Padres do Deserto: Sentenças do Pai Pastor II

Apotegmas do pai Pastor - Do Site Central de Obras do Cristianismo Primitivo

Continuamos meditando os apotegmas do Pai Pastor. Para quem pegou o bonde andando, vale a pena falar que essa série conta as histórias dos primeiros monges cristãos, que largaram as suas vidas nas cidades e foram para os desertos em busca de uma vida mais próxima de Deus. Hoje vamos dar destaque as histórias do Pai Pastor sobre os pensamentos impuros.

1. Também o abade José interrogou o abade Pastor a respeito de pensamentos impuros. Respondeu-lhe o abade Pastor: “Se prendemos uma serpente ou um escorpião num vaso e depois o tapamos, após certo tempo serão sufocados. A mesma coisa acontece com os maus pensamentos que o demônio faz germinar em nós: pouco a pouco serão sufocados pela paciência de quem os teve”.

2. Um irmão visitou o abade Pastor e lhe disse: “Vêm-me muitos pensamentos e me põem em perigo”. Então o ancião levou-o a céu aberto e lhe disse: “Estende teu hábito e dentro dele prende o vento!” O irmão respondeu: “Não posso fazer isso!”. “Portanto”, respondeu o ancião, “se não podes fazer isso, muito menos podes impedir o surgimento desses pensamentos; mas, o que podes fazer é resistir-lhes”.

3. Quando o abade Pastor se preparava para ir ao Ofício, primeiro se sentava, à parte, por uma meia hora, para desvencilhar-se dos pensamentos. Depois saía.

4. O abade Amon interrogou o abade Pastor a respeito de pensamentos impuros e vãos desejos do coração humano. Respondeu o abade: “Um machado pode gloriar-se de alguma coisa sem aquele que o usa para cortar? Pois bem: não cultives esses pensamentos e ficarão sem efeito em ti”.

Se você gostou dessas histórias que chamamos apotegmas, acesse os links abaixo e veja o que já publicamos a respeito.

Leia também >> Quem eram os padres do deserto? | Padres do Deserto: Sentenças do Pai Abraão | Padres do Deserto: Sentenças do Pai Agatão | Padres do Deserto: Sentenças do Pai Ammoes | Padres do Deserto: Sentenças do Abade Antônio | Padres do Deserto: Sentenças do Pai Arsênio | Padres do Deserto: Sentença do Pai Daniel sobre a Eucaristia | Padres do Deserto: Sentenças do Pai EvágrioPadres do Deserto: Histórias diversas I | Padres do Deserto: Sentenças do Pai Isidoro | Padres do Deserto: Sentenças do Pai João, o anão I | Padres do Deserto: Sentenças do Pai João, o anão II | Padres do Deserto: Sentenças do Pai João, o anão III | Padres do Deserto: Sentenças do Pai Macário | Padres do Deserto: Sentenças do Pai Pastor

Siga-nos e fique por dentro das novidades:

  

Anúncios

Um comentário sobre “Padres do Deserto: Sentenças do Pai Pastor II

  1. Pingback: Padres do Deserto: Sentenças do Pai Poemen « Dominus Vobiscum

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s