Pastora Dolores se defende e se diz vítima de calúnia

Ontem postamos aqui no blog Dominus Vobiscum uma suposta carta que teria sido enviada por uma candidata a vice prefeito da cidade de Ibirité-MG (eleita no primeiro turno) aos pastores da Igreja do Evangelho Quadrangular da mesma cidade. Caso queira ler a carta e os comentários que fiz a respeito da mesma clique aqui. Ontem um informante (Sr. Amir Salomão Jacob), entrou em contato com a Pastora Dolores e ela fez o seguinte pronunciamento (cito aqui a fonte):

“Sr. estou sendo vítima de uma calúnia puramente de perseguição política. Pode pesquisar a meu respeito. Jamais escreveria uma insanidade. Espero que vocês a quem tenho muito respeito entendam que alguém que está na vida pública dede 1988 e sempre foi bem sucedida, não precisa usar argumentos que ferem a nossa constituição. Por isto estou acionando meus advogados que vão denunciar quem esta lançando esta calúnia na internet. Aqui em minha cidade foram jogadas na calada da noite dois dias antes da eleição tais cartas nas ruas. Portanto entrego nas mãos da justiça terrena e na mãos de Deus e creio na justiça”. (Pastora Dolores)

Segundo esta mesma pessoa, a Pastora Dolores tem algumas representações no Tribunal Eleitoral do Estado (creio que de Minas Gerais) contra ela, de forma que, mesmo que a tal carta seja fruto de uma armação contra ela, não se pode mais negar que ela tenha existido, uma vez que a própria afirmou que as cartas foram jogadas nas ruas dois dias antes da eleição (vide seu depoimento acima). Agora só nos resta saber quem é o autor da tal carta. Se a pastora afirma que não foi ela, quem a redigiu? Caso a carta seja de alguém que se fez passar pela pastora é fato que esta pessoa precisa ser identificada e punida. Mas vamos mais adiante na reflexão…

É óbvio que muitos dos itens da tal carta ferem a constituição brasileira e que seriam impossíveis de serem cumpridos ainda que o candidato fosse governador do estado (quanto mais vice-prefeito). Porém como eu mesmo falei ontem conversando com os amigos, se você é um candidato e chega na seca do nordeste e promete a um nordestino analfabeto que vive sob condições sub-humana casa, luz, água e comida, é lógico que aquele cidadão vai votar em você que prometeu tudo que ele gostaria de ouvir. Agora e quando se trata de igrejas protestantes? O que você acha que um eleitor protestante e fundamentalista gostaria de ouvir da boca de um candidato?

Esperamos que esta questão seja esclarecida o quanto antes e quero postar aqui o desfecho da mesma. Mas a questão é que independente da carta ser verdadeira ou falsa (esperamos de coração que seja falsa), não duvido que promessas como estas sejam feitas por pastores políticos (ou políticos pastores) espalhados por este Brasil afora. A cada eleição crescem as bancadas protestantes nos municípios, estados e até em Brasília, e portanto esta questão nos cabe atenção. Afinal de contas, vez ou outra aparece um político perdido tentando tirar os crucifixos e imagens dos estabelecimentos públicos, abolir um feriado… Isso não é novidade para ninguém. Embora tenhamos muitos pastores e candidatos protestantes esclarecidos e abertos ao diálogo, ainda existem muitos destes que são fundamentalistas e possuem sim, o sonho de tornar o Brasil um país protestante, ainda que seja na base da caneta.

Vamos continuar atentos esperando o desfecho desta estória.

Dominus Vobiscum

Até o próximo post! Não se esqueça de clicar na imagem abaixo e votar!

Siga-nos e fique por dentro das novidades:
  

7 comentários sobre “Pastora Dolores se defende e se diz vítima de calúnia

  1. Pingback: Candidata protestante promete eliminar a fé católica, fechar igrejas e templos de outras religiões e financiar igrejas protestantes « Dominus Vobiscum

  2. Só o pedido aos responsáveis pela postagem que, antes de veicular a notícia, verifique a origem. É fácil espalhar penas ao vento. tente recolhê-las depois. E quem tem fé, seja católico, evangélico ou de qualquer outra religião, submete à Bíblia ( A Palavra de Deus ) toda e qualquer atitude que toma sabendo que cada um de nós dará conta de si diante de Deus. E Deus é verdadeiramente justo. Afirmar coisas é muito perigoso. Podemos destruir a vida e o trabalho de alguém com as palavras que publicamos. Tenho o costume de dar o benefício da dúvida à todas as pessoas que recebem acusações. Confio nelas até que se prove o contrário. Acho que isto provem de Deus.
    Abraços.

    • Olá Sr. Toninho! Pax Domini!

      Antes de mais nada, nós postamos aqui a defesa da Pastora Dolores, porque acho que isso é justo: Todo cidadão tem direito de defesa. Desta, chegamos a uma conclusão: A carta realmente existiu e envolve ela e a congregação a qual ela pertence. Agora se foi escrita por ela ou pela congregação ai já é outra história. E se ela existiu, precisamos também apurar esta publicação, haja vista que a mesma fala da Igreja Católica, e como tal envolve a minha fé. De fato as promessas da carta são esdrúxulas, mas não tenho como dizer quem a escreveu e porque, mas me sinto na obrigação de mostrar. Inclusive outros sites já haviam feito isso, e outros fizeram depois de nós. Justamente para não me ater a acusações de quem escreveu, me ative ao fato de comentar o conteúdo da mesma, que em alguns tópicos, expressam o desejo de muitos protestantes fundamentalistas.

      Como já disse anteriormente, assim que alguém tiver informações a respeito de quem escreveu a carta, favor nos informar e ficaremos felizes em contar aos nossos leitores o desfecho desta história. Acredito que se a Pastora Dolores e os demais envolvidos estão isentos de culpa, eles irão se empenhar para resolver a situação.

      A Igreja Católica Apostólica Romana não indica pessoas para serem eleitas: Ensina o católico a escolher um bom candidato e a votar com consciência. O projeto Ficha Limpa nasceu no seio católico, porque é isso que buscamos mostrar. Porém sabemos que em muitas igrejas protestantes, os pastores vem a público para pedir voto para este ou aquele candidato, inclusive aparecendo em propagandas políticas e santinhos (cansei de ver isso em São Paulo nas últimas eleições).

      Eu particularmente combato este tipo de política: Acho suja, anti-ética e moralmente errada, pois reduz o eleitor a uma “vaquinha de presépio” que vai para onde o dono manda. Acho que este incidente de todo modo é bom para que o eleitor abra o olho e nas eleições aprenda a escolher os seus candidatos e não acreditar em palavras de terceiros que irão se beneficiar com a eleição de determinados candidatos.

      Que Nossa Senhora interceda pelo bom desfecho deste caso!

      Cadu

  3. A paz de Jesus e o amor de Maria!
    Os católicos não estão perdendo fieis para igrejas protestante,o que vc diz ser católicos são a menoria bem pequena que se diz ser católico mas não é, só indo a Igreja quando tem batizado ou casamento.
    Nos Estados Unidos, no último senso o números de católicos cresceu 12% passando para total de 24% cresceu muito mais do que o número de protestantes aqui no Brasil.
    Otavio.

  4. Coitada desta tal Eliana, ela fala de “igreja” evangélica como um todo, só não cita quais das, afinal, esta crença se embaralha num emaranhado de seitas quase que impossível de se saber quais destas possuem unidade e responsabilidade dentre elas. Onde está a vontade de Cristo em torna o mundo um só rebanho, para estas seitas não existe ou não importa, visto que, o importante para elas é suprir os desejos e anseios pessoais da seus líderes corruptos e sedentos em angariar bens e riquezas dos fiéis a quem se propõem salvar, Isto é lamentável.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s