Estudo sobre o mistério pascal de Cristo :: Conhecendo os fatos para fortalecer a fé

A fé pode, pois, tentar perscrutar as circunstâncias da Morte de Jesus, transmitidas fielmente pelos Evangelhos e iluminadas por outras fontes históricas, para melhor compreender o sentido da Redenção. (CIC§573)

Muita coisa da nossa do que diz respeito a nossa fé, se dá via o conhecimento, o entendimento. Porém tem coisas que não compreendemos, não entendemos com o nosso intelecto. Há coisas que só a fé explica. O caminho de catequese passa pelo conhecimento. É preciso estudar as circunstâncias que levaram a morte de Jesus. Mas tudo isso precisa ser olhado com os olhos da fé.

Aqui no blog Dominus Vobiscum, onde estudaremos a partir do próximo podcast as coisas que levaram Jesus a cruz, vamos tentar ensinar com base no Catecismo, os fatos históricos da morte de Jesus, baseando-se no Catecismo da Igreja Católica como sempre fazemos aqui.

Porém, nosso intuito é tentar fazer com que aconteça com você o mesmo que aconteceu comigo: Que seu coração seja inflamado de amor por Jesus Crucificado. Encerramos esse pequeno estudo, desejando a você que visita diariamente o Dominus Vobiscum, um desejo profundo de estudar e aprender o que o Senhor nos fala com sua morte e ressurreição, mas ao mesmo tempo, que isso não fique apenas no intelecto,mas chegue ao coração.

Que essa fé se torne, por causa do entendimento, uma fé inabalável! Amanhãse Deus der a graça, começamos mais um estudo com um novo podcast!

Pax Domini

Siga-nos e fique por dentro das novidades:

Notícia:: Papa Bento XVI afirma: Lei de Deus é a maior herança para o fiel

Da Radio Vaticana

Na catequese de hoje, o Pontífice comentou o maior Salmo da Bíblia, o 119 (118), centralizado na Lei de Deus, a Torá.

A Lei divina, disse o Papa, é dom de graça, orientação de vida, ensinamento. Quem caminha sobre seus preceitos, é chamado “beato”. Assim é chamada a Virgem Maria no Evangelho, por ter acreditado e seguido a vontade do Senhor, e também todos os que observam a lei divina.

O Salmo fala do bem que a Lei de Deus representa para o homem, até o ponto de declarar que ela é a única herança para o fiel, mais do que terras ou outras propriedades. Deste modo, escutar, meditar, acolher e cumprir a lei do Senhor é a segurança e o prazer de viver nossa existência terrena. Como diz o Salmo, “tua palavra é lâmpada para os meus pés, e luz para o meu caminho” (v. 105).

Eis a catequese de Bento XVI em português, seguida de sua saudação:

“Queridos irmãos e irmãs, o Salmo 119 é um solene e imponente cântico sobre a Lei do Senhor, nascido de um coração que lhe consagrava um amor apaixonado. Para o salmista, a lei divina é a única parte de herança que o seu coração deseja; nada mais quer senão compreendê-la, observá-la e orientar para ela todo o seu ser e a sua vida. Faz dela o objeto da sua meditação e conserva-a no seu coração. De fato, a Lei de Deus pede para ser escutada com o coração: uma escuta feita de obediência; uma obediência não servil, mas filial, confiante e consciente. A escuta da Palavra é encontro pessoal com o Senhor da vida, um encontro que deve traduzir-se em decisões concretas e tornar-se caminho para seguir os passos do Senhor. E assim o nosso Salmo orienta-nos para o Evangelho e leva-nos a encontrar o Senhor. O pleno cumprimento da Lei é seguir Jesus. Com cordial afeto, saúdo todos os peregrinos de língua portuguesa, em especial os brasileiros da paróquia de Nossa Senhora da Glória. Que o Senhor vos encha o coração de um grande amor pela sua Palavra, para poderdes colocar a sua vontade no centro da vossa vida, como a Virgem Maria. Ela que acolheu e gerou a Palavra divina, seja o vosso guia e conforto, o astro luminoso que aponta o caminho da felicidade. Em penhor do muito bem que vos quero, dou-vos a minha Bênção Apostólica”.

Siga-nos e fique por dentro das novidades:

Notícia:: Aumenta violência anticristã na Índia: em um ano mais de mil casos

Da Radio Vaticana

A violência anticristã na Índia está em aumento e no último ano registrou mais de mil casos. Para detê-la “urge a aprovação da nova Lei para a prevenção da violência intercomunitária”, em discussão no Parlamento: foi o que afirmou a organização ecumênica “All India Christian Council” que manteve na segunda-feira um encontro público em Mangalore, Estado de Karnataka, junto com a rede de inspiração cristã “Karnataka Missions Network” (Kkn).

As duas organizações, como refere uma nota envida à agência Fides, denunciaram a instigação ao ódio religioso feita pelo líder hindu Subramanuam Swamy e os seus esforços para atingir as minorias, sabotando o projeto de lei que pretende deter a violência. A nota condena a onda de atos de vandalismo contra lugares cristãos em Karnataka (à Capela de Sant’Antonio de Pádua; à Escola Superior Santa Teresa; à Igreja de Sant’Alfonsa, todos ocorridos recentemente perto de Mangalore), mas também nos Estados de Orissa, Gujarat, Madhya Pradesh e Uttar Pradesh.

Em tais Estados, afirma-se, “as forças do mal, como a rede extremista hindu de ‘Sangh Parivar’ e os seus aliados políticos, tentam injetar o vírus da violência intercomunitária na sociedade”. Os cristãos pedem “uma eficaz ação judiciária contra os culpados e uma resposta pública por parte do governo”: aprovar o quanto antes o projeto de “Lei para a prevenção da violência intercomunitária”, apoiado pelas minorias religiosas e pela Igreja Católica, para trazer novamente harmonia social à Índia.

