Santo do Dia: Santa Maria do Bouro (Nossa Senhora da Abadia).

Bom dia, tudo bem? Hoje celebramos Santa Maria do Bouro (Nossa Senhora da Abadia) e a Assunção de Nossa Senhora.

Nossa Senhora da Abadia, rogai por nós!

Santa Maria do Bouro (Nossa Senhora da Abadia)

Nossa Senhora da Abadia é também conhecida como Santa Maria do Bouro e venera-se próximo à cidade de Braga, em Portugal. A imagem, muito antiga, pertencia a um recolhimento religioso chamado Mosteiro das Montanhas, que existia naqueles arredores por volta do ano 883. Com a invasão dos sarracenos, os religiosos escaparam levando consigo a imagem da Virgem.

No tempo do Conde Dom Henrique, um fidalgo chamado Pelágio Amado, tendo enviuvado, decidiu consagrar sua vida à oração e à penitência, abandonando a corte. Dirigindo-se a Braga, ali encontra, mais precisamente na ermida de São Miguel, um santo ermitão chamado Frei Lourenço.

Pelágio suplica-lhe que o aceite como discípulo. O velho eremita, a princípio, duvidou que um homem tão débil fosse capaz de segui-lo em sua vida austeríssima. Frei Lourenço tirou-lhe os nobres trajes e ofereceu-lhe o hábito de eremita. Pelágio cresceu de tal forma na vida de santidade que causou admiração ao próprio mestre.

Cada um vivia em sua cela. Certa noite, o novo eremita Pelágio observou no meio do vale uma grande claridade. Na noite seguinte, ficaram os dois vigiando e viram o resplendor que saía de uma das pedras iluminando grande parte daqueles vales. Ao amanhecer, trataram de constatar a razão do fenômeno.

Para surpresa de ambos, encontraram entre as pedras uma imagem muito antiga da Virgem Maria. Felizes por tal descoberta, ajoelharam-se agradecendo a Deus por aquela graça.

Mudaram as celas do alto do monte para aquele local. Fizeram uma ermida e ali depositaram, reverentemente, a santa imagem. 

O arcebispo de Braga teve notícia do prodígio e foi pessoalmente visitar o eremitério. Vendo a pobreza com que aqueles homens viviam, ordenou o prelado a construção de uma igreja de pedra lavrada digna de abrigar a Mãe de Deus. Aos poucos foram aparecendo homens dispostos a se consagrarem a Deus e, unidos aos primeiros eremitas, formaram uma comunidade religiosa. Espalhou-se a fama de Nossa Senhora da Abadia. Os seus milagres foram-se difundindo pela terra portuguesa. O próprio rei Dom Afonso Henriques foi pessoalmente visitar o santuário, onde deixou uma boa esmola para o culto divino e as necessidades daqueles servos de Deus. 

Após a descoberta do continente americano, a imagem de Nossa Senhora d’Abadia foi trazida ao Brasil, certamente, por algum devoto bracarense, que a entronizou nos chapadões do próspero Triângulo Mineiro, onde encontramos várias cidades que têm Nossa Senhora da Abadia como padroeira.

No Brasil, uma devoção muito forte.

A festa em honra a Nossa Senhora da Abadia foi traduzido ao Brasil pelos portugueses, implantando-se, sobretudo, em Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Rio de Janeiro, São Paulo e outros estados.

Atualmente, o grande centro de romarias em Goiás se localiza na cidade de Niquelândia, no povoado de Muquém.No Triângulo Mineiro é o Santuário de Nossa Senhora da Abadia, em Água Suja e em Uberaba que se concentra essa devoção. A festa de 15 de agosto atrai um grande número de devotos que vem venerar a Virgem de Bouro. Durante a festa de Água Suja, a procissão é interessante, pois os peregrinos cumprem suas promessas de diversas maneiras. Um romeiro carrega, vergado, uma pesada pedra. Outro transporta um aleijado nos ombros. Sem camisa, vários levam velas ou vasilhas com água na cabeça. Outros ainda açoitam-se ou fingem açoitar-se e assim por diante. Com os seus gestos simples, os devotos agradecem os benefícios conseguidos pela intercessão da Mãe de Deus. Em Sacramento (Minas Gerais),a capela de Nossa Senhora da Abadia destaca-se por sua novena e festa em honra a Mãe de Jesus. No município de Uberaba, ocorre a sua maior festa.Nossa Senhora da Abadia é a padroeira da Arquidiocese de Uberaba e da Cidade oficializada pela lei 10.196 de 15/08/2008, em Minas Gerais, é titular da catedral dessa cidade. assim, a devoção é bastante forte e enraizada.

Santuário Nossa Senhora da Abadia em Minas Gerais

Há o chamado de belo e piedoso Santuário de Nossa Senhora da Abadia, que foi inaugurado em 1881. Sua imagem foi trazida do Rio de Janeiro. A festa de 15 de agosto atrai os uberabenses e devotos da região, que participam aproximadamente umas 100 mil pessoas das cerimônias religiosas com muita piedade. Mesmo os uberabenses que moram fora da cidade, participam. De Goiás a devoção propagou-se para o Triângulo Mineiro e São Paulo. Em Muquém,em um distrito da cidade de Niquelândia(capital do níquel), chamado Múquem, Goiás, há a festa de 15 de agosto,desdes 1750, onde milhares de devotos comparecem para expressar sua veneração a Virgem Maria. É a conclusão de uma grande Romaria entre os dias 06 e 15 de Agosto, reunindo um enorme número de devotos e fiéis.É a romaria, em louvor à Virgem da Abadia, mais antiga do Brasil. Em São Paulo há uma maternidade sob a proteção da Virgem Maria. A sua festa é comemorada também a comemorado em 15 de Agosto. É ainda a padroeira da Arquidiocese de Campo Grande, no Estado de Mato Grosso do Sul e da cidade de Sidrolândia, no mesmo estado.

Nossa Senhora da Abadia, rogai por nós!

Siga-nos e fique por dentro das novidades:
  
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s