Papa Francisco pede aos Argentinos: “Não venham para a missa do dia 19 em Roma. Doem esse dinheiro aos pobres”

cartanuncbergoglio

Quando se tornou cardeal, o então Arcebispo de Buenos Aires – Jorge Mario Borgoglio – fez um pedido inusitado aos fiéis de sua Arquidiocese: Ao invés de vocês viajarem comigo para Roma, doem esse dinheiro para os pobres. O resultado disso é que a delegação argentina que acompanhou o cardeal foi a menor do ano de 2001.

Para a missa que vai marcar o início do seu pontificado (dia 19/03), O Papa Francisco enviou uma carta ao povo argentino repetindo o mesmo pedido: Que mesmo desejosos em estar com ele nesta celebração festiva, que eles (os argentinos) renunciem a esse desejo legítimo e doem o dinheiro que iam usar com esse fim para ajudar os pobres.

O Santo Padre assinalou que espera que os seus irmãos o acompanhem, mas com orações e com a esmola que assim solicitou para os irmãos mais necessitados.

O Papa Francisco exortou que fazendo desta maneira, viveremos os três mais importantes aspectos deste tempo especial de Quaresma: a mortificação ou a renúncia, a viagem a Roma neste caso; a oração e a esmola.

Como dissemos anteriormente, o Sumo Pontífice tem aos poucos mudado a rotina do Vaticano, recordando a célebre figura de João Paulo II, que muitas vezes quebrava o protocolo fazendo algumas coisas à sua maneira e ao seu próprio estilo. Prova disso é que em sua primeira aparição, Francisco decidiu não usar a capa vermelha pontifícia para aparecer pela primeira vez ante os fiéis. E antes que algum desavisado diga que isso seja uma espécie de “ato modernista”, ele vestiu o traje branco, usado por São Pio V, o Papa dominicano que não quis deixar de usar o manto branco de sua ordem, começando assim a tradição do branco papal.

Realmente um Papa de personalidade forte!

Livro Maria Sempre Virgem e SantaVeja também o novo livro do Cadu (Administrador do Blog Dominus Dominus Vobiscum)Maria Sempre Virgem e Santa. Nele você vai encontrar ensinamentos seguros da doutrina da Igreja a respeito da Santíssima Virgem Maria, além das orações mais tradicionais da nossa Igreja à Virgem Mãe de Deus. Vendas apenas pela internet nos sites Clube de Autores e AgbookUm livro para quem deseja ser mais íntimo de Nossa Senhora.

Papa Francisco encanta o mundo católico em três dias!

o-cardeal-argentino-jorge-mario-bergoglio

E o mundo já se rendeu ao carisma do Papa Francisco. Em menos de três dias, seja na internet ou nos meios de comunicação em geral, o assunto é um só: O Novo Pontífice da Igreja Católica Apostólica Romana.

Quem é? De onde veio? O que pensa? O que disse? O que fez? Qual a sua biografia? Quais os seus hábitos? Progressista ou conservador? Seu nome em homenagem a São Francisco de Assis ou a São Francisco Xavier? Vai seguir a linha de Bento XVI ou promover amplas reformas?

Estas são algumas das muitas perguntas que cercam esta novidade da Igreja. Muitas delas já tem resposta e outras serão respondidas no devido tempo. O certo é que ele com seus gestos simples, humildes e, por que não dizer, humanos, está conquistando os corações dos católicos do mundo. Um Papa que se curva para pedir oração ao seu povo antes de abençoar. Prefere a cruz que carregava como pastor a tantas outras. Um Papa que sorri, que brinca, que reza…

Embora o mundo católico ainda sinta saudades de Bento XVI (que para mim continua sendo o maior teólogo vivo do mundo) pelo seu estilo acadêmico e formativo, não dá para negar que Francisco tem um carisma forte que causou uma empatia imediata nas pessoas. Um Papa de opinião forte e de gestos comedidos, que recusa regalias e prefere ser um com todos e criar um corpo para lhe ajudar com a árdua missão que ele tem pela frente.