Uma fonte da agência Fides na Índia comenta: “a raiz do problema é conhecida: são as organizações extremistas hindus, apoiadas pelos governos de Barathiya Janata Party, que pretendem polarizar a sociedade. Tais associações agem segundo um esquema: acusam os cristãos de fazer conversões fraudulentas; enganam os cidadãos hindus pobres, inocentes e ingênuos, e lhes pagam para realizar atos de vandalismo nos lugares religiosos cristãos”.

Siga-nos e fique por dentro das novidades:

Estudo sobre o mistério pascal de Cristo :: Seguir Jesus é não negar a cruz

A Igreja permanece fiel à “interpretação de todas as Escrituras” dada por Jesus mesmo antes e também depois de sua Páscoa. “Não era preciso que Cristo sofresse tudo isso e entrasse em sua glória?” (Lc 24,26). Os sofrimentos de Jesus tomaram sua forma histórica concreta pelo fato de ele ter sido “rejeitado pelos anciãos, pelos chefes dos sacerdotes e pelos escribas” (Mc 8,31), que o “entregarão aos gentios para ser escarnecido, açoitado e crucificado” (Mt 20,19). (CIC§572)

Sabe, eu não sei você, mas é bom começar a semana lendo algo assim. Me conforta saber que faço parte de uma Igreja que permanece fiel aos ensinamentos de Cristo e a interpretação das Sagradas Escrituras desde que foi criada (ou seja, a mais de 2.000 anos). A Igreja Católica Apostólica Romana é fidelíssima aos ensinamentos de Jesus Cristo e procura interpretar tudo de forma correta e consciente, bem como ensinar aos fiéis aquilo que é a verdade. Quem ensina ou prega a palavra, quando busca os ensinamentos da Igreja para ensinar o povo está em plena comunhão com a mesma.

Mas confesso a você que ando preocupado com algumas coisas que ando vendo por parte de alguns membros da nossa Igreja. O Diácono Nelsinho Correa fala que infelizmente a Igreja tem sido invadida por uns “tiques protestantes”. E ando vendo exatamente isso, sobretudo no que diz respeito a isso que falamos acima. Dentre os muitos “tiques protestantes” que vejo, tenho percebido que muitos pregadores (desculpe-me a ousadia) e até sacerdotes, tem buscado ensinar ao povo coisas da sua própria cabeça. Criar uma “nova teologia” que foge e até nega a cruz.

Meus irmãos, aceitem um conselho de alguém que busca seguir a Cristo a mais de 20 anos:Seja prudente ao ouvir pessoas que buscam tirar “ensinamentos” da sua cabecinha humana e frágil. Corra de quem nega ou minimiza a Cruz. Sempre que sentir a dúvida no que ouviu, vá ao Catecismo da Igreja, procure, leia… Vá aos ensinamentos dos santos, estude, reflita… Procure alguém que você conhece e sabe que tem uma caminhada sólida de fé para perguntar suas dúvidas. A Igreja Católica tem 2.000 anos estudando e buscando a real interpretação das escrituras. Muitas pessoas estudam anos, debatem, fazem concílios, chegam a conclusões claras e de repente uma criatura que vem do nada chega para desfazer tudo… Que absurdo!

É um engano do demônio, quando dizem que a Igreja precisa se atualizar!Vou repetir: É um engano do demônio, quando dizem que a Igreja precisa se atualizar!

A Igreja é sempre atual. A Igreja é sempre fiel aos ensinamentos de Jesus e ao plano de Salvação que Deus preparou para a humanidade.

E porque estou dizendo tudo isso? Porque entramos numa fase aqui no Blog onde vamos estudar o caminho de Jesus rumo a Cruz, que deveria ser o nosso caminho também. Somos chamados a viver o que Jesus viveu. Somos chamados a trilhar o caminho da cruz. Não podemos fugir disso. Não podemos ignorar a nossa verdade. Não existe ressurreição sem cruz. Não existe vitória sem luta. Por isso fique atento!

Pax Domini

Siga-nos e fique por dentro das novidades:

Notícia:: Santuário acolhe Cruz dos Jovens e o ícone de Nossa Senhora na 3a. Romaria da Juventude

Do ACI Digital

Entre os dias 14 e 15 de novembro, o Santuário Nacional de Aparecida vai acolher centenas de jovens de todas as partes do Brasil para a 3a. Romaria Nacional da Juventude. Para a ocasião, diversas atividades para a juventude foram programadas, como uma vigília de oração na noite do dia 14 de novembro.

Em virtude da Jornada Mundial da Juventude de 2013, que será realizada no Brasil, o Santuário Nacional vai acolher os dois maiores símbolos das Jornadas: A Cruz dos Jovens e o ícone de Nossa Senhora. As atividades começam no dia 14 às 19h com uma concentração na Praça da Catedral em Guaratinguetá (SP) e caminhada em procissão com a Cruz e ícone de Nossa Senhora até o Santuário Nacional.

A vigília com a juventude acontece das 23h até as 5h. Ainda no feriado da Proclamação da República, a juventude poderá comparecer a uma celebração especial, presidida pelo Cardeal arcebispo de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno Assis.

Canal Especial – Para facilitar o acesso daqueles que desejam mais informações sobre o evento, o Santuário Nacional, através da Prefeitura de Igreja, Secretaria de Pastoral e Comunicação Institucional, criou um canal especial para a Romaria da Juventude.

Além da programação, o www.A12.com/jovensdemaria traz matérias sobre peregrinação da Cruz da Jornada e várias informações relacionadas à Igreja e Juventude.

Siga-nos e fique por dentro das novidades: