Estudo sobre Jesus e os líderes religiosos :: Conhecendo um pouco mais do Templo e da relação de Jesus com ele…

Antes de começar a ler o estudo, vejam que bela imagem da apresentação do Menino Jesus no Templo feita pelo pintor Giovanni Bellini. Linda!

Jesus, como os profetas anteriores a Ele, teve pelo Templo de Jerusalém o mais profundo respeito. Nele foi apresentado por José e Maria quarenta dias após seu nascimento. Com doze anos, decide ficar no Templo para lembrar a seus pais que deve dedicar-se às coisas de seu Pai. Durante os anos de sua vida oculta, subiu ao Templo a cada ano, no mínimo por ocasião da Páscoa; até seu ministério público foi ritmado por suas peregrinações a Jerusalém para as grandes festas judaicas (CIC§583)

Hoje nós começamos um novo estudo. Vamos continuar estudando aqui o catecismo da Igreja Católica e cada vez mais vamos nos aprofundando nele. Estamos estudando já faz um tempo, a vida de Jesus. Estudamos a sua encarnação, a promessa da sua vinda, seu nascimento, sua vida oculta e sua vida pública e agora estamos começando a entender os fatos que levaram a morte de Jesus.

Estudamos a relação de Jesus com a Lei e com os fariseus. Agora vamos estudar a relação de Jesus com o templo em Jerusalém. E creio que ao estudar esse aspecto da vida de Cristo, você vai observar que como cristão você também precisa parar e rever sua atitude diante do templo de Deus que hoje você frequenta: A sua Igreja (o espaço físico onde Deus habita e que você habitualmente frequenta).

Se você pegar os evangelhos, você vai observar que Jesus em toda a sua vida, sempre frequentou o templo de Jerusalém. Desde pequeno até o tempo em que foi preso, ao menos uma vez no ano, ele ia ao templo para prestar culto a Deus. Lembre-se que naquele tempo, Jesus habitava em Nazaré, uma cidade que fica a uma certa distância do templo. Por isso, que em muitas vezes, Jesus ia no mínimo uma vez no ano.

Mas ainda assim, vemos que Jesus buscava essa ida ao templo. ele sabia da importância do lugar onde Deus habitava. O templo de Jerusalém tem uma história. O Templo de Jerusalém (em hebraico , beit hamiqdash) é o nome dado ao principal centro de culto do povo de Israel, onde se realizavam as diversas ofertas e sacrifícios conhecidas como o korbanot.

O Templo de Jerusalém situava-se no Monte Moriá (também chamado Monte do Templo), ao Norte do Monte Sião. Foi o sucessor do Tabernáculo construído pelo profeta Moisés segundo a revelação Divina recebida no Sinai. De acordo com a tradição judaico-cristã, o Primeiro Templo teve sua construção iniciada no terceiro ano do reinado de Salomão e concluída sete anos depois. Foi saqueado várias vezes e acabou por ser totalmente incendiado e destruído por Nabucodonosor II, em 587 A.C.

O Segundo Templo foi reconstruído durante a dominação persa, no mesmo local. Sofreu modificações com o rei Herodes, o Grande. Acabaria também por ser destruído em 70 EC, desta vez pelas legiões romanas comandados pelo general Tito. Deste templo, atualmente só restou o que conhecemos como o Muro das Lamentações.

Era nesse templo que Jesus fazia questão de ir. E é essa a relação que vamos estudar.

Pax Domini

Siga-nos e fique por dentro das novidades:
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s