Papa de buzão

Ontem simples ato do Papa de rejeitar um carro para ir de ônibus com os irmãos cardeais, causou admiração de muitos no mundo todo, e suscitou questionamentos como o que vi no facebook e transcrevo abaixo (sem indentificar os autores):

“Se o Papa vai de ônibus para uma Missa no Vaticano, porque têm padres exigindo helicópteros para celebrar uma missa?” – Questionavam alguns fiéis, com relação aos padres “popstars”.

E este mesmo questionamento acerca do clero precisa também ser feito a nós leigos. Sem palavras, mas com gestos concretos, o Sumo Pontíficie vai abalando a estrutura dos católicos sejam eles leigos, padres, bispos ou cardeais. Precisamos de fato ter tudo isso que temos? O que é útil? O que é supérfluo? Até onde vai o meu desapego? Somos consumistas afinal?

E se em três dias o Papa conseguiu sem palavras causar questionamentos tão contundentes entre os católicos, posso dizer sem medo que ainda que não hajam grandes reformas na Cúria Romana ou em outros lugares (não digo que não possam acontecer), a revolução do modo de ser católico e de viver este catolicismo já começou. Não basta exigir grandes mudanças e reformas, sem que haja uma conversão interior em nós leigos.

Ontem em sua primeira homilia, Francisco falou sobre a importância de carregar a cruz de Cristo em nossas vidas. Em uma Igreja onde se fala tanto de curas e milagres, o novo Papa fala da essência: Aprender a carregar a sua própria cruz, sem desânimo e com esperança na ressureição. Não parar na caminhada. Confessar ao mundo que somos de Cristo e que nossos atos são frutos do amor que temos por Ele.

Penso que àqueles que como eu estão transbordando de felicidade e admiração pelo Papa Francisco precisam mais é deixar isto acontecer, festejar e sobretudo transparecer para os outros, afinal evangelizar é expressar o amor que sentimos pelo Cristo que cuida de nós. A Igreja Católica está em festa e como católicos precisamos comemorar junto com ela, para mostrar àqueles que diziam que a Igreja de Cristo está morta ou fadada ao fim entendam de uma vez por todas que a nossa Igreja – Católica Apostólica Romana – é forte, está mais viva do que nunca e que junto com o Papa, temos uma resposta diferente para dar ao mundo: Cristo Jesus!

E viva o Papa! Viva o Papa Francisco!

Livro Maria Sempre Virgem e SantaVeja também o novo livro do Cadu (Administrador do Blog Dominus Dominus Vobiscum)Maria Sempre Virgem e Santa. Nele você vai encontrar ensinamentos seguros da doutrina da Igreja a respeito da Santíssima Virgem Maria, além das orações mais tradicionais da nossa Igreja à Virgem Mãe de Deus. Vendas apenas pela internet nos sites Clube de Autores e AgbookUm livro para quem deseja ser mais íntimo de Nossa Senhora.

O papa é Argentino, mas quem deu um olé em todo mundo foi o Espírito Santo!

francisco-papa-vaticano

Passada a emoção do anúncio do Papa Francisco (um aviso: apenas Francisco sem número. Nada de Francisco I ok?), é importante fazer um comentário a respeito de todo este circo que foi formado pela imprensa e de toda surpresa e emoção que vivemos ao saber da escolha do cardeal Mario Bergoglio como o 266° Sucessor de Pedro.

Veja não sou contra a imprensa secular. Apenas acho que quando se trata de assuntos religiosos, os jornalistas preferem criar conjecturas fantasiosas a respeito da igreja do que dar a mão à palmatória e reconhecer que é Deus quem comenda a verdadeira Igreja e faz como quer e quando quer. Já falei sobre isso aqui. Os jornalistas que não sabem nem o que é o Ato Penitencial na Santa Missa querem entender das coisas da nossa fé.

Pois bem. Os jornalistas levantaram seus favoritos, derrubaram estes nomes dias depois, especularam, fantasiaram possíveis candidatos, e o Espírito Santo que sopra onde quer e como quer, veio e deu um verdadeiro passeio em todos os “especialistas” da mídia secular.

Enquanto os holofotes estavam armados em cima de diversos nomes, o cardeal Mario Bergoglio ficou escondido no Coração do Pai para ser chamado na hora e no tempo certo. Deus faz tudo muito bem feito. Ele surpreendeu o mundo!

Um amigo dizia: Aquele cardeal que vai a um conclave para ser papa, volta cardeal. De fato foi exatamente isso que aconteceu e para a Glória de Deus, a sua Igreja tem um novo pastor que vai trabalhar na vinha do Senhor. Um ilustre desconhecido dos homens, mas separado e escolhido por Deus. A nós resta unicamente rezar, acolher e obedecer ao Santo Padre.

Para os católicos brasileiros é preciso que se diga: O cardeal Mario Bergoglio é argentino, mas o Papa Francisco é da Igreja de Cristo. Pelo amor de Deus, que não me apareça por aqui gente querendo comparar a escolha do Papa com o fato dos argentinos serem nossos adversários no futebol. Não deveria nem estar escrevendo a respeito, mas infelizmente podemos esperar coisas deste tipo especialmente nos primeiros dias. Se Deus estivesse escolhido um brasileiro, para mim daria no mesmo. O que importa é saber que a vontade do Senhor prevaleceu.

Deus escolheu o Papa Francisco para as nossas necessidades neste tempo e a verdade é que já comecei a amá-lo! Suas primeiras palavras demonstraram amor ao povo de Deus, humildade, simplicidade e zelo pelas suas ovelhas. Desde já me comprometo a rezar por ele, pois a verdade é que ele terá muitos desafios pela frente. Espero que você também o faça!!

Para finalizar só um detalhe: Que outra religião consegue chamar a atenção do mundo para a escolha do seu Chefe Supremo? Que outra religião consegue fazer com que o mundo pare a espera da cor de uma fumaça que escapa de uma pequena chaminé? Que outro líder religioso aparece na mídia do mundo além do Chefe da Igreja Católica?

E ainda dizem que a Igreja Católica está morrendo. Vai nessa filho… Vai nessa.

:: Veja também o texto de Reinando Azevedo a respeito do Papa Francisco::

Livro Maria Sempre Virgem e SantaVeja também o novo livro do Cadu (Administrador do Blog Dominus Dominus Vobiscum)Maria Sempre Virgem e Santa. Nele você vai encontrar ensinamentos seguros da doutrina da Igreja a respeito da Santíssima Virgem Maria, além das orações mais tradicionais da nossa Igreja à Virgem Mãe de Deus. Vendas apenas pela internet nos sites Clube de Autores e AgbookUm livro para quem deseja ser mais íntimo de Nossa Senhora.

Mais uma vez, a fumaça preta…

fumaçaCaríssimos irmãos, uma nova fumaça preta saiu da chaminé da Capela Sistina hoje pela manhã, as 07:38h (horário de Brasília), o que indicou que ainda não temos Papa.

Ainda se espera mais duas votações para hoje, no turno da tarde. A próxima fumaça está prevista para as 15:00h (horário de Brasília).

Continuamos em oração pelo Conclave…

“Senhor, dai-nos um Pastor cheio de fé, esperança e caridade. Que ele venha com um coração aberto, acolhedor e conciliador. Que seja um homem de esperança e misericórdia, um profeta pronto para anunciar e denunciar, e despertar um diálogo cordial, cheio de afeto com toda a humanidade, tão sedenta da vossa Palavra. Que todos sejamos e permaneçamos um dentro do vosso coração, Senhor, ‘cum Petro et sub Petro’.”

Ainda não temos Papa…

wmX-620x471x3-513f7b4c9fc61ecc378bb15504ede8311e210bc41906f

Às 15:40h desta terça-feira, os peregrinos e fiéis que se encontravam na Praça São Pedro, e todos aqueles ao redor do mundo, receberam a notícia: ainda não temos Papa!

A fumaça preta surgiu na chaminé instalada na Capela Sistina, indicando que os Cardeais presentes ao Conclave, ainda não chegaram a um consenso acerca do nome do futuro Papa, ou seja, nenhum dos Cardeais obteve a maioria de 2/3 dos votos (77 votos).

A próxima ocasião da fumaça na supracitada chaminé, será por volta das 08:00h (horário de Brasília), quando será anunciado o resultado de mais um escrutínio do Conclave.

Continuemos com as nossas orações…

Na missa de abertura do Conclave, os cardeais pedem: “Que Deus queira em breve conceder outro Bom Pastor à sua Igreja”

conclave5
Da Rádio Vaticana

O Decano do Colégio Cardinalício, Card. Angelo Sodano, presidiu na manhã desta terça-feira, na Basílica Vaticana, à missa pro eligendo Pontefice – “para a eleição do Romano Pontífice”.

A Basílica, aberta aos fiéis, estava lotada, para invocar a ação do Espírito Santo. Em sua homilia, logo no início o Card. Sodano renovou a gratidão de toda a Igreja ao “amado e venerado Pontífice Bento XVI”. E recordou a intenção desta Missa, ou seja, “implorar do Senhor que mediante a solicitude pastoral dos Padres Cardeais queira em breve conceder outro Bom Pastor à sua Santa Igreja”.

Comentando as leituras do dia, o Decano falou primeiramente sobre a mensagem de amor de Deus – mensagem que se realiza plenamente em Jesus, vindo ao mundo para tornar presente o amor do Pai pelos homens. É um amor que se faz notar particularmente no contato com o sofrimento, a injustiça, a pobreza, com todas as fragilidades do homem, tanto físicas quanto morais.

“É este amor que impele os Pastores da Igreja a realizar a sua missão de serviço aos homens de todos os tempos, do serviço caritativo mais imediato até o serviço mais alto, o serviço de oferecer aos homens a luz do Evangelho e a força da graça.”

A seguir, o Card. Sodano falou da mensagem de unidade. O Apóstolo São Paulo ensina-nos que também todos nós devemos colaborar para edificar a unidade da Igreja, porque para realizá-la é necessária “a colaboração de cada conexão, segundo a energia própria de cada membro” (Ef 4,16). “Todos nós, portanto, somos chamados a cooperar com o Sucessor de Pedro, fundamento visível de tal unidade eclesial.”

Essa cooperação levou o Decano a falar sobre a missão do Papa: a atitude fundamental de todo bom Pastor é dar a vida por suas ovelhas (cfr Jo 10,15). Isto vale, sobretudo, para o Sucessor de Pedro, Pastor da Igreja universal. Porque quanto mais alto e mais universal é o ofício pastoral, tanto maior deve ser a caridade do Pastor.

No sulco deste serviço de amor pela Igreja e pela humanidade inteira, recordou, os últimos Pontífices foram artífices de muitas iniciativas benéficas também para os povos e a comunidade internacional, promovendo sem cessar a justiça e a paz. Rezemos para que o futuro Papa possa continuar esta incessante obra em nível mundial, disse o Card. Sodano, que concluiu:

“Meus irmãos, rezemos a fim de que o Senhor nos conceda um Pontífice que realize com coração generoso tal nobre missão. É o que Lhe pedimos por intercessão de Maria Santíssima, Rainha dos Apóstolos, e de todos os Mártires e Santos que ao longo dos séculos deram glória a esta igreja de Roma.”

Livro Maria Sempre Virgem e SantaVeja também o novo livro do Cadu (Administrador do Blog Dominus Dominus Vobiscum)Maria Sempre Virgem e Santa. Nele você vai encontrar ensinamentos seguros da doutrina da Igreja a respeito da Santíssima Virgem Maria, além das orações mais tradicionais da nossa Igreja à Virgem Mãe de Deus. Vendas apenas pela internet nos sites Clube de Autores e AgbookUm livro para quem deseja ser mais íntimo de Nossa Senhora.

Você sabe como começaram os conclaves? Conheça sua história…

conclaveDo site Editora Cléofas / Autor Professor Felipe Aquino

Jesus mesmo escolheu o primeiro Chefe da Sua Igreja: Simão, a quem chamou de Pedro (=Kephas, Pedra). “Sobre ti Kephas edificarei a minha Igreja” (Mt 16,17). Com a morte de Pedro, crucificado de cabeça para baixo pelo imperador Nero, a Igreja entendeu que precisava continuar a missão de levar o Evangelho a todas as nações, e então, a comunidade nascente escolheu São Lino (67-79); depois Santo Anacleto (79-90), depois São Clemente (90-101), Evaristo (101-107), Alexandre (107-116); Sisto (116-125), Telésforo (125-138), Higino (138-142); Pio (143-155), Aniceto (155-165), Sotero (166-174), Eleutério (174-189), e assim por diante. Essa lista dos doze primeiros papas nos é dada por Santo Irineu de Lião (†202), em sua obra “Contra os hereges”.

No começo da vida da Igreja era a comunidade de Roma quem elegia o Papa; o povo cristão, os diáconos, presbíteros e bispos. Com o tempo a Igreja foi se expandindo e a escolha do Papa começou a sofrer mudanças. Em meados do século XI, o Papa Nicolau II (1058-1061), definiu em sua bula “In Nomine Domini” que somente Cardeais-Bispos poderiam participar da eleição. Em 1179, o Papa Alessandro III estendeu a eleição a todos os Cardeais, sendo que o eleito deveria ter no mínimo dois terços dos votos, essa última condição é válida em nossos dias.

Em 1274, a Igreja teve o primeiro Conclave oficialmente. O Papa Gregório X (1271-1268), através da constituição apostólica “Ubi periculum”, estabeleceu que os Cardeais eleitores deveriam reunir-se em uma sala do palácio do falecido pontífice, dez dias após a sua morte, e ali permanecerem isolados.

Certas vezes demorava muito para o papa ser eleito por causa das ingerências das famílias nobres (Médicis, Corsinis, Crescêncios, Túsculus, Bórgias, etc. ) e dos imperadores alemães. Por exemplo, uma vez em Viterbo, o Conclave demorou 33 meses para eleger o papa.

Então, caso o Papa não tivesse sido eleito após três dias desde o início do Conclave, a refeição dos Cardeais era reduzida, e se após cinco dias ainda não tivessem eleito o papa, a comida era reduzida a pão, água e vinho. Gregório XVI (1621-1623) publicou duas Constituições, o voto secreto.

Os soberanos católicos tinham o poder de vetar alguns Cardeais indesejados. Isso ocorreu até o ano de 1904, quando o Papa São Pio X, através da Constituição “Commissum nobis”, aboliu o direito de veto das nações católicas.

Em 1970, o Papa Paulo VI definiu  que só poderiam votar no Conclave os cardeais com menos de oitenta anos, e estabeleceu que o número máximo de Cardeais eleitores era de 120, o que vale até hoje.

O Papa João Paulo II em 1996 pelo documento “Universi dominici gregis”,  estabeleceu o local para a clausura dos Cardeais (a Domus Sanctae Marthae), e eliminou a possibilidade de eleição por aclamação e por comprometimento.

Livro Maria Sempre Virgem e SantaVeja também o novo livro do Cadu (Administrador do Blog Dominus Dominus Vobiscum): Maria Sempre Virgem e Santa. Nele você vai encontrar ensinamentos seguros da doutrina da Igreja a respeito da Santíssima Virgem Maria, além das orações mais tradicionais da nossa Igreja à Virgem Mãe de Deus. Vendas apenas pela internet nos sites Clube de Autores e Agbook. Um livro para quem deseja ser mais íntimo de Nossa Senhora.

Padre Paulo Ricardo nos explica como funciona um conclave

Estamos às vésperas de um Conclave e já explicamos a você em posts anteriores como é o seu funcionamento, porém encontrei este vídeo muito interessante do Padre Paulo Ricardo fazendo esta mesma explicação. Portanto para que não haja dúvidas, acesse o vídeo abaixo:

Livro Maria Sempre Virgem e SantaVeja também o novo livro do Cadu (Administrador do Blog Dominus Dominus Vobiscum): Maria Sempre Virgem e Santa. Nele você vai encontrar ensinamentos seguros da doutrina da Igreja a respeito da Santíssima Virgem Maria, além das orações mais tradicionais da nossa Igreja à Virgem Mãe de Deus. Vendas apenas pela internet nos sites Clube de Autores e Agbook. Um livro para quem deseja ser mais íntimo de Nossa Senhora.

Cardeais definem início do Conclave. Igreja deve se unir em oração!

conclave 3

Agora é oficial. A data do Conclave para a escolha do sucessor de Bento XVI foi fixada para o dia 12 de março e foi definida hoje na oitava Congregação do Colégio Cardinalício.

O Conclave começará já na parte da manhã com a Missa “Pro eligendo Papa” que a celebração solene que “abre” o trabalho dos purpurados, e a tarde eles entram para a reclusão particular do conclave. Em seguida o mestre das Celebrações litúrgicas Sumo Pontíficie profere a frase latina Extra Omnes, onde ele ordena que ali somente os cardeais poderão estar.

conclave 2

Durante o final de semana os cardeais irão celebrar nas Igrejas as quais eles são titulares em Roma (cada cardeal ao reecber tal título, recebe também em Roma a titularidade em uma igreja). E se prepararão para esta jornada que é tão importante para todos os católicos do mundo.

É importante dizer também que teremos 115 cardeais eleitores já que Arcebispo de Jacarta Riyadi Darmaatmadja e o cardeal escocês O’Brien não participarão do Conclave (o primeiro por razões de saúde e o outro por motivos pessoais). Hoje o Colégio Cardinalício aceitou formalmente as suas ausências, conforme o previsto na Constituição apostólica Universi Dominici Gregis.

Segundo o Padre Frederico Lombardi – Diretor da Sala de Impensa da Santa sé – Agora é a hora da igreja se unir em oração pelos cardeais. Que façamos isso com amor e devoção, na escolha de um Papa segundo o coração de Deus.

Livro Maria Sempre Virgem e SantaVeja também o novo livro do Cadu (Administrador do Blog Dominus Dominus Vobiscum)Maria Sempre Virgem e Santa. Nele você vai encontrar ensinamentos seguros da doutrina da Igreja a respeito da Santíssima Virgem Maria, além das orações mais tradicionais da nossa Igreja à Virgem Mãe de Deus. Vendas apenas pela internet nos sites Clube de Autores e AgbookUm livro para quem deseja ser mais íntimo de Nossa Senhora.

Cardeais discutem o perfil do novo Papa

Aula Paolo VI- Sua Santita' Papa Benedetto XVI tiene Udienza ai nuovi CardinaliÉ importante acompanhar e registrar aqui no blog os acontecimentos que antecedem o Conclave, seja para informar aos suscintos leitores que nos visitam, seja para também aprender como a Igreja vive este tempo tão atípico e novo para ela e também para nós fieis leigos.

Terminou há pouco a quarta Congregação do Colégio dos Cardeais.

A reunião começou com a recitação da Oração da Hora Média (aprendam viu padres? É importante rezar a Oração das Horas. Já que tem alguns padres que não rezam, fica o recado). Já estão presentes em Roma 113 cardeais eleitores e espera-se que até amanhã teremos os 115 cardeais eleitores em Roma. A data do Conclave ainda não foi definida. Acredita-se que os cardeais presentes desejam esperar que todos os cardeais votantes estejam presentes.

Diversos cardeais falaram hoje, cerca de cinco minutos cada um. Os temas mais levantados foram: O Papel da Igreja no mundo de hoje e a exigência de uma nova evangelização, O diálogo da Santa Sé e seus dicastérios com os bispos e cardeais e o perfil do novo Papa para governar a igreja de hoje.

O bacana deste tipo de reunião, é que cada cardeal traz os assuntos partindo de um viés

Hoje a tarde os cardeais se reunirão na parte da tarde para uma intensa jornada de oração por volta das 17h de Roma, que será aberta para todos que desejam unir-se em oração. O momento oracional terá a duração aproximada de uma hora e deve ser transmitida pelos canais católicos de televisão (aqui no Brasil você pode acompanhar pela Canção Nova).

A oração comecará com a recitão do Santo Terço onde serão meditados os mistérios gloriosos, seguido da exposição do Santíssimo Sacramento para um breve tempo de oração. Depois disso serão rezadas as vésperas, seguido da Bênção Final que será dada pelo Arcipreste da Basílica de São Pedro, Cardeal Angelo Comastri.

Livro Maria Sempre Virgem e SantaVeja também o novo livro do Cadu (Administrador do Blog Dominus Dominus Vobiscum): Maria Sempre Virgem e Santa. Nele você vai encontrar ensinamentos seguros da doutrina da Igreja a respeito da Santíssima Virgem Maria, além das orações mais tradicionais da nossa Igreja à Virgem Mãe de Deus. Vendas apenas pela internet nos sites Clube de Autores e Agbook. Um livro para quem deseja ser mais íntimo de Nossa Senhora.