Contra Vigilâncio:: Escritos de São Jerônimo – Capítulo 4

Coloco aqui mais um capítulo dos discursos de São Jerônimo contra Vigilâncio. Neste começaremos a ler o embate entre São Jerônimo e Vigilâncio. São Jerônimo irá nos “armar” de argumentos contra os vigilâncios atuais.

Capítulo IV

Certamente ele representa bem a sua raça. Originado de um bando de marginais e indivíduos reunidos dos quatro cantos [do mundo] – isto porque Pompeu, após conquistar a Espanha, quando se apressava para retornar [a Roma] em seu triunfo, desceu pelos Pirineus e reuniu [os referidos indivíduos] em um só lugar, de onde veio o nome da cidade: Convenae [=convocação] – ele (Vigilâncio) foi encarregado por suas práticas criminosas a atacar a Igreja de Deus. Como seus ancestrais, os vetões, os harrabaceus e o celtiberianos, ele se lança sobre as igrejas da Gália, não carregando o estandarte da cruz mas, ao contrário, a insígnia do diabo. Pompeu fez o mesmo no Oriente. Após subjugar os piratas e bandidos cilicianos e isaurianos, ele fundou uma cidade, que possui o seu próprio nome, entre a Cilícia e a Isáuria. Essa cidade, porém, observa até hoje as ordens dos seus ancestrais e nenhum Dormilâncio surgiu ali. Mas a Gália possui um inimigo nativo e vê sentado na Igreja um homem que perdeu o juízo e que deveria ser colocado em uma camisa-de-força, como recomenda Hipócrates. Entre outras blasfêmias, escuta-se ele dizer: “Que necessidade há para ti de prestar tal honra, para não dizer adoração, a uma coisa, qualquer que seja ela, que você carrega e cultua?”. E novamente, no mesmo livro: “Por que você beija e adora um pouco de poeira envolto em um pedaço de pano?”. E mais uma vez, no mesmo livro: “Sob o manto da religião vemos que tudo de uma cerimônia pagã foi introduzida nas igrejas: enquanto o sol ainda brilha, um monte de velas são acesas e em todo lugar um pouco de pó miserável, envolto em panos caros, é beijado e adorado. É esta a grande honra que os homens prestam aos bem-aventurados mártires que – conforme pensam – deve ser feita de maneira gloriosa, através de velas insignificantes, enquanto que o Cordeiro, que se encontra no centro do trono, com todo o brilho de sua majestade, lhes dá a luz?”.

( Tradução: José Fernandes Vidal e Carlos Martins Nabeto – Central de Obras do Cristianismo Primitivo)

Veja Também:: Capítulos 1 | Capítulo 2 | Capítulo 3

Siga-nos e fique por dentro das novidades:
Anúncios

13 comentários sobre “Contra Vigilâncio:: Escritos de São Jerônimo – Capítulo 4

  1. Pingback: Contra Vigilâncio:: Escritos de São Jerônimo – Capítulo 5 « Dominus Vobiscum

  2. Pingback: Contra Vigilâncio:: Escritos de São Jerônimo – Capítulo 6 « Dominus Vobiscum

  3. Pingback: Contra Vigilâncio:: Escritos de São Jerônimo – Capítulo 7 « Dominus Vobiscum

  4. Pingback: Contra Vigilâncio:: Escritos de São Jerônimo – Capítulo 8 « Dominus Vobiscum

  5. Pingback: Contra Vigilâncio:: Escritos de São Jerônimo – Capítulo 9 « Dominus Vobiscum

  6. Pingback: Contra Vigilâncio:: Escritos de São Jerônimo – Capítulo 10 « Dominus Vobiscum

  7. Pingback: Contra Vigilâncio:: Escritos de São Jerônimo – Capítulo 11 « Dominus Vobiscum

  8. Pingback: Contra Vigilâncio:: Escritos de São Jerônimo – Capítulo 12 « Dominus Vobiscum

  9. Pingback: Contra Vigilâncio:: Escritos de São Jerônimo – Capítulo 13 « Dominus Vobiscum

  10. Pingback: Contra Vigilâncio:: Escritos de São Jerônimo – Capítulo 14 « Dominus Vobiscum

  11. Pingback: Contra Vigilâncio:: Escritos de São Jerônimo – Capítulo 15 « Dominus Vobiscum

  12. Pingback: Contra Vigilâncio:: Escritos de São Jerônimo – Capítulo 16 « Dominus Vobiscum

  13. Pingback: Contra Vigilâncio:: Escritos de São Jerônimo – Capítulo 17 « Dominus Vobiscum

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s