Estudo sobre a Igreja Católica Apostólica Romana:: Os símbolos da Igreja

Igreja Católica

Na Sagrada Escritura, encontramos diversas imagens e figuras que simbolizam o mistério inesgotável da Igreja. Elas são encontradas seja no Antigo ou Novo Testamento e nos dão a idéia de “povo de Deus” onde Cristo é a cabeça e a Igreja o Corpo.

Um dos símbolos mais lindos para mim, é quando comparamos a Igreja com um redil, do qual Cristo é a única e necessária porta. Suas ovelhas, embora governadas por pastores humanos, são, contudo, incessantemente conduzidas e alimentadas pelo próprio Cristo, Bom Pastor e Príncipe dos pastores, que deu sua vida por suas ovelhas.

Outra comparação traz a Igreja como lavoura ou campo de Deus (1 Cor 3,9). Nesse campo cresce a oliveira antiga, cuja raiz santa foram os Patriarcas e em que foi feita e se fará  a reconciliação dos judeus e dos gentios. Ela foi plantada pelo celeste Viticultor como vinha eleita. Cristo é a verdadeira Vide, que dá  vida e fecundidade aos ramos, que dizer, a nós, que pela Igreja permanecemos nele, sem o qual nada podermos fazer.

Mais a comparação mais perfeita é quando denominamos a Igreja de construção de Deus. O próprio Senhor comparou-se à pedra que os construtores rejeitaram e se tornou a pedra angular (Mt 21,42; At 4,11; 1 Pd 2,7; Sl 118,22). Sobre este fundamento a Igreja é construída pelos apóstolos, e dele recebe firmeza e coesão. Essa construção recebe vários nomes:

1.    Casa de Deus (1 Tm 3,15) na qual habita sua família,
2.    Morada de Deus no Espírito,
3.    Tenda de Deus entre os homens
4.    Templo santo, que, representado pelos santuários de pedra, é louvado pelos santos Padres e, não sem razão, comparado na Liturgia com a Cidade santa, a nova Jerusalém. Pois nela somos, nesta terra, como as pedras vivas que entram na construção.

Por fim, João afirma que a Igreja, sendo a cidade santa, na renovação do mundo, desce do céu, de junto de Deus, adornada como uma esposa enfeitada para seu esposo (Ap 21,1-2).

Para finalizar, a Igreja é chamada também de ‘Jerusalém celeste’ e ‘nossa Mãe’ (Gl 4,26). É ainda descrita como a esposa imaculada do Cordeiro imaculado. Cristo ‘amou-a e por Ela se entregou, a fim de santificá-la’ (Ef 5,26); associou-a a si por uma aliança indissolúvel e incessantemente ‘a nutre e dela cuida’ (Ef 5,29).”

Veja Também:: Estudo sobre a Igreja Católica Apostólica Romana:: Introdução | Estudo sobre a Igreja Católica Apostólica Romana:: O que é a Igreja?

Anúncios

Lançamento:: Novo livro da série Dominus Vobiscum – Maria sempre Virgem e Santa

Livro Maria Sempre Virgem e Santa

Adquira já o terceiro livro da série Dominus Vobiscum dedicado a Virgem Maria

É com muita alegria que trago para vocês o terceiro livro da Série Dominus Vobiscum, totalmente dedicado a Nossa Mãe Maria Santíssima. Este completa a série que começou com o livro O Homem, Deus e a Religião e se seguiu com o livro As Sagradas Escrituras.

Escrever um livro para Nossa Senhora era um sonho antigo em razão da minha devoção pessoal a Ela, que sempre foi uma presença discreta em minha vida e em minha história.

Maria sempre Virgem e Santa segue o estilo dos outros dois livros anteriores: Muita catequese e muita oração. Porém neste há uma novidade: Antes de cada oração mariana apresentada ao fim dos capítulos, você saberá a origem de cada uma delas para rezar com mais ânimo e fé, pedindo a intercessão de Nossa Senhora.

A parte catequética do livro vai trazer ensinamentos da Doutrina Católica sobre a Virgindade Perpétua de Maria e o título dado a Ela pela Igreja de: Mãe de Deus. Sobre o livro é importante dizer que ele teve ajuda de grandes amigos: Mônica Jesus fez a correção gramatical do livro, Carlos Martins Nabeto (do site Sou Católico porque) fez a correção catequética e doutrinal e o prefácio foi escrito pelo amigo Alex C. Vasconcelos que é Notário da Câmara Eclesiástica da Arquidiocese de Maceió e blogueiro nas horas vagas (escreve no blog Sacrifício Vivo e Santo e na coluna espiritualidade do blog Dominus Vobiscum).

O livro só pode ser comprado pela internet nos sites Clube de Autores e Agbook.

Espero de coração que você adquira um exemplar, leia, goste e divulgue nossos livros! Que Nossa Senhora interceda sempre por você!

Dominus Vobiscum

Vencedores do Selo Dominus Vobiscum 2012-2013

Selo DV 2012Antes tarde do que nunca. infelizmente por uma série de motivos inerentes a minha vontade, não pude realizar a entrega do Selo Dominus Vobiscum como de costume. Casamento, mudança, faculdade e uma série de outras situações acabaram dificultando a minha vida. Mas a boa notícia é que o selo está sendo entregue hoje a 29 blogs, que com sua luta costumeira hoje são presenteados com este selo.

A ideia deste “prêmio” surgiu quando percebi a luta que é manter um blog católico. Blogueiro não ganha dinheiro, gasta tempo, estuda, escreve, edita, posta, divulga seu trabalho e muitas vezes não é reconhecido. Este selo quer servir de incetivo para estes “heróis” da evangelização que fazem de tudo para levar a palavra de Deus pela rede.

De fato não sabemos aonde ou a quem nossos posts irão chegar, mas nestes cinco anos de blog tenho certeza que muitos dos textos que escrevi serviram de apoio para muita gente. Vez em quando chegam testemunhos falando do bem que o Dominus Vobiscum lhes fez. E se é assim comigo, certamente deve acontecer algo semelhante com cada blogueiro católico que deve ter muitos testemunhos para contar.

Este ano não pude fazer o selo personalizado como no ano passado, por isso peço perdão. Mas mesmo sem a “personalização” este selo tem a intenção de dizer que nós do Dominus Vobiscum ratificamos o seu trabalho e por isso nossos leitores quando acessarem o seu blog, saberão que estamos em sintonia.

Este ano se não me engano, o Selo Dominus Vobiscum teve recorde de participação. Ano que vem em novembro, retornaremos com mais uma edição. Abaixo a lista dos vencedores!

Ps.: Caso seu blog tenha recebido o prêmio, favor colocar nosso link anexado ao mesmo!

VENCEDORES DO SELO DOMINUS VOBISCUM 2012 – 2013

1. As Margaridas de Inverno
http://deniselandimsh.blogspot.com.br

2. Grupo de Resgate Anjos de Adoração
http://anjosdeadoracao.blogspot.com

3. Amor e Pobreza
http://amorepobreza.blogspot.com

4. Juventude Goretiana
http://www.juventudegoretiana.com

5. Música e Fé
http://www.musicaefe.com.br

6. Ministério Universidades Renovadas – RCC/MT
http://www.murmt.blogspot.com

7. Formando e informando Católicos
http://formandoeinformandocatolicos.blogspot.com.br/

8. Devoção e Fé
http://devocaoefe.blogspot.com/br

9. O Campanhense
http://www.ocampanhense.blogspot.com.br/

10. Eurico Zine
http://euricozine.blogspot.com.br/

11. BlogEvangelizando
http://evangelizarr.blogspot.com.br/

12. Paróquia Divino Espírito Santo
http://www.divinojatiuca.blogspot.com.br/

13. Mundo Alegrai-vos
http://www.mundoalegraivos.com/

14. O Senhor te dê a paz
http://osenhortedeapaz.blogspot.com.br/

15. Deus de Ternura
http://deusdeternura.blogspot.com.br/

16. Porta Fidei
http://portafidei2012-13.blogspot.com.br/

17. Blog da Paróquia Santa Isabel
http://blogsantaisabel.wordpress.com/

18. Blog católico do Leniéverson
http://lennyjornalistacatolico.blogspot.com.br/

19. Cività Dei
http://civitadei.blogspot.com.br/

20. Blog da Catequese
http://blogdacatequesepscj.blogspot.com.br/

21. Fé Católica de Sempre
http://fecatolicadesempre.wordpress.com/

22. Jovens Revolucionários
http://dominnus.wordpress.com/

23. O amor sobrevive de intervalos
http://polyanazavariz.blogspot.com.br/

24. Paróquia Nossa senhora do Perpétuo Socorro
http://www.pnsps.com.br/

25. Sacrifício Vivo e Santo
http://sacrificiovivoesanto.wordpress.com/

26. Deus é maior
http://deusemaior.com.br/

27. Filhos espirituais do Padre Pio
http://filhosespirituaisdepepio.blogspot.com.br/

28. Admirável Senhora
http://admiravelsenhora.blogspot.com.br/

29. O andarilho
http://oandarilho01.wordpress.com

Série Espiritualidade: “Regra de São Bento”

stbenedictCapítulo 9 – Quantos salmos devem ser ditos nas Horas noturnas

1. No tempo de inverno acima citado, diga-se em primeiro lugar o versículo, repetido três vezes: “Senhor, abrireis os meus lábios e minha boca anunciará vosso louvor”, 2. ao qual deve ser acrescentado o salmo terceiro e o “Glória”. 3. Depois desse, o salmo nonagésimo quarto, com antífona, ou então cantado. 4. Segue-se o Ambrosiano e depois seis salmos com antífonas. 5. Recitados esses e dito o versículo, o Abade dê a bênção; depois, achando-se todos sentados nos bancos sejam lidas pelos irmãos, um de cada vez, três lições do livro que está sobre a estante. Entre elas cantem-se três responsórios. 6. Dois destes responsórios são ditos sem “Glória”, porém, depois da terceira lição, quem está cantando diga o “Glória”. 7. Quando esse começar, levantem-se logo todos de seus assentos em honra e reverência à Santíssima Trindade. 8. Leiam-se, nas Vigílias, os livros de autoria divina, tanto do Antigo como do Novo Testamento, e também as exposições que sobre eles fizeram os Padres católicos conhecidos e ortodoxos. 9. A essas três lições com seus responsórios, sigam-se os seis salmos restantes cantados com “Aleluia”. 10. Vêm, em seguida, a lição do Apóstolo, que deve ser recitada de cor, o versículo e a súplica da litania, isto é, “Kyrie eleison”, 11. e assim terminem as Vigílias noturnas.