Eu confio, creio, professo e aguardo a Vinda do Meu Senhor!

Os primeiros discípulos acreditavam que Jesus logo voltaria. Eles pensavam que a segunda vinda de Cristo aconteceria enquanto eles estivessem vivos. Esperavam ver o retorno de Jesus, agora de forma gloriosa. Para eles seria o momento do triunfo! Porém não demorou muito para que eles percebessem que a coisa não seria assim tão simples. Com o passar do tempo, os seguidores do Senhor Jesus perceberam que o tempo de Deus não é igual ao tempo dos homens. Recordaram-se das palavras do Mestre e viram que era para valer:

“…Quanto o dia e a hora, ninguém tem conhecimento, nem os anjos no céu, nem mesmo o Filho. Só o Pai…” (Mc 13,32)

Os primeiros cristãos enfim compreenderam que aqueles eram novos tempos. Agora a missão era realmente deles e da Igreja instituída por Cristo: Descer da montanha e levar os ensinamentos, promessas e ordens que receberam do Senhor a todas as criaturas. Ao contrário de esmorecer, foram tomados de uma certeza incomum: Por mais que demorasse, Jesus ia voltar! Eles tinham no coração a certeza de que Jesus retornaria e precisavam dizer isso a todos. Eles carregavam em si a luz que o Senhor acendeu neles. Não podiam deixar que essa luz se apagasse. Ao invés disso, precisavam acender esta mesma luz em outros corações. A sua esperança que era enraizada no Filho de Deus que se fez homem não poderia morrer.

O tempo passou, os apóstolos também passaram e essa expectativa poderia esmorecer na Igreja de Cristo. Certamente muitos cristãos sentiram-se inseguros, mas viam na Igreja a certeza do cumprimento da promessa de Cristo. Esta mesma Igreja, a fundada por Nosso Senhor Jesus Cristo, continuou e continua até hoje, firme na esperança do retorno do Rei.

Neste entretempo, algumas seitas chegaram até a calcular a data e hora da vinda de Jesus Cristo, mas todos estes cálculos foram inúteis. O Senhor virá no seu devido tempo. Os planos de Deus não são do conhecimento dos homens. A nós cabe a confiança Nele e a fé. Nada mais que isso! Todas as promessas de Jesus ou se cumpriram, ou haverão de se cumprir. Deus não mente!

A Igreja Católica Apostólica Romana define-se como uma comunidade que vive ao mesmo tempo na comunhão com o seu Senhor (Jesus Cristo) e na feliz expectativa do seu retorno, preparando o seu caminho, como dizia João Batista. Por isso é que nas missas dizemos:

“Proclamamos a Vossa Morte,
Celebramos a Vossa Ressurreição,
Esperamos a Vossa Vinda Gloriosa,
Vinde Senhor Jesus!”

Siga-nos e fique por dentro das novidades:
  
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s