Evangelho do Dia:: Os bispos, sucessores dos apóstolos!

Deste modo, os Bispos, orando e trabalhando pelo povo, espalham multiforme e abundantemente a plenitude da santidade de Cristo. Pelo ministério da palavra, comunicam a força de Deus para a salvação dos que crêem (Rm 1,16)...

Do Evangelho Quotidiano

Naquele tempo, Jesus subiu a um monte. Chamou os que Ele queria e foram ter com Ele. Estabeleceu doze para estarem com Ele e para os enviar a pregar, com o poder de expulsar demónios. Estabeleceu estes doze: Simão, ao qual pôs o nome de Pedro; Tiago, filho de Zebedeu, e João, irmão de Tiago, aos quais deu o nome de Boanerges, isto é, filhos do trovão; André, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago, filho de Alfeu, Tadeu, Simão, o Cananeu, e Judas Iscariotes, que o entregou. (Mc 3,13-19)

Comentário feito por Concílio Vaticano II

Revestido da plenitude do sacramento da Ordem, o Bispo é o administrador da graça do supremo sacerdócio [oração da sagração episcopal no rito bizantino], principalmente na Eucaristia, que ele mesmo oferece ou providencia para que seja oferecida, e pela qual vive e cresce a Igreja. Esta Igreja de Cristo está verdadeiramente presente em todas as legítimas comunidades locais de fiéis, as quais, aderindo aos seus pastores, são elas mesmas chamadas igrejas no Novo Testamento (At 8,1; 14,22-23). Pois elas são, no local em que se encontram, o novo Povo chamado por Deus, no Espírito Santo e com plena segurança (1 Ts 1,5). Nelas se congregam os fiéis pela pregação do Evangelho de Cristo e se celebra o mistério da Ceia do Senhor para que o corpo da inteira fraternidade seja unido por meio da carne e do sangue do Senhor [oração moçárabe].

Em qualquer comunidade que participa do altar sob o ministério sagrado do Bispo, é manifestado o símbolo do amor e da unidade do Corpo místico, sem o que não pode haver salvação [S. Tomás de Aquino]. Nestas comunidades, embora muitas vezes pequenas e pobres, ou dispersas, está presente Cristo, por cujo poder se unifica a Igreja una, santa, católica e apostólica [Sto. Agostinho]. Pois outra coisa não faz a participação no corpo e sangue de Cristo do que transformar-nos naquilo que recebemos [S. Leão Magno] […]

Deste modo, os Bispos, orando e trabalhando pelo povo, espalham multiforme e abundantemente a plenitude da santidade de Cristo. Pelo ministério da palavra, comunicam a força de Deus para a salvação dos que crêem (Rm 1,16) e, por meio dos sacramentos, cuja distribuição regular e frutuosa ordenam com a sua autoridade, santificam os fiéis.

Siga-nos e fique por dentro das novidades:

  

Anúncios

2 comentários sobre “Evangelho do Dia:: Os bispos, sucessores dos apóstolos!

  1. Paz e bem do Senhor! Faso parte da equipe ECC, da Paróquia e espero com a graça de Deus desempenhar um bom trabalho. Estou precisando de Dinâmicas que desperte famílias para a caminhada Cristã. Agradeço se poder me ajudar.

    • Caríssimo,
      Este blog é do tempo em que não haviam muitas dinâmicas. A catequese se dava no diálogo entre o catequista e o catequizando. Nada contra, mas preferimos o bom e velho método da evangelização…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s