Criança fruto de um estupro, se torna a alegria de uma família

Não é fácil para uma mulher conviver com as consequências de um estupro. As lembranças e marcas são fortes e doloridas. Porém por mais doloroso que seja, nem mesmo um ato cruel como esse pode ser justificativa para o assassinato de uma criança dentro do ventre. Encontrei essa notícia no site ACI Digital e achei por bem comentá-la aqui. É importante noticiarmos as histórias que são a favor da vida, já que a mídia secular nunca as mostra.

Luz María, uma menina que ia ser abortada por ter sido produto de um estupro, converteu-se agora na alegria do lar.

O caso de Luz María comoveu a província de Misiones (Argentina), pois vários organismos “defensores dos direitos humanos”, meios de comunicação e representantes do Governo queriam que fosse abortada por ter sido gerada após um estupro. Entretanto, a família optou pela vida.

“Para nós, foi uma corrida contra o relógio. Se tivéssemos que definir o que vivemos no início deste caso diríamos que os primeiros cinco dias foram os mais intensos que enfrentamos. Dadas as circunstâncias, cada hora que passava, cada minuto, podia ser determinante para a vida da pequena Luz María que no ventre materno esperava uma sentença”, afirmou Julieta Lardies, delegada da Rede Federal de Famílias na província de MIsiones cuja ação foi decisiva para a vida da menina.

Sei que decidir pela vida da criança em um caso assim requer coragem por parte da mãe e toda a família. Porém nós que somos cristãos precisamos dar testemunhos assim diante das situações que aparecem. Ser cristão nos momentos felizes e simples da vida é fácil. Decidir ser cristão em momentos como estes é que fazem toda a diferença!

Atitudes como essa da família de Luz María são fundamentais para mudar o quadro atual, onde diante de um caso de estupro, profissionais de saúde e da imprensa optam quase sempre por promover e aconselhar o aborto. Eu particularmente penso que a morte da criança no ventre materno não resolve e nem atenua a ferida de uma violência sexual sofrida, ao contrário, é mais uma sequela causada e mais um problema a ser resolvido. Além do mais, sempre existe a opção por parte da mãe de dar aquele filho ou filha para adoção, caso não deseje criá-lo.

E você? O que pensa sobre o assunto?

O homem, Deus e a Religião - Adquira já o seu!
Siga-nos e fique por dentro das novidades:
  
Anúncios

Um comentário sobre “Criança fruto de um estupro, se torna a alegria de uma família

  1. DEUS ESTÁ PRESENTE!
    Este ato foi realmente de uma CRISTÃ, não adianta pregar o Cristianismo é necessário praticar o CRISTIANISMO. “Quem quiser vir após mim tome a sua cruz e Siga-me”.Jesus. O Verdadeiro CRISTÃO suporta dores e ataques, foi um ato de coragem e com certeza é uma BEM-AVENTURADA e que seja um exemplo para todas a mulheres de BOA VONTADE. Divulguem ao mundo inteiro este Belíssimo exemplo.
    VIVA JESUS!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s