo em que Jesus se encarnou e se fez homem. Muitas pessoas buscam Jesus apenas pelo que Ele pode dar a nível de graças a bençãos, e acha que além de Jesus “ter obrigação de dar o que a pessoa pede” tem que ser como a pessoa quer e na hora que a pessoa quer.

Jesus não é como o Papai Noel da Coca Cola onde você no fim do ano escreve uma carta e diz: “Fui uma criança boazinha. Agora quero meu brinquedo.” Jesus faz o milagre se Ele quiser, como Ele quiser e quando Ele quiser. Se aquilo que é pedido, não aproximar a pessoa do Reino de Deus, Ele não vai dar mesmo.

O milagre externo acontece, quando o milagre interior já está acontecendo.

Pense nisso!

Siga-nos e fique por dentro das novidades: