Livro o Homem, Deus e a Religião será lançado hoje

Lançamento hoje – dia 26 de maio, no 2º Encom. Venha participar conosco!

Queridos irmãos que acessam o blog Dominus Vobiscum. Enfim chegou o dia do lançamento oficial do livro O Homem, Deus e a Religião. Para mim é um dia especial que marca uma nova etapa do nosso trabalho de evangelização. Peço a intercessão da Santíssima Virgem Maria e de todos os padroeiros deste blog para que o projeto dos livros seja tão abençoado quanto o blog e os podcasts.

Quando comecei com o blog Dominus Vobiscum o desejo do meu coração era de levar aos católicos menos esclarecidos na fé as riquezas da nossa Igreja.

O Brasil é um país de maioria católica. Porém é fato: Muitos brasileiros são batizados, poucos são evangelizados e apenas uma minoria vivem a sua fé com coerência.

O Projeto Dominus Vobiscum foi criado para estimular os católicos a conhecerem melhor o que a doutrina católica ensina, estimulando os mesmos a amarem e defenderem a sua fé. A ideia é que fôssemos explicando aqui o catecismo da Igreja Católica em posts com uma linguagem fácil e acessível.

Quem nunca viu um católico embaraçado diante de ataques de pessoas de outras religiões ou de ateus? Não é muito salutar entrar em debates religiosos, todavia não podemos trazer no coração dúvidas e incertezas lançadas sobre a nossa fé.

Muitos católicos trazem dúvidas sobre a Fé e a Doutrina Católica, porém não sabem como e onde procurar tais ensinamentos. Foi para dar esse suporte a essas pessoas que surgiu o projeto Dominus Vobiscum.

Este livro que trata do relacionamento do homem com Deus e da importância da religião para que esse relacionamento aconteça, é o primeiro livro deste projeto, e foi uma alternativa encontrada para levar a outras pessoas que não tem acesso a internet, este tipo de evangelização. A partir de agora o Dominus Vobiscum sai da tela dos computadores e passa a estar em toda parte. Agora é possível levar esta evangelização na bolsa.

Não temos o desejo de “lucrar” com este projeto. O desejo é ajudar outros católicos a se “apaixonarem” novamente pelo Nosso Senhor Jesus Cristo e trilharem seus caminhos.

É um projeto para se vestir a camisa. Se você que visita o blog se identifica com o nosso jeito de evangelizar, adquira um livro, leia e dê a outra pessoa. Compre e presenteie alguém. Queremos espalhar a catequese e a doutrina para todos os lugares.

Importante aqui agradecer aos nossos parceiros: Padre Emerson Borgonovi que escreveu o prefácio do livro, Amanda Bettoni (minha linda esposa) que me ajudou na correção ortográfica e ao querido amigo Carlos Martins Nabeto que ajudou na correção “catequética” do mesmo.

A todos os amigos que acreditaram e apoiaram o projeto o meu muito obrigado!

Aqueles que tem a possibilidade de estar presentes hoje no lançamento estarei com alguns exemplares no local para venda. Na ocasião, se caso alguém desejar, estarei autografando os exemplares. Para aqueles que estão fora de Osasco, é possível adquirir o livro pelo site Clube de Autores. Só que nesse caso, ficarei devendo o autógrafo 🙂

Para comprar o livro clique neste link. Ele pode ser comprado por Cartão de Crédito, Boleto Bancário ou Transferência Bancária.

Mas com ou sem autógrafo, o importante é que esta obra chegue a você. De coração eu digo: Não pelo dinheiro, mas pelo conteúdo que vai chegar ao seu coração, adquira um exemplar. Vale a pena!

Lançamento do livro – O homem, Deus e a Religião
Local: Salão de Atos da Cúria Diocesana / Rua da Saudade,60 – Vila Osasco

Cadu – Blog Dominus Vobiscum

Siga-nos e fique por dentro das novidades:
  

Evangelho do Dia:: Pedro e João: a unidade na diversidade

Evangelho Quotidiano

Naquele tempo, Pedro voltou-se e viu que o seguia o discípulo que Jesus amava, o mesmo que na ceia se tinha apoiado sobre o seu peito e lhe tinha perguntado: ‘Senhor, quem é que te vai entregar?’ Ao vê-lo, Pedro perguntou a Jesus: Senhor, e que vai ser deste? Jesus respondeu-lhe: E se Eu quiser que ele fique até Eu voltar, que tens tu com isso? Tu, segue-me! Foi assim que, entre os irmãos, correu este rumor de que aquele discípulo não morreria. Jesus, porém, não disse que ele não havia de morrer, mas sim: Se Eu quiser que ele fique até Eu voltar, que tens tu com isso? Este é o discípulo que dá testemunho destas coisas e que as escreveu. E nós sabemos bem que o seu testemunho é verdadeiro. Há ainda muitas outras coisas que Jesus fez. Se elas fossem escritas, uma por uma, penso que o mundo não teria espaço para os livros que se deveriam escrever. (Jo 21,20-25)

Comentário feito por Santo Aelredo de Rievaulx (1110-1167), monge cistercense

Algumas pessoas a quem não é concedida uma promoção deduzem daí que não são amadas; se não são envolvidas nos negócios e nas atividades, lastimam-se por terem sido postas de lado. E isto é, sabemo-lo bem, uma fonte de grave desentendimento entre pessoas que passavam por amigas; no cúmulo da indignação, estas pessoas chegam a separar-se e a maldizer-se. […]

Que ninguém diga que foi posto de lado porque não lhe foi atribuída uma promoção. A este respeito, o Senhor Jesus preferiu Pedro a João; no entanto, não foi por conferir a primazia a Pedro que retirou a sua afeição a João. Confiou a Sua Igreja a Pedro; a João entregou a Sua Mãe muito amada (Jo 19,27). Deu a Pedro as chaves do Seu reino (Mt 16,19); a João mostrou os segredos do Seu coração (Jo 13,25). Por conseguinte, Pedro ocupa um posto elevado, mas o lugar de João é mais seguro. Embora tivesse recebido o poder, quando Jesus disse: um de vós há-de entregar-Me (Jo 13,21), Pedro treme e assusta-se como os outros; João, instigado por Pedro e encorajado pela sua proximidade ao Senhor, interroga-O para saber de quem fala. Pedro entrega-se à ação; João é posto à parte, para testemunhar a sua afeição, de acordo com a palavra: Quero que fique até Eu voltar. Ele deu-nos o exemplo para que também nós façamos o mesmo.

Siga-nos e fique por dentro das novidades: