Novena a São José em formato impresso e digital. Adquira hoje mesmo!

livro-São-José

No mês março disponibilizamos para vocês a Novena a São José. Durante nove dias percorremos um caminho espiritual acompanhado pelo Pai Nutrício de Jesus. E a pedido de alguns leitores do blog, disponibilizamos para todos vocês esta novena em formato impresso, para que você possa rezar em todos os lugares, presentar a alguém, ou quem sabe, criar um apostolado de São José ai na sua paróquia.

O livro contém uma breve introdução sobre a importância de São José na história de Jesus, na Igreja na vida dos católicos, além do roteiro para os nove dias de oração. Só lembrando que ao adquirir este livro, você ajuda este apostolado a manter os seus custos. Adquira agora mesmo clicando aqui.

São José, Valei-nos!

Anúncios

Santo Terço: Meditando e contemplando os Mistérios Gloriosos

work

Com muita alegria conseguir finalizar o quarto e último terço do projeto Rosário. Agora você pode rezar conosco os mistérios gloriosos. Este projeto foi pensado para ajudar católicos que ainda não tem o hábito de rezar o Santo Terço, a conhecer, rezar e experimentar os frutos desta santa devoção. Perceba que ao rezar este terço, eu coloquei em cada Ave-Maria da dezena um versículo bíblico referente ao mistério, para ajudá-lo na meditação. Você pode apenas ouvi-lo se quiser: rezando e meditando.

Como disse da outra vez, repito agora: Ser católico implica em ser mariano. E a oração do Santo Terço é fundamental. E agora podemos rezar juntos, pedindo a intercessão da Bem-Aventurada Virgem Maria.

Ps.: Peço desculpas a todos pela demora em publicar este Terço. Tive algumas dificuldades mas graças a Deus aos poucos estamos resolvendo tudo. 🙂

Pax Domini

banner-cecdesigner

Mistérios gozosos | mistérios dolorosos | mistérios luminosos
DESEJA REZAR OS OUTROS MISTÉRIOS juntos? CLIQUE AQUI!

Santo Terço: Meditando e contemplando os Mistérios Dolorosos

abertura-doloroso

Com muita alegria conseguir finalizar o terceiro terço do projeto Rosário. Agora você pode rezar conosco os mistérios dolorosos. Este projeto foi pensado para ajudar católicos que ainda não tem o hábito de rezar o Santo Terço, a conhecer, rezar e experimentar os frutos desta santa devoção. Em breve teremos a quarta e última parte deste projeto. Perceba que ao rezar este terço, eu coloquei em cada Ave-Maria da dezena um versículo bíblico referente ao mistério, para ajudá-lo na meditação. Você pode apenas ouvi-lo se quiser: rezando e meditando.

Como disse da outra vez, repito agora: Ser católico implica em ser mariano. E a oração do Santo Terço é fundamental. E agora podemos rezar juntos, pedindo a intercessão da Bem-Aventurada Virgem Maria.

Salve Maria

Santo Terço: Meditando e contemplando os Mistérios Luminosos

abertura-luminosos

Com muita alegria conseguir finalizar o segundo terço do projeto Rosário. Agora você pode rezar conosco os mistérios luminosos. Este projeto foi pensado para ajudar católicos que ainda não tem o hábito de rezar o Santo Terço, a conhecer, rezar e experimentar os frutos desta santa devoção. Em breve teremos a terceira e a quarta parte deste projeto. Perceba que ao rezar este terço, eu coloquei em cada Ave-Maria da dezena um versículo bíblico referente ao mistério, para ajudá-lo na meditação. Você pode apenas ouvi-lo se quiser: rezando e meditando.

Como disse da outra vez, repito agora: Ser católico implica em ser mariano. E a oração do Santo Terço é fundamental. E agora podemos rezar juntos, pedindo a intercessão da Bem-Aventurada Virgem Maria.

Salve Maria

Santo Terço: Meditando e contemplando os Mistérios Gozosos

capa

Um dos projetos antigos que eu tinha para este blog, era de disponibilizar para os meus leitores o Santo Rosário em formato de áudio e vídeo. Como este blog tem como objetivo ajudar católicos a conhecerem melhor a sua fé, isto era ao meu ver, muito importante pois infelizmente muitos católicos não rezam o Santo Terço por não saber. Hoje começo a realizar este sonho antigo, disponibilizando para você os mistérios gozosos (em breve teremos mais). Perceba que ao rezar este terço, eu coloquei em cada Ave-Maria da dezena um versículo bíblico referente ao mistério, para ajudá-lo na meditação. Você pode apenas ouvi-lo se quiser: rezando e meditando.

Ser católico implica em ser mariano. E a oração do Santo Terço é fundamental. E agora podemos rezar juntos, pedindo a intercessão da Bem-Aventurada Virgem Maria.

Salve Maria

Série Espiritualidade: “Do ardente amor e veemente desejo de receber a Cristo”

jesus-cristo-flageladoDo livro “A Imitação de Cristo”

Voz do discípulo: Com suma devoção e abrasado amor, com todo o afeto e fervor do coração, desejo receber-vos, Senhor, como muitos santos e pessoas devotas o desejaram, os quais vos agradaram principalmente pela santidade de sua vida e pela ardentíssima devoção que os animava. Ó Deus meu, amor eterno, meu único bem, bem-aventurança interminável! Desejo receber-vos com o mais ardente afeto e a mais digna reverência que jamais sentiu ou pôde sentir santo algum!

E ainda que seja indigno de todos esses sentimentos de devoção, ofereço-vos, todavia, o afeto do meu coração, como se eu só tivera todos aqueles gratíssimos e inflamados desejos. Mas tudo quanto pode conceber e desejar um coração piedoso, eu vo-lo dou e ofereço com profunda reverência e íntimo fervor. Nada quero reservar para mim, mas a mim, e tudo que é meu quero sacrificar-vos espontaneamente, de boa vontade, Senhor, Deus meu, Criador e Redentor meu! desejo receber-vos hoje com tal afeto e reverência, com tal louvor e honra, com tal agradecimento, dignidade e pureza, com tal fé, esperança e amor, como vos desejou e recebeu vossa Mãe Santíssima, a gloriosa Virgem Maria, quando, ao anjo que lhe anunciou o mistério da encarnação, humilde e devotamente respondeu: Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a vossa palavra! (Lc 1,38).

E como vosso bem-aventurado precursor João Batista, o mais excelente dos santos, quando ainda estava nas entranhas maternas, exultou de alegria na vossa presença por impulso do Espírito Santo, e vendo-vos, meu Jesus, depois andar entre os homens com profunda humildade e devoto afeto dizia: O amigo do Esposo que está perto dele e o ouve regozija-se ouvindo a voz do Esposo (Jo 3,29); assim também eu quisera ser inflamado de veementes e santos desejos e entregar-me a vós de todo o meu coração. Por isso vos ofereço o júbilo de todas as almas devotas, seus abrasados afetos de amor, os êxtases de seu espírito, suas iluminações sobrenaturais e visões celestiais, e vo-las apresento com todas as virtudes e louvores que vos tributaram ou hão de tributar todas as criaturas do céu e na terra, por mim e por todos os que se recomendaram às minhas orações, para que sejais por todos dignamente louvado e para sempre glorificado.

Aceitai, Senhor, Deus meu, os votos e desejos de infinitos louvores e imensas ações de graças, que vos são justamente devidas, segundo a vossa inefável grandeza. Isso vos ofereço, e desejo oferecer cada dia e a cada momento, e convido com minhas súplicas e rogos todos os espíritos celestes e todos os vossos fiéis a vos agradecerem comigo e louvarem.

Louvem-vos todos os povos, tribos e línguas; com suma alegria e ardente devoção glorifiquem o vosso santo e dulcíssimo nome. E todos aqueles que com devoção e reverência consagram vosso augusto Sacramento e com viva fé o recebem, mereçam achar graça e misericórdia diante de vós e peçam a Deus humildemente por mim, pecador. E quando tiverem conseguido e desejada devoção e o gozo da união convosco e voltarem da mesa sagrada, consolados e maravilhosamente recreados, dignem-se lembrar-se também deste pobre.

 
Siga-nos e fique por dentro das novidades:
  

Série Espiritualidade: “Que a graça da devoção se alcança pela humildade e abnegação de si mesmo”

jesus-cristo-flageladoDo livro “A Imitação de Cristo”

Voz do Amado: Com perseverança deves buscar a graça da devoção, pedi-la com instância, esperá-la com paciência e confiança, recebê-la com agradecimento, guardá-la com humildade, com diligência aproveitá-la, cometendo a Deus o tempo e o modo da celestial visita, até que se digne visitar-te. Deves principalmente humilhar-te quando pouca ou nenhuma devoção sentes em teu interior, sem, todavia, ficar abatido ou entristecer-te demasiadamente. Muitas vezes dá Deus num momento o que negou por largo tempo, e às vezes concede no fim da oração o que no princípio diferiu.

Se a graça fora sempre prontamente outorgada e oferecida à vontade, tanto não podia suportar o homem fraco. Por isso a deves esperar com firme confiança e humilde paciência. Mas atribui a culpa a ti e aos teus pecados, quando te for negada ou ocultamente retirada. Às vezes é bem pouco o que impede ou oculta a graça, se é que se pode chamar pouco e não muito, o que priva de tão grande bem. E se removeres este pequeno ou grande impedimento, e se te venceres perfeitamente, terás o que pediste.

Porque logo que de todo o teu coração te entregares a Deus e não buscares coisa alguma a teu gosto e desejo, mas inteiramente te puseres em suas mãos, achar-te-ás unido a ele e sossegado, e nada te será tão delicioso e agradável como o beneplácito da divina vontade. Todo aquele, pois, que com coração singelo dirige a sua intenção a Deus e se desprende de todo amor ou aversão desordenada a qualquer coisa criada, está bem disposto para receber a graça e digno de alcançar a devoção, porque o Senhor dá a sua bênção onde encontra o coração vazio. E quanto mais perfeitamente alguém renuncia às coisas terrenas e morre a si pelo desprezo de si mesmo, tanto mais depressa lhe advém a graça, mais copiosamente se lhe infunde e mais alto lhe ergue o coração livre.

Então verá, terá alegria abundante e estará maravilhoso; o coração se lhe dilatará, porque a mão do Senhor está com ele (Is 60,5), e em suas mãos ele inteiramente se entregou para sempre. Eis como será abençoado o homem que busca a Deus de todo o seu coração, e não deixa sua alma se apegar às vaidades (Sl 23,5). Esse é que na recepção da sagrada Eucaristia merece a graça inefável da união com Deus, porque não olha para a sua devoção e consolação, mas, sobretudo busca a honra e glória de Deus.

Siga-nos e fique por dentro das novidades:
  

Dia de Nossa Senhora das Graças ou da Medalha Milagrosa

Do Evangelho Quotidiano

A aparição de Nossa Senhora das Graças ocorreu no dia 27 de Novembro de 1830 a Santa Catarina Labouré, irmã de caridade (religiosa de S. Vicente Paulo). A santa encontrava-se em oração na capela do convento, em Paris (rua du Bac), quando a Virgem Santíssima lhe apareceu. Tratava-se de uma “Senhora de mediana estatura, o seu rosto tão belo e formoso… Estava de pé, com um vestido de seda, cor de branco-aurora. Cobria-lhe a cabeça um véu azul, que descia até os pés… As mãos estenderam-se para a terra, enchendo-se de anéis cobertos de pedras preciosas …”

A Santíssima Virgem disse: “Eis o símbolo das graças que derramo sobre todas as pessoas que mas pedem …”.

Formou-se então em volta de Nossa Senhora um quadro oval, em que se liam em letras de ouro estas palavras: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós”. Nisto voltou-se o quadro e eu vi no reverso a letra M encimada por uma cruz, com um traço na base. Por baixo, os Sagrados Corações de Jesus e Maria – o de Jesus cercado por uma coroa de espinhos e a arder em chamas, e o de Maria também em chamas e atravessado por uma espada, cercado de doze estrelas. Ao mesmo tempo ouvi distintamente a voz da Senhora a dizer-me: “Manda, manda cunhar uma medalha por este modelo. As pessoas que a trouxeram por devoção hão de receber grandes graças”. 

O Arcebispo de Paris Dom Jacinto Luís de Quélen (1778-1839) aprovou, dois anos depois, em 1832, a medalha pedida por Nossa Senhora; em 1836 exortou todos os fiéis a usarem a medalha e a repetir a oração gravada em torno da Santíssima Virgem: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós”. 

Esta piedosa medalha – segundo as palavras do Papa Pio XII – “foi, desde o primeiro momento, instrumento de tão numerosos favores, tanto espirituais como temporais, de tantas curas, protecções e sobretudo conversões, que a voz unânime do povo lhe chamou desde logo Medalha Milagrosa”.

Siga-nos e fique por dentro das novidades:

  

Você conhece o Terço da Divina Misericórdia?

Imagem

Este terço foi ensinado durante uma visão que Irmã Faustina teve em 13 de setembro de 1935: “Eu vi um anjo, o executor da cólera de Deus… a ponto de atingir a terra… Eu comecei a implorar intensamente a Deus pelo mundo, com palavras que ouvia interiormente. À medida em que assim rezava, vi que o anjo ficava desamparado, e não mais podia executar a justa punição…”

No dia seguinte, uma voz interior lhe ensinou essa oração nas contas do rosário. Mais tarde, Jesus disse a Irmã Faustina:

“Pela recitação desse Terço agrada-me dar tudo que Me pedem. Quando o recitarem os pecadores empedernidos, encherei suas almas de paz, e a hora da morte deles será feliz. Escreve isto para as almas atribuladas: Quando a alma vê e reconhece a gravidade dos seus pecados, quando se desvenda diante dos seus olhos todo o abismo da miséria em que mergulhou, que não desespere, mas se lance com confiança nos braços da minha Misericórdia, como uma criança nos braços da mãe querida. Estas almas têm sobre meu Coração misericordioso um direito de precedência. Dize que nenhuma alma que tenha recorrido a minha Misericórdia se decepcionou nem experimentou vexame…”

“….Quando recitam este Terço junto aos agonizantes, aplaca-se a ira divina, inconcebível misericórdia envolve a alma…” (Diário n.754).

“… As almas que rezarem este terço serão envolvidas pela Minha misericórdia em sua vida e, especialmente, na hora da morte” (Diário n. 754).

Como rezar o Terço da Divina Misericórdia?

No princípio: Pai Nosso… Ave Maria… Creio

Nas contas grandes do Pai Nosso: Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Vosso Diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossoas pecados e dos pecados do mundo inteiro.

Nas contas pequenas: Pela sua dolorosa paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro!

No fim do terço (três vezes): Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro.

Ato de Consagração a Divina Misericórdia: Misericordiosissímo Jesus, Vossa bondade é infinita e os tesouros da Vossa Graça inexauríveis. Eu tenho infinita confiança na Vossa Misericórdia que se estende sobre todas as criaturas. Eu me entrego inteiramente a Vós e sem reserva para que eu possa asssim viver e esforçar-me para alcançar a perfeição cristã. Eu desejo propagar a Vossa Misericórdia através da realização de obras de misericórdia tanto espirituais quanto corporais, especialmente para a conversão dos pecadores; consolar e ajudar os necessitados, aos aflitos e enfermos.

Guardai-me, pois, como Vossa propriedade e Vossa glória, pois enquanto tenho tudo para temer minha fraqueza humana, ao mesmo tempo tenho tudo para confiar na Vossa Misericórdia. Possam todos os homens conhecer os insondáveis abismos da Vossa Misericórdia, para nela confiar e glorificá-la sempre. Amém.  Jesus, eu confio em vós!

Siga-nos e fique por dentro das novidades:
  

Cenáculo de Nossa Senhora da Visitação retorna as suas atividades

Depois um tempo de paralisação em virtude do meu casamento, retomamos hoje o Cenáculo de Nossa Senhora da Visitação. Para quem não conhece este apostolado, um breve relato: Desde novembro de 2011, com a autorização do Pároco da Santa Isabel – Padre Henrique, começamos a levar aos lares da nossa comunidade a imagem de Nossa Senhora da Visitação Peregrina. A visita começa com a recitação do Santo Terço. Durante uma semana, a imagem permanece junto àquela família, que se compromete a rezar com a imagem.

Pois bem, nessa retomada do Cenáculo tive a alegria de acolher a imagem em minha casa. Preparamos uma mesinha para Nossa Senhora da Visitação. Alguns amigos vieram rezar o terço conosco. Cada um com sua história, suas dores e alegrias foram depositando seus pedidos a Nossa Senhora que nos visitava.

A cada mistério, intercalávamos com uma música e ao final do terço partilhamos o evangelho de hoje e rezamos uns pelos outros. Para mim, foi uma noite alegre e especial. Estar com os irmãos pedindo a intercessão da Santíssima Virgem é um motivo de felicidade.

Aqueles que moram nas proximidades da Paróquia Santa Isabel e desejam receber a imagem em suas casas, entrem em contato conosco. Agendaremos a visita.

Que a Santíssima Virgem nos abençoe sempre! Veja mais algumas fotos.

Siga-nos e fique por dentro das novidades: