Bento XVI faz apelo pela Paz no Oriente Médio

O Santo Padre  chamou israelenses e palestinos a procurarem uma solução que leve à paz e à reconciliação ante o conflito que há vários dias aflige a Franja da Gaza, onde 145 pessoas morreram, entre elas 31 crianças,  outras centenas resultaram feridas.

Na audiência geral desta quarta-feira no Vaticano, o Santo Padre disse:

“Acompanho com grave preocupação o agravar-se da violência entre israelenses e palestinos da Faixa de Gaza. Além disso, encorajo as iniciativas e os esforços daqueles que estão buscando obter uma trégua e promover a negociação. Exorto também as autoridades de ambas as partes a adotarem decisões corajosas em favor da paz e a colocarem fim a um conflito com repercussões negativas em toda a região médio-oriental, martirizada por demasiados confrontos e necessitada de paz e de reconciliação”.

Durante a semana, não cessaram os ataques aéreos israelenses sobre Gaza no chamado “Pilar Defensivo” e os foguetes do exército do grupo palestino Hamas sobre território israelense.

Até o momento, 5 israelenses perderam a vida durante o conflito. O resto de falecidos são palestinos da Franja da Gaza. Um cristão ortodoxo também morreu por causa dos bombardeios.

Esta manhã em Tel Aviv (Israel), 23 pessoas resultaram feridas depois da explosão de um ônibus. Segundo o jornal Jerusalem Post, o porta-voz do premiê israelense confirmou que se tratou de um atentado terrorista do grupo armado Fatah, o Movimento Nacional de Liberação da Palestina.

O atentado ocorreu em uma das ruas mais centrais da cidade. O ônibus ficou totalmente incinerado e os feridos foram transladados a um hospital próximo. Um deles se encontra em estado grave.

Enquanto isso, segundo informou a agência Reuters, o porta-voz do Movimento de Resistência Islâmica (Hamas), Sami Abu Zuhri, “louvou o ataque”.

“As facções palestinas vão recorrer a todas as vias para proteger a nossos civis palestinos, devido à falta de uma iniciativa internacional para pôr fim à agressão israelense”, disse Zuhri.

Os enfrentamentos levaram a que a Secretária de Estado dos Estados Unidos, Hilary Clinton, viajasse a Israel para dialogar com o Primeiro-ministro do país, Benjamim Netanyahu, e hoje se reuniu com o Presidente da Autoridade Nacional a Palestina, Abu Mazen, em Ramallah (Cisjordânia).

Antes de voltar para os Estados Unidos, está previsto que Clinton faça uma visita ao Cairo, para reunir-se com Presidente do Egito, Mohamed Morsi, quem se converteu no principal mediador das negociações no conflito.

Um dos fatos que agravou ainda mais o conflito foi o ataque israelense hoje cerca de uma centena de alvos em Gaza, incluindo o Ministério de Segurança Interna do Hamas e um edifício que abriga escritórios de meios de comunicação internacionais.

Em seu clamor de hoje por um cessar fogo na região, o Papa Bento XVI disse:

“Além de rezar pelas vítimas e por aqueles que sofrem, sinto o dever de reiterar mais uma vez que o ódio e a violência não são a solução dos problemas”.

Siga-nos e fique por dentro das novidades:
  

Começa hoje o Ano da Fé. Mas você sabe o que é isso?

Hoje dia 11 de outubro inicia-se para os católicos de todo mundo o Ano da fé. Até o dia 11 de outubro de 2012, os fieis neste período, devem conhecer, experimentar e praticar a fé no seu dia a dia, fazendo com que o Cristo que existe dentro de nós possa brilhar para aqueles que não conhecem esta fé.

A proposta do Santo Padre é que ao final deste ano, os católicos tenham convicção da sua fé e não sejam mais como “a palha que é espalhada pelo vento”. Para nós este é um grande desafio, pois ainda que sejamos a maior nação católica do mundo, sabemos que muitos se dizem católicos por uma série de motivos, não vivem a fé de fato, mas uma mistura de crenças e sortilégios que nada agregam a fé que a Igreja Católica Apostólica Romana nos ensina. Bem sabemos o quanto esta fé professada com a boca e não com o coração é prejudicial a Igreja Católica Apostólica Romana.

As dificuldades para essa empreitada são muitas: o secularismo que minimiza a fé dos homens, a grande mídia que mostra valores diferentes aos valores de Cristo, o grande número de religiões e seitas que aparecem a cada dia com um discurso fundamentalista e enganador, além da própria luta interior de cada ser humano em renunciar a si mesmo e seguir ao Senhor Jesus.

Mas justamente por enxergarmos tantas dificuldades, é de se admirar a coragem e a ousadia de Bento XVI em propor algo assim para todos os católicos. Além do árduo trabalho, o Papa espera um que ao final deste trabalho, tenhamos grandes avanços da fé dos católicos. Diante de tantas propostas, o Papa nos dá uma oportunidade de olharmos para a fé que dizemos professar. Isto é uma oportunidade incrível!

É importante ressaltar que este ano da fé, não é propriamente um ano para grandes empreitadas de evangelização, mas grandes empreitadas de catequese. É natural que grandes eventos de evangelização aconteçam, pois evangelizar é um ato contínuo, mas a prioridade deste ano é fazer com que aquele católico que já tem certa caminhada e já frequenta as atividades paroquiais com certa regularidade, possa parar e se aprofundar naquilo que diz crer e passe a viver de acordo com a fé que diz professar.

Graças a Deus, devido aos grandes eventos de evangelização, muita gente já conhece Jesus e já iniciou um caminho de conversão. Porém agora é o momento da Igreja trabalhar a fé destas pessoas, cuidar da sua afetividade e ensiná-las a viver um catolicismo maduro e consistente. Hoje é tempo de clamar a Deus pelos grandes pastores da nossa Igreja. E quando falo pastores não falo apenas dos sacerdotes, mas daqueles católicos que tem a capacidade de acolher as novas ovelhas e prepará-las para serem cristãos maduros na fé.

Nós da equipe do Dominus Vobiscum estamos felizes com a oportunidade de viver junto com os amigos leitores deste blog esta empreitada catequética. Esperamos de verdade que este blog lhe ajude a crescer na fé. Afinal de contas, esta é a nossa missão!

Pax Domini!

Siga-nos e fique por dentro das novidades:
  

Nova Evangelização e Jornada Missionária Mundial: Intenções do Santo Padre para Outubro!

O Vatican Information Service deu a conhecer hoje que nas intenções do Papa Bento XVI para o mês de outubro estão a Nova Evangelização e a Jornada Missionária Mundial.

A intenção geral do apostolado da oração do Papa para o mês de outubro é: “Para o desenvolvimento e progresso da Nova Evangelização nos países de antiga tradição cristã“.

Sua intenção missionária é: “Para que a celebração da Jornada Missionária Mundial seja ocasião de um renovado empenho na evangelização“.

 

Fonte: acidigital.com

Papa Bento XVI recorda São Boaventura na Catequese de hoje!

No encontro de hoje com os fiéis, o Papa Bento XVI, falou sobre a liturgia deste domingo relembrando nas leituras, o santo do dia: São Boaventura, Doutor da Igreja e franciscano.

O Papa lembrou que Boaventura relatava que o que ele mais admirava na vida de São Francisco era que a sua vida lembrava o modo de viver dos princípios da Igreja. “O que faz pensar no Evangelho deste domingo, e no envio que Jesus faz dos seus Apóstolos, em missão, dois a dois, de maneira pobre, austera, sem saco nem provisões. Francisco de Assis, depois da sua conversão, praticou à letra este Evangelho, tornando-se testemunha fidelíssimo de Jesus. Associado de modo singular ao mistério da Cruz, foi transformado num ‘outro Cristo’, como o apresenta São Boaventura”.

Bento XVI destacou que, “toda a vida de São Boaventura, como também a sua teologia, têm como centro inspirador Jesus Cristo”, que é o ponto de destaque na leitura de hoje, na Carta de São Paulo aos Efésios.

“Este hino paulino contém a visão da história que São Boaventura contribuiu a difundir na Igreja: toda a história tem como centro Cristo, o qual garante também novidade e renovação a cada época”. O Papa finaliza reafirmando a verdade de que através de Jesus, Deus comunicou e nos proporcionou tudo. Há ai um tesouro inesgotável, o Espírito Santo jamais termina a sua revelação e sua atualização, e por conta disto, a verdade expressa em Cristo e na Igreja sempre se atualizam e avançam a cada dia mais e mais.

Como de costume o Papa saudou os fiéis de língua  portuguesa: “Dirijo agora uma saudação especial para os peregrinos de língua portuguesa, nomeadamente para os fiéis da Paróquia São José, de Bragança Paulista e para o grupo de Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus, acompanhadas de professores de escolas brasileiras. Agradecido pela amizade e orações, sobre todos invoco os dons do Espírito Santo para serem verdadeiras testemunhas de Cristo no meio das respectivas famílias e comunidades, que de coração abençoo.”

Siga-nos e fique por dentro das novidades:
  

Notícia:: Bento XVI afirma que a unidade requer conversão

Da Rádio Vaticana

Nesta quarta-feira, o Papa recebeu na Sala Paulo VI fiéis e peregrinos para a Audiência Geral. Em sua catequese, Bento XVI falou sobre o início a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos no hemisfério norte. No Brasil, esta semana se celebra entre Ascensão e Pentecostes.

Esta Semana, recordou o Pontífice, é promovida há mais de um século e é celebrada por todas as Igrejas e comunidades eclesiais, para invocar o dom extraordinário da unidade que Jesus fez na Última Ceia, e animar a oração como primeiro caminho que conduz à plena comunhão.

O tema deste ano, destacou o Papa, “Todos seremos transformados pela vitória de Jesus Cristo, Nosso Senhor”, ressalta a importância da fé cristã em meio a provações e dificuldades, com relação ao dom total operado por Jesus no Mistério Pascal.

A unidade requer uma conversão. “Não se trata simplesmente de cordialidade e cooperação, explicou o Pontífice, é necessário reforçar a fé em Deus, o Deus de Jesus Cristo, que se fez um de nós; é necessário entrar numa nova vida; abrir-se aos demais, acolhendo os elementos da unidade que o Senhor oferece; e testemunhar o Deus vivo, que se fez conhecer em seu filho.”

Ouça o Santo Papa falando aos fiéis de língua portuguesa:

Siga-nos e fique por dentro das novidades:

  

Ora tanto pelas pessoas pérfidas como pelas fervorosas

Do Evangelho Quotidiano

Em verdade, em verdade vos digo, não é o servo mais do que o seu Senhor, nem o enviado mais do que aquele que o envia. Uma vez que sabeis isto, sereis felizes se o puserdes em prática. Não me refiro a todos vós. Eu bem sei quem escolhi, e há-de cumprir-se a Escritura: Aquele que come do meu pão levantou contra mim o calcanhar. Desde já vo-lo digo, antes que isso aconteça, para que, quando acontecer, acrediteis que Eu sou. Em verdade, em verdade vos digo: quem receber aquele que Eu enviar é a mim que recebe, e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou. (S. João 13,16-20).

Comentário do Evangelho feito por Santo [Padre] Pio de Pietrelcina, capuchinho

Depois do amor a Nosso Senhor, recomendo-te o amor à Igreja, Sua Esposa. Ela é de algum modo a pomba que incuba e faz nascer os pequeninos do Esposo. Dá sempre graças a Deus por seres filha da Igreja, a exemplo de um tão grande número de almas que nos precederam nesta via bem-aventurada. Tem muita compaixão por todos os pastores, pregadores e guias espirituais, espalhados por toda a superfície da terra. […] Reza a Deus por eles, para que, sendo eles próprios salvos, sejam produtivos e facilitem a salvação das almas.Ora tanto pelas pessoas pérfidas como pelas fervorosas, ora pelo Santo Padre, por todas as necessidades espirituais e temporais da Igreja; porque é ela a nossa mãe. Faz também uma oração especial por todos os que trabalham para a salvação das almas, para glória do Pai.

Siga-nos e fique por dentro das novidades: