Estudo: O Amor que vem da cruz:: Sem reencarnação e outros planos. Só a Cruz de Cristo te dá a Eternidade!

A morte de Cristo é ao mesmo tempo o sacrifício pascal, que realiza a redenção definitiva dos homens pelo “cordeiro que tira o pecado do mundo”, e o sacrifício da Nova Aliança, que reconduz o homem à comunhão com Deus, reconciliando-o com ele pelo “sangue derramado por muitos para remissão dos pecados”. (Cat. §613)

A morte de Cristo foi o ato definitivo e único para a Salvação da Humanidade. Nada e nem ninguém, em hipótese alguma pode substituir o sacrifício de Cristo da na Cruz. A única coisa que precisamos fazer para tomar posse dessa salvação é aceitar o Senhor Jesus como Senhor e Salvador de nossas vidas e colocar em prática seus ensinamentos.

A Igreja Católica garante e afirma que para que nós alcancemos o céu, não precisamos de novos sacrifícios. Não precisamos reencarnar várias vezes, não necessitamos de “trabalhos” para entidades… Nada disso! Nossa fé é clara: A morte de Jesus por nós nos redimiu de todos os nossos pecados!

Este sacrifício de Cristo é único. Ele realiza e supera todos os sacrifícios. Ele é primeiro um dom do próprio Deus Pai: é o Pai que entrega seu Filho para reconciliar-nos consigo. É ao mesmo tempo oferenda do Filho de Deus feito homem, o qual, livremente e por amor, oferece sua vida a seu Pai pelo Espírito Santo, para reparar nossa desobediência. (Cat. §614)

Quero repetir aqui: Nada do que você fizer, pode substituir o Sacrifício de Cristo na Cruz. Tem gente por ai que passa a vida inteira fazendo coisas que não garantem a salvação. Complica o simples. É engraçado ver como as pessoas gostam de tornar tudo mais difícil. Não basta fazer, tem que ser com sacrifício!  Sem emoção não vale! Se precisar ir ao cemitério varrer catacumba de costas a pessoa vai. Se precisar pular onda no mar de cabeça pra baixo a criatura dá um jeito e faz. Se for preciso ir de Porto Alegre a Manaus pulando num pé só, o ser humano nem pestaneja: Sofre e vai. Mas aceitar Jesus numa simples oração e viver seus ensinamentos no cotidiano do dia a dia ninguém quer. O povo em geral gosta do que é fantasioso e complicado. Não adianta: Só o sacrifício de Jesus pode te dar o céu. Aceite isso e seja feliz!

Outra coisa: Reencarnação não existe! Jesus disse isso na parábola do rico e do lázaro (Lc 16.19-31) e São Paulo foi ainda mais enfático na sua carta aos Hebreus:

“E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo, assim também Cristo, tendo-se oferecido uma vez para sempre para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o aguardam para a salvação” (Hb 9.27)

Isso porque você não será salvo pelos seus esforços. Você não chegará ao céu desprezando o Santo Sacrifício de Cristo. Entenda: O ser humano não tem esse poder!  Isso se chama presunção. A eternidade nos foi dada pelo Filho de Deus que se fez homem e morreu numa cruz e não pelos esforços que fazemos para reencarnar melhor. Na boa: Isso é furada!

Aproveite esse tempo oportuno que antecede ao Natal e aceite o Sacrifício que Jesus fez por você. Aceite o amor que Ele derramou por Ti assumindo os teus pecados. Acolha a sua ressurreição e o aceite como seu Senhor e Salvador. Busque conhecer suas leis e ensinamentos. Busque a paróquia mais próxima, confesse seus pecados e se abra ao amor que Jesus te dá diariamente na Santa Eucaristia. Determine-se a viver segundo os ensinamentos de Cristo e te garanto que você já alcançará o céu aqui na Terra. Jogue o que é velho fora! O único sacrifício que você terá que fazer de hoje em diante é matar o homem velho que existe em você.

Faça isso e seja muito feliz! Felicidade tem nome: Jesus Cristo!

Siga-nos e fique por dentro das novidades:

  

AVISO:: Estamos assumindo aqui no blog Dominus Vobiscum uma campanha de oração pela Jornada Mundial da Juventude. A proposta é que todo católico reze um terço por dia de hoje até o evento que acontecerá em 2013 no Rio de Janeiro. Você topa o desafio?

Anúncios

6 comentários sobre “Estudo: O Amor que vem da cruz:: Sem reencarnação e outros planos. Só a Cruz de Cristo te dá a Eternidade!

  1. Amigo eu creio nisso, que vc escreveu, e que esta em nossa Biblia.reecarnação nao existe..e mesmo uma furada.como depois de todo o sofrimenteo de JESUS na CRUZ morto.prar nos SALVAR. gente morre e volta de de novo…DEUS ME LIVRE disso.DEUS NOS AMA muito .jamais permitiria uma coisa ….DEUS TE ABENÇOE ..um ABRAÇO pra vc….

  2. Ola Cadu!!! Em visita ao teu blog assim por acaso vi esta materia que vc postou e sinceramente eu preciso que me explique direito sobre não haver reencarnação, desculpa por estar pedindo isto, mas eu não consigo entender. Me ajude por favor.

    • Olá Nina Jones! Paz e bem!

      De fato a Doutrina Católica condena a reencarnação. Nós católicos acreditamos na Ressurreição pois foi isso que o próprio Cristo nos ensinou. Não há base bíblica na reencarnação.

      A Bíblia ensina que “está determinado que os homens morram uma só vez, e depois vem o julgamento” (Hebreus 9,27). Não há absolutamente qualquer evidência bíblica em favor da reencarnação. Às vezes, algumas pessoas tentam encontrar suporte bíblico para a reencarnação nas palavras de Cristo acerca de João Batista. Em Mateus 17,12, Cristo diz: “E eu vos digo mais: Elias já veio, e não o reconheceram. Pelo contrário, fizeram com ele tudo o que quiseram. Assim também o Filho do Homem será maltratado por eles” (Mateus 17,12).

      Jesus está aqui dizendo que João era a reencarnação de Elias? Não! E por uma simples razão: conforme 2Reis 2,9-18, Elias foi levado em corpo para o céu sem experimentar a morte. Com efeito, ele não era candidato a reencarnar porque permanecia em sua encarnação original.

      Ademais, em Mateus 17,1-8, Moisés e Elias aparecem a Cristo e a alguns de seus discípulos durante o episódio da Transfiguração. Isto ocorre após João Batista ter sido executado por Herodes Antipas. Por que, então, Moisés e Elias é que aparecem a Cristo e seus discípulos e não, ao contrário, Moisés e João Batista?

      Mas se Cristo não quis dizer que João Batista era a reencarnação de Elias, o que, então, queria dizer? Jesus está falando figurativamente em Mateus 17,12. Ele está comparando o ministério profético de João no Novo Testamento ao de Elias no Antigo Testamento. De forma similar, Lucas 1,17 diz que João “caminhará à frente dele [o Senhor], com o espírito e o poder de Elias”.

      Portanto, não há base bíblica para a reencarnação. Um pessoa que acredita na reencarnação está diante da opção entre crer em “outras fontes de verdade religiosa” ou crer no testemunho bíblico. Aceitar a primeira opção implica necessariamente em rejeitar a segunda.

      A reencarnação é uma doutrina espírita e não é aceita por nós católicos. Embora algumas pessoas que se dizem católicas dizem acreditar nesta doutrina, isso se dá pela pessoa ser total e completamente desinformada acerca da fé católica!

      Por fim, quero recomendar alguns links para que você estude um pouco mais:

      http://www.apostoladoscr.com.br/2010/10/reencarnacao-nunca-foi-uma-doutrina.html
      http://www.veniteadoremus.com/conteudo/75
      http://www.veritatis.com.br/apologetica/148-espiritismo/1021-os-erros-do-espiritismo-e-da-reencarnacao
      http://www.veritatis.com.br/apologetica/148-espiritismo/1231-a-reencarnacao-e-a-fe-crista
      http://www.veritatis.com.br/apologetica/148-espiritismo/996-o-espiritismo-e-cristao

      Espero ter ajudado!

  3. Cadu, amei a parte em que vc diz:

    “Se for preciso ir de Porto Alegre a Manaus pulando num pé só, o ser humano nem pestaneja: Sofre e vai. Mas aceitar Jesus numa simples oração e viver seus ensinamentos no cotidiano do dia a dia ninguém quer. O povo em geral gosta do que é fantasioso e complicado.”

    E, pro falar em fantasioso e complicado, neste ponto, nenhuma religião é mais atraente do que o espiritismo. O pessoal ama uma teoria louca. Não entendem que a fé passa pela razão, e mesmo a aceitação dos mistérios que não estão ao alcance da nossa compreensão plena deve estar fundamentada sobre uma vivência de fé inteligente, pensante.

    Quanto à reencarnação, seu maior problema é a negação implícita da divindade do Cristo, que, segundo os espíriras, não ressuscitou, mas sim reencarnou. Ou seja, Jesus não passaria de um mero guru, um espírito iluminado. Heresia das piores.

    Outro problema é a teoria do karma, segundo a qual, sempre que uma pessoa sofre, está necessariamente pagando pelos erros cometidos nesta ou em “outra vida”. Partindo deste princípio, deveríamos crer que toda vez que uma pessoa é estuprada, assassinada, roubada, humilhada, ela estaria simplesmente pagando por algo que fez, então… Bem feito! É esse o absurdo do kardecismo.

    Essa ideia parece justa? Será que o Nosso Deus pensa dessa forma? Certamente que não!

    • Adorei a visita e o comentário! Certamente vai enriquecer o aprendizado de quem visita este blog. Mais para frente vamos abordar com mais profundidade este assunto! Pax Domini!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s