Padres do Deserto: Sentenças do Abade Antônio

Apotegmas do Abade Antônio - Do Site Central de Obras do Cristianismo Primitivo

Hoje mostraremos quatro estórias atribuídas ao Abade Antônio (que nada tem a ver com Santo Antônio, tão popular entre os católicos). Nessas sentenças podemos meditar sobre o silêncio diante das ofensas recebidas, ponderação sobre o que falar, não negar seus erros e limites e sobre não perder tempo com meditações inúteis…

1. O abade Antônio profetizou ao abade Amon: “Tu terás muito progresso no temor de Deus”. Depois o conduziu para fora da cela e mostrou-lhe uma pedra: “Põe-te a injuriar esta pedra”, disse-lhe, “maltrata-a sem parar”. Quando Amon parou, santo Antônio perguntou-lhe se a pedra respondera alguma coisa. “Não”, disse Amon. “Pois bem! Também tu”, acrescentou o ancião, “deves alcançar esta perfeição e imaginar que ninguém te ofende”.

2. Alguns irmãos de Scete quiseram ver o abade Antônio. Subiram numa barca e nela encontraram um ancião que também queria procurar Antônio, mas os irmãos não sabiam de nada. Sentados na barca, conversavam a respeito dos apotegmas dos pais, das Escrituras e de seus trabalhos manuais. O ancião, por sua vez, permanecia em silêncio. Chegados ao porto, ficaram sabendo que também o ancião se diriga ao abade. Tendo chegado junto a Antônio, ele lhes disse: “Vocês encontraram nesse ancião um bom companheiro de viagem. E tu, Pai, estiveste junto de bons irmãos!”. Respondeu o ancião: “É verdade, mas a casa deles não tem portas: entra quem quer na estalagem e solta o burro!”. Falava assim porque os irmãos diziam tudo o que lhes vinha à cabeça.

3. O abade Antônio disse ao abade Pastor: “A grande obra do homem é atirar a culpa sobre si mesmo diante de Deus e esperar a tentação até o último sopro de sua vida”.

4. O abade Antônio perscrutava a profundidade dos julgamentos de Deus; e perguntou: “Senhor, por que alguns morrem após uma breve existência e outros chegam à velhice? Por que para alguns falta tudo e para outros há extrema abundância de bens? Por que os malvados são ricos e os bons são atirados na pobreza?” Uma voz respondeu-lhe: “Antônio, cuida de ti mesmo: estes são os julgamentos de Deus e nada te serve entendê-los”.

Leia também >> Quem eram os padres do deserto? | Padres do Deserto: Sentenças do Pai Abraão | Padres do Deserto: Sentenças do Pai Agatão | Padres do Deserto: Sentenças do Pai Ammoes

Siga-nos e fique por dentro das novidades:

  

Anúncios

16 comentários sobre “Padres do Deserto: Sentenças do Abade Antônio

    • Rapaz eu creio que sim, porém como o texto não destaca isso eu preferi publicá-lo como encontrei. Esses textos são bem antigos e não tem essa definição histórica. Porém tudo leva a crer que seja.

    • Eu conheço Santo Antão. Apenas disse que nos escritos que encontrem não dizem se essa Abade Antônio citado nos apotegmas é o referido santo, haja vista que naquele tempo, muitos monges do deserto usavam este nome em homenagem a Santo Antônio do Deserto!

      Obrigado pela visita!

  1. Pingback: Padres do Deserto: Sentenças do Pai Arsênio « Dominus Vobiscum

  2. Pingback: Padres do Deserto: Sentença do Pai Daniel sobre a Eucaristia « Dominus Vobiscum

  3. Pingback: Padres do Deserto: Sentenças do Pai Evágrio « Dominus Vobiscum

  4. Pingback: Padres do Deserto: Histórias diversas I « Dominus Vobiscum

  5. Pingback: Padres do Deserto: Sentenças do Pai Isidoro « Dominus Vobiscum

  6. Pingback: Padres do Deserto: Sentenças do Pai João, o anão I « Dominus Vobiscum

  7. Pingback: Padres do Deserto: Sentenças do Pai João, o anão II « Dominus Vobiscum

  8. Pingback: Padres do Deserto: Sentenças do Pai João, o anão III « Dominus Vobiscum

  9. Pingback: Padres do Deserto: Sentenças do Pai Macário « Dominus Vobiscum

  10. Pingback: Padres do Deserto: Sentenças do Pai Pastor « Dominus Vobiscum

  11. Pingback: Padres do Deserto: Sentenças do Pai Pastor II « Dominus Vobiscum

  12. Pingback: Padres do Deserto: Sentenças do Pai Poemen « Dominus Vobiscum

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s