Notícia:: Dupla lésbica deseja processar confeiteira que se negou a fazer bolo para o seu casamento

Notícias Pró-Família

Uma confeiteira de Iowa que de forma cortês recusou fornecer um bolo de casamento para duas lésbicas com base em seus valores cristãos poderá enfrentar ação legal por parte da dupla.

O “casamento” de mesmo sexo foi legalizado em Iowa em 2009 pelo Supremo Tribunal desse estado, e uma lei estadual de direitos civis de 2007 proíbe discriminação com base na orientação sexual em assuntos de emprego, educação, moradia e acomodação pública.

Na terça-feira, a estação de televisão KCCI 8 da cidade de Des Moines entrevistou Trina Vodraska e Janelle Sievers, que disseram que ficaram “chocadas” quando uma dona de confeitaria de casamento local recusou fornecer um bolo para a cerimônia delas.

“Foi humilhante, sabe, foi como se ela tivesse nos castigado por querermos fazer negócio com ela”, disse Vodraska.

Victoria Childress, que dirige seu estabelecimento comercial a partir de seu lar, disse que informou à dupla que, com base em suas convicções cristãs, ela não tinha condições de lhes dar um bolo. Tanto ela quanto a dupla dizem que a conversa foi cordial.

“Não fiz o bolo por causa de minhas convicções pelo estilo de vida delas. É meu direito como dona do negócio. É meu direito, e isso não é cometer discriminação contra elas”, disse Childress.

“Não tem tanto a ver com elas quanto comigo, e minha caminhada com Deus e a satisfação que terei de dar a ele”, acrescentou ela.

“Elas me agradeceram por ser honesta com elas. Elas foram muito agradáveis. Não as menosprezei, nem falei de forma rude com elas. Não havia nenhum comentário condescendente, nada”.

Em sua reportagem, a estação de televisão diz que a dupla está insegura se deve entrar com uma queixa de direitos civis diante do estado. Contudo, a dupla desde então anunciou, conforme as reportagens, uma declaração chamando Childress de “intolerante”, e a confeiteira diz que está sendo inundada com tantos e-mails com palavras de ódio que ela parou de lê-los.

“É realmente difícil ler coisas assim”, ela disse para FOX News. “Sou uma pessoa muito quieta e de voz suave. Mas quando defendo minhas convicções contra certas coisas, tenho muita firmeza com relação a isso”.

Os estabelecimentos comerciais dos Estados Unidos, inclusive donos de locais de recepção e fotógrafos recusando oferecimento de serviço para duplas homossexuais, estão rotineiramente se tornando alvos de processos e perseguições em estados que legalizaram o “casamento” de mesmo sexo ou uniões civis homossexuais. Muitas vezes as queixas se propagam pelos meios de comunicação, principalmente blogs gays, onde aqueles que apoiam direitos para gays são incentivados a manter a pressão sobre os que violam a lei.

Siga-nos e fique por dentro das novidades:
Anúncios

2 comentários sobre “Notícia:: Dupla lésbica deseja processar confeiteira que se negou a fazer bolo para o seu casamento

  1. É terrível mesmo. Confundem não atender com atender mal. E o pior é que tem sempre um advogado para comprar uma briga que nem precisa existir.

    Já que os gays comportam-se como uma classe diferenciada, fazem tanta questão de cerimônias de união, que criem toda a infraestrutura por eles mesmo, ora. Afinal, já existe cabelereiro/maquiador/estilista gays. Que algum gay aprenda a confeitar bolos, ora essa!

  2. O absurdo aqui é o fato de porque são gays ou lésbicas, nós sermos obrigados a concordar com o ato e servi-los com nosso trabalho. Se eu estivesse no lugar dela, certamente tomaria a mesma atitude!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s