O que é ideologia?

Hoje muito se fala sobre direita, esquerda, conservadorismo, progressismo, feminismo, racismo e tantos outros segmentos sociais e políticos. Antes que você se identifique a qualquer um deles, é importante você conhecer o que tem motivado tanta gente a se ligar tantos movimentos e pensamentos: a ideologia.

Na minha opinião, essa foi uma das mais perversas criações da humanidade (quem sabe até do demônio) para nos destruir. Depois do surgimento do termo ideologia, todo processo social, político e econômico pelo qual a humanidade passou jamais foi o mesmo. A cada dia que passa vemos mais pessoas agindo, de forma até irracional, em virtude de uma ou de outra ideologia. Como o assunto é complexo, obviamente não tenho que falar tudo de uma vez só. Estaria sendo leviano com você. Por isso esse é o primeiro de uma série de textos. Se você chegou a esse blog através desse texto, veja os outros posteriormente..

A origem do termo ideologia

Segundo Russel Kirk em seu livro “A política da Prudência” o termo ideologia foi criado por Antoine-Louis-Claude Destutt deTracy. Este foi o autor de Les Elements d’Idéologie (Os Elementos da Ideologia), Na época, Destutt de Tracy desejava uma grande reforma educacional fundamentada no que ele chamava de ciência das ideias.

Este primeiro ideólogo e seus discípulos, rejeitavam a religião e a metafísica e acreditavam que poderiam encontrar um sistema de leis naturais, que se obedecidos se transformariam no grande fundamento da harmonia e do contentamento universal. Para tornar esse pensamento mais claro ao leitor, eles acreditavam que a humanidade – e não Deus – é quem conseguiria resolver todos os problemas da sociedade. Segundo o ideólogo, Deus e qualquer outra entidade metafísica (ou seja, que não habitasse dentro do plano físico ao qual estamos submetidos), não teria poder algum sobre nós e que nós, seres humanos, é quem teríamos poderes para transformar a terra em um paraíso.

Acreditavam também que o conhecimento sistematizado, aperfeiçoaram a sociedade por meio de métodos éticos e educacionais, bem como de uma direção política bem organizada.

John Adams chamava a ideologia de “A Ciência dos Idiotas”, no entanto assim como nos tempos atuais, a postura do ideólogo virou uma espécie de “modinha” entre os intelectuais da época. No geral, segundo Kirk, os ideólogos eram inimigos da tradição, dos costumes, das convenções, dos usos e dos antigos estatutos.

No século XIX, uma figura muito incomum acabou tornando a ideologia um elemento ainda mais complexo de se tratar: Karl Marx. Inicialmente Marx aparece contestando conceitos dos próprios ideólogos ao dizer que uma ideia mais é do que a expressão de um interesse de classe, definidos em relação à produção econômica.

No entanto, ao questionar o conceito dos ideólogos, Marx cria para si, sua própria ideologia, para avançar com seus projetos revolucionários.

Mais adiante falarei mais sobre Karl Marx e os males que ele causou à sociedade moderna e contemporânea bem como as religiões de cunho cristão.

Por hora, é importante que tenhamos em mente que a ideologia se opõe a tudo aquilo que pode ser considerado metafísico. Além disso, como veremos mais adiante, a ideologia é uma luta para defender um ideal imaginário que muitas vezes não se sustenta por si mesmo, e que para que isso aconteça, o ideólogo esquece tudo que tem e que preza em prol do seu ideal. E isso é muito perigoso!

É bom estar de volta!

Dominus Vobiscum

2 comentários sobre “O que é ideologia?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s