Dica de livro: Santo Agostinho – de Carlos Martins Nabeto

Livro-NabetoCarlos Martins Nabeto na minha opinião é um dos grandes evangelizadores do nosso tempo. Além de ser um dos primeiros católicos a evangelizar e defender a fé católica na internet (no antigo site Agnus Dei, passando pelo Veritatis Splendor e agora no site Sou Católico porque), vez em quando ele nos premia com obras desta grandiosidade. Quem me conhece sabe que eu não sou de ficar rasgando seda para ninguém, mas para a minha fé, posso dizer que devo muito ao apostolado dele. Nabeto é um daqueles católicos que não aparecem tanto na mídia católica, mas deveria. Tem muito conteúdo para brindar ao povo de Deus.

O livro Santo Agostinho – Coletânea de Pensamentos e Ensinamentos do Doutor de Hipona – reúne mais de 1.500 pensamentos e ensinamentos de Santo Agostinho, que como sabemos foi um dos maiores teólogos da história da Igreja e que ajudou e ajuda a formar gerações de pensadores e católicos ao longo dos anos.

Como diz a sinopse do livro, a importância e influência do pensamento de Agostinho sobre toda a Igreja Ocidental pode ser medida, ainda que não totalmente, nestas palavras de Jurgens:

“Se nos deparássemos com a improvável hipótese de ter que destruir totalmente as obras de Agostinho ou as obras de todos os demais Padres e Escritores [eclesiásticos], eu praticamente não tenho dúvida de que [as obras] de todos os outros [Padres e Escritores] seriam sacrificadas” (JURGENS, William A.. “The Faith of the Early Fathers”, Tomo 3. Collegeville: The Liturgical Press, 1ª ed., 1979, p. 1).

Altaner e Stuiber complementam:

“Agostinho é o mais exímio filósofo dentre os Padres da Igreja, e, presumivelmente, o mais insigne teólogo de toda a Igreja (…) Exerceu profunda influência na vida da Igreja Ocidental (…) não só na filosofia, dogmática, teologia moral e mística, mas ainda na vida social e caritativa, na política eclesiástica e no direito público, e na formação da cultura medieval” (ALTANER, Berthold; STUIBER, Alfred. “Patrologia”. São Paulo: Paulus, 2ª ed., 1988, p. 419).

Eu tive a graça de criar e produzir a arte da capa deste livro. É a segunda vez que faço a capa de um livro dele (a outra capa que produzi para ele você encontra aqui). Para mim, uma honra e um privilégio!

Se você deseja saber mais sobre esta obra ou deseja comprá-la, clique aqui.

Pax Domini

Novo livro de Carlos Nabeto mostra que a Igreja sempre defendeu a veneração aos mártires

Contra VigilâncioFalar sobre o amigo Carlos Nabeto aqui no blog é sempre um imenso prazer, sobretudo quando ele lança um novo livro. Ele é um pesquisador que procura trazer para nós católicos, livros, textos e citações da Igreja primitiva para que saibamos que a Igreja Católica Apostólica Romana foi, é, e sempre será a verdadeira e única Igreja de Jesus Cristo.

Nesta nova obra, Nabeto traz um texto de São Jerônimo (o mesmo que traduziu a bíblia para o latim) contra Vigilâncio, um herege que levianamente erigia acusações acerca do culto de veneração dos mártires e suas relíquias, o emprego de velas, o costume de realização de vigílias noturnas e esmolas para os pobres de Jerusalém, bem como da antiga prática monástica de viver no deserto, elementos tão piedosos e cruciais da fé cristã (daquele tempo e de hoje). Um livro que nos mostra que a doutrina da Igreja jamais mudou e permanecea mesma ao longo dos séculos.

Nós aqui do Dominus Vobiscum publicamos em forma de estudo (dois capítulos por semana) esta mesma carta, mas a vantagem é que ao adquirir o livro que tem o Prefácio é de Evelyn Mayer de Almeida, você pode com tranquilidade levar o livro para onde quiser ou presentear alguém com esta grande riqueza da Igreja que agora chega as suas mãos.

O livro só pode ser comprado pela internet no Clube de Autores. Clique no link e adquira já o seu!

Dica de livro: A Fé Cristã Primitiva – Edição Master

cover_front_bigSe você tem uma grana disponível, gosta de estudar a doutrina católica, e desejar dar a si mesmo um excelente presente de fim de ano, deixo aqui a dica: A Fé Cristã Primitiva (Edição Master) do amigo Carlos Martins Nabeto.

Para quem não conhece, Carlos Nabeto é um dos pioneiros quando se fala de evangelização pela internet. Pelos idos dos anos 90, ele criou o site Agnus Dei, onde explicava a fé católica para os poucos navegantes da web. Com o tempo, ele se uniu a outros católicos e criou o site Veritatis Splendor que é referência para os católicos até hoje. Além disso, ele fez outros dois trabalhos que considero de altíssima relevância: Trouxe para internet (também junto com outros amigos) o conteúdo da revista Pergunte e Responderemos de Dom Estevão Bittencourt e criou o site Central de Obras do Cristianismo Primitivo, onde traduziu centenas de documentos da Igreja Primitiva para o português.

Neste livro o autor reúne em 700 páginas (é uma verdadeira enciclopédia), frases de grandes cristãos da Igreja Primitiva, sobre os assuntos polêmicos da nossa fé como: Maria, os Santos, as Sagradas Escrituras, a Santíssima Trindade, a Igreja, o Clero, os Sacramentos e muitos outros temas importantes para a nossa fé.

A ideia é mostrar para os católicos que a Igreja Católica Apostólica Romana permaneceu desde sempre fiel aos ensinamentos da fé católica. Ela sim é a verdadeira e única igreja! Eu tive a honra de fazer a capa deste livro e espero que vocês também gostem!

O livro está disponível apenas pela internet nos sites Clube de Autores e Agbook.

Siga-nos e fique por dentro das novidades:
  

Dica de livro:: A Fé Cristã Primitiva

Sempre que possível estarei postando aqui dicas de bons livros católicos para o crescimento dos leitores deste blog. As obras indicadas serão sempre de conteúdo verdadeiramente católico. Nestas dicas os leitores deste blog podem ter a certeza que terão um excelente material em mãos.

O livro que indico esta semana é A Fé Cristã Primitiva de Carlos Martins Nabeto (já indiquei um outro livro dele aqui). Ele é um católico pesquisador da Igreja Primitiva e reuniu neste livro de 500 páginas, uma coletânea das palavras e ensinamentos dos Santos Padres da Igreja, aqueles homens que, no início da Era Cristã, sedimentaram as bases desta Fé, guiados pelo Espírito Santo. Nesta coletânea vamos encontrar temas bastante atuais como por exemplo:

  • A palavra de Deus;
  • Nossa profissão de fé;
  • Maria, os anjos e os santos;
  • A Verdadeira Igreja;
  • Os Sete Sacramentos;
  • A criação;
  • Escatologia;
Estes temas muitas vezes interpretados de forma errada por irmãos de outra religião, sempre estiveram presentes na história da Nossa Igreja e esta exímia pesquisa do Carlos Nabeto vai nos mostrar isso. Para quem deseja conhecer as raízes a nossa fé é importante ter este livro em mãos. Eu recomendo! Para adquirir este livro clique aqui
Siga-nos e fique por dentro das novidades:
  

Dica de um bom livro:: Das Heresias – Santo Agostinho

Estou passando rapidinho para deixar uma excelente dica para aqueles que desejam conhecer as riquezas da fé católica: O livro Das Heresias – Escrito por Santo Agostinho e traduzido pelo amigo Carlos Nabeto.

Carlos é um defensor da fé católica das antigas. Criou o site “Agnus Dei”, um dos primeiros sites de Apologética e depois por um bom tempo fez parte do Apostolado Veritatis Splendor. Hoje se dedica a trabalhos desse porte – Traduzir textos de riqueza inestimável e inquestionável para o português, como esse que agora está disponível a nós.

Nesta obra, escrita em 428, pouco antes do falecimento de Santo Agostinho atende aos insistentes pedidos do diácono Quodvultdeus de Cartago e aborda 88 heresias, “de forma breve, abreviada e sumária”, a partir daquela tida por mais antiga – iniciada por Simão Mago – até aquela mais recente, sustentada por Pelágio e Celéstio. Embora redigido há cerca de quinze séculos, engana-se quem pensa que essas heresias são antigas e ultrapassadas: Na história da Igreja elas vão e voltam com uma roupagem nova, visando confundir a fé do povo de Deus. Por isso, esse livro é muito atual. Lendo este livro, com certeza você conseguirá identificar muitas destas heresias no seu dia a dia e assim, defender a Fé Católica em todos os momentos que se faça necessário.

Além disso tenho uma novidade: A pedido do próprio Carlos Nabeto, tive a honra de escrever o prefácio deste livro. Para quem não sabe uma curiosidade: Foi lendo o Antigo Site Agnus Dei que me inspirei para criar o Dominus Vobiscum.

 Para adiquirir este livro, clique aqui.

Siga-nos e fique por dentro das novidades: