Vem aí o programa Dominus Vobiscum – Estreia dia 1º de fevereiro.

Quando você ver esta imagem saberá que tem programa novo na área. Programa Dominus Vobiscum - Toda segunda feira na Webradio Coração de Mãe. Não deixe de ouvir!

Quando você ver esta imagem saberá que tem programa novo na área. Programa Dominus Vobiscum – Toda segunda feira na Webradio Coração de Mãe. Não deixe de ouvir!

Depois de muito tempo estamos de volta com o programa Dominus Vobiscum. E com uma novidade: A partir do dia 1º de fevereiro, o programa vai ao ar não apenas aqui no blog, mas também pela webrádio Coração de Mãe – Uma rádio muito legal criada pelo meu amigo Alexandre Batista – Todas às segundas feiras às 20h30m. Mas se você perder o programa, não tem problema. Ele será disponibilizado aqui e ficará disponível para você ouvir também.

A parceria entre eu Alexandre Batista é antiga: Estudávamos juntos, a nossa conversão foi quase no mesmo período, participamos do mesmo grupo de crisma e posteriormente do grupo Jesus Nosso Rei no Janga… Depois cada um seguiu seu rumo, mas sempre servindo ao mesmo Deus. Agora aos poucos a missão vai nos unindo novamente.

Alexandre é o gordinho de amarelo. Eu o gordinho de vermelho. O do meio... bom deixa pra lá! rsss

Alexandre é o gordinho de amarelo. Eu o gordinho de vermelho. O sujeito do meio… bom deixa pra lá! É gente boa também!rsss

Ele começou a webradio Coração de Mãe sem grandes pretensões. Mas a rádio está crescendo, e ganhou vários parceiros e amigos como Laércio Oliveira, Padre João Carlos, Ana Paula Zeca, DJ Alê do Renovamix e uma série de cantores da região metropolitana do Recife.

E se você pensa que o Blog Dominus Vobiscum está chegando agora na Coração de Mãe você se engana. Já faz um tempo que ele disponibiliza para o seu público o Santo Terço que gravamos aqui. Na webrádio Coração de Mãe o terço vai ao ar todos os dias às 5h30m da manhã e as 18h30m – Horário de Recife.

Portanto você que gosta do nosso blog e do nosso ministério, sinta-se convidado desde já a ouvir a webradio Coração de Mãe. Óbvio que como ela está começando agora, ainda tem muito que melhorar, mas acredite: é uma webrádio que tem tudo para ser a preferida do seu dia a dia. E com a sua audiência,  sua ajuda e participação, esta rádio vai longe e vai ajudar muita gente a encontrar com o Senhor.

Para acessar o site da Webrádio Coração de Mãe clique aqui.
Mas se quiser ouvir diretamente a webrádio, clique aqui.
Você também  pode seguir a webrado Coração de Mãe no facebook.

Enfim, é mais um canal de evangelização que se abre e que vale a pena ser divulgado. Quanto ao programa, peço a sua audiência todas as segundas às 20h30. Combinado?

Dominus Vobiscum

V Jornada vocacional de Fortaleza espera receber 8.000 pessoas

Apresentações musicais, testemunhos vocacionais, tira-dúvidas, momentos de formação, realização da III Amostra Vocacional e Celebração Eucarística.

Estas serão as principais atividades da V Jornada Vocacional da Arquidiocese de Fortaleza que acontecerá dia 31 de agosto no Colégio Juvenal de Carvalho (Av. João Pessoa, 4279, Damas) das 9h às 17h, com entrada franca. Neste ano, a expectativa é de receber oito mil pessoas.

O mês de agosto na Igreja do Brasil é dedicado às vocações. “Dentre as várias atividades realizadas neste mês para promover o despertar de novas vocações, a Jornada Vocacional é o coroamento de todos os esforços”, diz Pe. Rafhael Maciel, Reitor do Seminário Propedêutico da Arquidiocese de Fortaleza e responsável pela Pastoral Vocacional.

A Jornada conta também com a III Amostra Vocacional, “que objetiva dar maior visibilidade à manifestação carismática do Espírito Santo na Igreja, em nossa Arquidiocese de Fortaleza, da qual fazem parte diversas expressões eclesiais”, explica o Reitor.

A programação musical ficará por conta da Banda Missionário Shalom, Comunidade Recado, Comunidade Canção Nova, Irmã Kelly Patrícia e direto do Rio de Janeiro, o cantor Cosme. A entrada é gratuita para todas as atividades.

Para os jovens interessados em mais informações, basta acessar o site da Pastoral Vocacional: http://pastoralvocacionalfor.blogspot.com.br/.

Papa Francisco reza em cemitério de bebês abortados…

papa-cementerio-nonatos--644x362

Foto: AFP – Site http://www.abc.es

“Taeahdongsan”. Um lindo jardim onde se pode ver uma estátua da Sagrada Família. Seria um belo cenário bucólico se não houve um detalhe triste: A imagem está rodeada de centenas cruzes de madeira brancas que representam os não-nascidos, ou seja, um cemitério de seres humanos abortados. Foi neste lugar que o Papa Francisco orou em silêncio neste sábado, em sua visita a Coréia do Sul.

A Coreia do Sul tem uma alta taxa de abortos, e segundo os últimos dados oficiais divulgados em 2005, foram praticadas 340 mil interrupções voluntárias da gravidez contra 440 mil nascimentos. A lei sul-coreana do aborto estabelece regras para a interrupção da gravidez, como estupro, incesto, perigo para a saúde da mãe e doenças hereditárias, e limita o procedimento até 24 semanas de gestação. Mas assim como no Brasil, raramente a lei para pune quem pratica o aborto.

Infelizmente a Coréia do Sul tem políticas de redução da taxa de fertilidade para combater a superpopulação, implantadas na década de 60 pelo governo.

Até onde procurei, não encontrei nenhum pronunciamento do Santo Padre com relação a este trecho da visita, porém diante da imagem que vemos quem precisa de palavras?

Qualquer ser humano que defenda a vida desde a sua concepção não tem como não se emocionar diante de um cenário triste e lamentável: centenas de túmulos de crianças que nem chegaram a nascer. E como não seriam seres humanos aqueles que foram enterrados?

É fato que poucos sites jornalísticos noticiaram a visita (talvez influenciados pelo capital dos abortistas ou pela ideologia da morte). Mas mesmo assim, imagens como estas correm o mundo, sobretudo pela internet, e mostram o comprometimento da Igreja Católica Apostólica Romana com a vida desde a sua concepção.

Quanto a nós brasileiros, cabe lutar (e lutar muito!) para que em um futuro próximo não tenhamos vários cemitérios de fetos, como o “Taeahdongsan” (haja vista que nosso governo atual é comprometidamente participativo da cultura da morte).

Pax Domini

Mais um serviço do Dominus Vobiscum para você: Agora você acompanha notícias diárias de Roma! Veja como…

radio-vaticana

Veja o modelo, clique no play que está no lado direito do blog!

Embora o Dominus Vobiscum tenha parceria com diversas rádios católicas, sempre houve uma que me tocasse mais que todas o nosso coração: A Rádio Vaticana – A Rádio do Papa.

A rádio que como o nome diz, tem sede no Vaticano, traz boletins diários em diversas línguas para que os católicos de todo o mundo saibam dos principais acontecimentos da Igreja, “direto da fonte”. Assim todos os dias, já pela manhã, você já fica sabendo de notícias “fresquinhas” do Papa Francisco e dos principais assuntos veiculados “nella patria dei cristiani: il Vaticano. E o melhor: em Português!

Para mim isso se constitui em um alívio enorme de trabalho, haja visto que eu sempre trouxe notícias do Papa aqui no blog, mas devido a falta de tempo não estava mais fazendo isso. Agora graças a mais este serviço, você terá acesso a tudo que acontece no Vaticano com a velocidade que eu nunca poderia proporcionar. Legal não é mesmo?

Agora por exemplo, todos os dias você tem um resumo da visita do Santo Padre a Coréia do Sul, de forma simples e de fácil entendimento. Acesse!

Como fazer:

É muito simples. Localize o link na lateral direita do blog o botão (vide a foto ao lado). Basta clicar no play e automaticamente uma página abrirá para que você fique escute o boletim da Rádio Vaticana.

Fácil não é mesmo? Agora você não pode dizer que está desinformado! Pax Domini

Eleições: CNBB oferece dicas importantes para os eleitores católicos!

1d77059d0d8adeb2ceccdbc07bdc73c2_XL

O site Zenit.org publicou um artigo que para mim é bastante interessante. Segundo ele a Regional Leste 1 da CNBB publicou um folder com 10 dicas para essas eleições, intitulado “Vote certo. Vote bem. Somos responsáveis pelo futuro do nosso país”. Eu achei as indicações bastante pertinentes. Analisando-as, percebi que são coerentes com a fé católica e com tudo aquilo pelo que temos lutado e divulgado aqui no blog quanto a fé e política. Óbvio que a CNBB neste folder não se mostra abertamente contra nenhum partido. Mas é aquela história: Quem tem ouvidos para ouvir, que ouça. Diante da “cristianofobia” que vivemos hoje, sabedoria, prudência e caldo de galinha não fazem mal a ninguém.

Na minha opinião pessoal, se a CNBB deu uma baita bola fora emitindo há uns meses atrás um documento pedindo uma reforma política urgente (que corroborava com os desejos petistas de usurpar o poder no Brasil), mas desta vez, preciso reconhecer que o artigo foi bastante feliz. Se me permitem uma pequena crítica, penso que as dicas poderiam ser melhor arranjadas quanto a sua ordem. Mas ainda assim penso que são válidas. Abaixo, mostro na íntegra os pontos levantados pela Conferência dos Bispos do Brasil – Regional Leste 1 (os grifos são meus):

Publicamos abaixo essas recomendações para os eleitores nas eleições de outubro de 2014:

1- Votar é um exercício importante de cidadania; por isso, não deixe de participar das eleições. Seu voto contribui para definir a vida política de nosso país.

2- Verifique se os candidatos estão comprometidos com a superação da pobreza, com a educação, saúde, moradia, saneamento básico, respeito à vida e ao meio ambiente.

3- Veja se seus candidatos estão comprometidos com a justiça, segurança, combate à violência, dignidade da pessoa, respeito pleno pela vida humana desde a sua concepção até a morte natural.

4- Observe se os candidatos representam o interesse apenas de seu grupo ou partido e se pretendem promover políticas que beneficiam a todos. O bom governante governa para todos.

5- Dê o seu voto apenas a candidatos com “ficha limpa”. O homem público deve ter honestidade (idoneidade moral).

6- Fique atento à prática de corrupção eleitoral, ao abuso de poder econômico, à compra de votos. Voto não é mercadoria.

7- Procure conhecer os candidatos, sua conduta, suas ideias e seus partidos. Voto não é troca de favores.

8- Vote em candidatos que respeitem a liberdade religiosa e de consciência, garantindo o ensino religioso confessional e plural.

9- Escolha candidatos que promovam e defendam a família, segundo sua identidade natural conforme o plano de Deus.

10 – Acompanhe os políticos depois das eleições, para cobrar deles o cumprimento das promessas de campanha e apoiar suas ações políticas e administrativas.

Quem acessa meu blog, meu facebook e meu twitter sabe que eu há muito tempo tenho advertido os meus leitores para o perigo do socialismo a frente do nosso país. Eu digo e reafirmo: O Brasileiro continua arriscando muito em deixar os petistas a frente do nosso país, e podemos pagar caro por isso um dia. Porém eu sei que o grande problema do Brasil não é político apenas: É também um problema moral, haja vista que políticos honestos e comprometidos com os valores que trazemos são “moscas brancas”. Mas não podemos desanimar! Para que este quadro mude, é preciso pesquisar muito e votar certo!

Este ano eu estou bastante esperançoso de que o nosso povo finalmente mude o quadro e comece a virar esta mesa. Será bom para a nossa fé, as nossas famílias, as nossas crianças e para a sociedade de um modo geral. Parabenizo a CNBB por este documento e peço que continuem seguindo a linha da defesa da vida, das famílias, da liberdade religiosa e de uma sociedade mais digna. Porém tudo depende do brasileiro aprender a votar corretamente. E para isso, toda ajuda é muito válida!

Pax Domini

Nos acréscimos finais: Confirmada a nossa participação no CONACAT

10517706_1457869794472194_705623168014822402_n

Uma notícia muito bacana: O blog Dominus Vobiscum terá a alegria e a honra de ser representado do I CONACAT. O convite surgiu do Wagner Moura, criador do evento e a participação foi meio que combinada aos 45 minutos do segundo tempo, quase na prorrogação. Eu que já estava inscrito como participante do encontro, fiquei muito feliz pelo convite. Estou encarando este chamado como uma missão de muita responsabilidade, afinal de contas não é fácil estar em um time com tantas feras! Além do mais falar para pessoas que conhecem comunicação e lidam com ela dia a dia, não é nada fácil! Mas vamos que vamos…

Para quem ainda não sabe, entre os dias 11 e 17 de agosto, a Igreja no Brasil terá o primeiro Congresso Católico online do país: o CONACAT. o evento é gratuito e já possui mais de duas mil inscrições de comunicadores e interessados na área em todo o país.

A ideia que partiu do pedido do Papa Francisco – de que se crie uma cultura do encontro entre os católicos – trará quatro temas essenciais na vida eclesial do século XXI: Comunicação, Arte e Design, Ação Política e Juventude. Durante os dias de encontro, diversos palestrantes conversarão com os internautas abordando temas relacionados a estas áreas.

Entre os palestrantes estão o professor Felipe Aquino – TV Canção Nova, Padre Eduardo Dougherty – TV Século XXI, padre John Wauck, professor da Escola de Comunicação e Igreja, da Universidade de Santa Cruz (Pontificia Università della Santa Croce), Roma (PUSC-Roma) e presidente do Comitê Organizador do Seminário “The Church Up Close: Convering Catholicsm in the Age of Francis” (A Igreja em foco: Cobrindo o catolicismo na era Francisco”) e padre Joãozinho (SCJ).

Ainda terei a alegria de viver este momento com alguns amigos (reais e virtuais) que fiz ao longo do tempo como Michel Pagliossi, Tiba Camargos, Viviane Varela, Maite Tosta, Victor David, Jorge Ferraz e outros. Será uma semana de partilha,  crescimento espiritual e, porque não dizer, profissional.

O CONACAT também conta com o apoio do vice-presidente da CNBB, dom José Belisário da Silva que em vídeo-convite divulgado nas redes sociais do evento disse:

“Esse será um congresso muito importante, com temas de interesse para todos que trabalham com a evangelização. Eu aconselho os que puderem a participar!” ( Dom José Belisário da Silva – Vice-Presidente da CNBB)

Inscreva-se e participe do I CONACAT. Ainda dá tempo! Clique aqui.

Como alguns de vocês sabem, além de blogueiro eu trabalho como designer gráfico, designer para mídias digitais e técnico de edição de videotape (com conhecimento como cinegrafista e diretor de programas). Atualmente tenho uma microempresa chamada Cadu Ideias onde atendo clientes em todo o Brasil. Em breve iremos iniciar também o trabalho com vídeo (gravação, edição e direção de videoclipes) sobretudo com católicos. Aguardem…

No CONACAT a minha participação vai se dar justamente como designer gráfico onde quero trazer algumas dicas para quem trabalha com a criação de material gráfico em suas paróquias, movimentos e pastorais.

10275436_10204173444677139_5398637073634545410_o

Imagens dos momentos que que antecederam a gravação: Com o casal Samuel Vilela e Ana Pontes. Obrigado pela ajuda!

Penso que estas informações são bem interessantes: Quais os principais cuidados que devemos ter, antes, durante e depois do trabalho de criação de cada peça. Será um bate-papo descontraído que poderá ajudar aos participantes do evento, sobretudo àqueles que trabalham na área mas não são profissionais do design. Segundo o Wagner Moura, a palestra está programada para o dia 11 de agosto às 14h00.  Desde já peço as suas orações!

Desde já quero agradeço muito a oportunidade e o convite. Espero corresponder as expectativas e ajudar de alguma forma. Quero aproveitar também para agradecer toda a equipe que me ajudou a preparar este projeto: Ao amigo Samuel Vilela que além de grande músico, foi o cinegrafista da palestra; A Amanda Bettoni (minha esposa querida) e a amiga Ana Pontes que ajudaram na produção e na organização do cenário, e por fim a querida irmã Suellen Vilela que me ajudou a desvendar os segredos do Vegas 11 (rapaz nunca tinha editado com esse programa. Premiere dá de 10 a 0 no quesito praticidade. Se não fosse a Suellen…). É aquela história: Quem tem amigo não passa aperto!

10424354_10204173446917195_8236938992148842505_n

A famosa selfie após a gravação da palestra: Eu, Suellen Vilela e minha esposa Amanda Bettoni.

Agora resta aguardar o dia 11 para participar deste Congresso que tem tudo para ser o assunto mais comentado da semana. Desde já peço as suas orações e aviso: Ainda dá tempo para se inscrever no encontro. Participe!

Inscreva-se e participe do I CONACAT. Clique aqui.

Acabou o recreio da missa: Papa Francisco proíbe canto da paz e outras baguncinhas…

abraço da paz

Eita que essa baguncinha do recreio está com os dias contados!

Papa Francisco manda um recado aos que achavam que ele iria “inovar” e “modernizar” a Igreja: Aqui não é, não foi, e jamais será uma democracia. Aqui a voz do povo não é a voz de Deus. Tudo bem que ele não disse isso com estas palavras que eu usei, mas disse com um grande gesto concreto: Através da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos chega para todos os católicos um novo documento: O SIGNIFICADO RITUAL DO DOM DA PAZ NA MISSA.

Neste documento, a Igreja deseja ensinar o correto significado do dom da paz na missa e a forma correta de o fazê-lo. Resumidamente a Igreja através desta carta, quer alertar os católicos de que momento da paz não é a hora do recreio na missa, onde é permitida a baguncinha, onde todo mundo pode romper o silêncio, sair dando abracinhos, beijinhos, e colocando o papo em dia. Também não é a hora de tocar aquela musiquinha animada da paz dizendo que você é importante, e que é muito bom você estar aqui. E muito menos o momento do padre abandonar o altar e bancar o padre peregrino que não descansa até cumprimentar o último fiel presente.

Antes de qualquer coisa é preciso que eu diga que um dia eu também já fiz isso. Quando toco em uma missa e o padre pede para cantar a paz, tenho que cantar, muito embora não ache correto. Já faz um tempo que tenho me dedicado a estudar a Santa Liturgia e agora tento não errar mais. Errei muito mais por falta de conhecimento do que por desobediência à liturgia. Mas graças a Deus agora temos um documento que podemos apresentar aos sacerdotes peregrinos. Se eles se recusarem a obedecer ai é problema deles com a Igreja e com Deus. Nosso papel é instruir, informar, ensinar mas acima de tudo obedecer. Agora só fica a pergunta: Como o padre pode pedir obediência aos fieis, se nem ele mesmo obedece? Como o padre pode ensinar aos fieis a fazer aquilo que Deus ensina, se os padres não obedecem a Igreja e fazem tudo que lhe dá na telha?

O momento da paz está inserido no Rito Eucarístico, um momento profundo onde o silêncio e a oração se fazem presentes. Portanto o momento da paz é simples: De maneira discreta e profunda, deseje a PAZ DE CRISTO a pessoa que está do lado esquerdo e direito. Feito isso, segue o rito. Nada de ficar acenando a mão para a aquele seu amigo que está do outro lado da igreja. Segundo o Papa Francisco e a Congregação para o Culto Divino #TheZueirasEnd.

Agora vem a missão de quem é realmente católico: Obedecer e ensinar aos outros irmãos. Não cabe a nós dar jeitinhos, adaptar a ordem, inventar uma nova dinâmica, pensar em um novo jeito… Enfim, não cabe a nós a desobediência. Aos padres, cabe a missão de reunir e ensinar os fieis. É lógico que isso não vai mudar da noite para o dia. É uma mudança de mentalidade onde os fieis adeptos da “baguncinha do recreio” vão reclamar, fazer birra, beicinho… Mas é preciso mais do que nunca se fazer cumprir esta ordem que não é minha, mas da Igreja.

Para os que desejam saber mais, preparei um PDF com a carta traduzida para o português pelo site Apologistas Católicos se desejar, O clique, imprima, informe ao seu sacerdote. BAIXE A CARTA CLICANDO AQUI. Vai que de repente ele não está sabendo… Agora é com você!

E se caso algum irmão que acessa este blog não tenha gostado daquilo que escrevi acima, vai um recado importante: Eu sou católico, nasci, cresci e devo muito da minha fé a Renovação Carismática Católica. Mas hoje eu tenho a compreensão de que não podemos transformar a missa em um grupo de oração. Da mesma forma com os outros movimentos e pastorais. A Santa Missa está acima de todos nós.

Pax Domini

Leia também: Os brutos também evangelizam. E nem adianta “mi, mi, mi”…

Governo ameaçou tirar o Cristo Redentor da tutela da Igreja. Jornalista afirma que Marta Suplicy está envolvida no rolo. Entenda…

cristo-redentor--rosto_6869_1600x1200

Antes de ser um ícone do Rio de Janeiro, a estátua do Cristo Redentor é um ícone da Fé Católica!

Olá pessoal! Queria ter postado este texto ontem, mas não deu. É que realmente a minha sexta feira muito corrida. Antes tarde do que nunca. É que não posso deixar passar batida mais esta investida do Governo contra a Igreja Católica Apostólica Romana.

O fato é que Marta Suplicy aparece mais uma vez em uma polêmica contra a Igreja Católica. Como se não bastassem as asneiras anteriores na vida pública (se é que se pode chamar assim) agora ela resolveu atacar o Cristo Redentor. Explico…

A polêmica começou quando a Arquidiocese do Rio de Janeiro não permitiu a exibição do Cristo no filme “Inútil Paisagem” uma das dez partes do filme “Rio, eu te amo” do Diretor José Padilha. A atitude da Igreja não foi digerida pelos artistas, modernistas e afins, que acharam um absurdo esta proibição. Chacotas como Igreja antiquada, caduca, arbitrária foram proferidas por diversas pessoas que se revoltaram, afirmando que o Cristo Redentor pertence ao Rio de Janeiro e não a Igreja.

Antes de falar sobre ação da senhora Marta Suplicy, quero transcrever o diálogo do ator Wagner Moura no filme e este seria o principal motivo da proibição. Leia e tire suas conclusões…

– E ai? Vai me pedir desculpa, não?
Com a Clara você nunca me ajudou, rapaz. É tudo uma mentira.
Esse braço aberto teu é mentira também.
Essa cidade ai é uma mentira.
Já foi la embaixo? Lá embaixo você não vai, né?
Lá embaixo não tem amor, né?
Ai você fica ai.
A policia matando as pessoas.
Quando chove alaga a p***a toda, todo mundo morre.
As crianças sem escola.
Mas aqui em cima é melhor, né? de ver, né?
Quer saber de uma coisa? eu vou embora.
Cidade maravilhosa é o c***lho.
Ai o ator termina a cena dando uma “banana” para o Cristo.

wagner_moura__rio_eu_te_amo

Foto do jornal O Globo, onde o ator Wagner Moura aparece durante as gravações do filme “A inútil Paisagem”

Voltei! Ora caríssimos, que cristão em sua perfeita sanidade mental iria permitir uma ofensa deste porte ao ícone de sua fé? Qual o católico que iria permitir este tipo de filmagem contra a imagem de Nosso Senhor Jesus Cristo? Antes do Cristo Redentor ser um ícone da cidade do Rio de Janeiro, ele é um ícone da Fé Católica. Permitir tal ofensa, é permitir uma ofensa ao povo católico que é a maioria do povo brasileiro.

Se você fosse o arcebispo do Rio de Janeiro você iria permitir uma cena destas? Iria ser conivente com um ultraje a pessoa de Cristo? Eu não sei você, mas se fosse eu, certamente não permitiria. Porém os vermelhinhos acham a coisa mais natural e querem que a Igreja seja permissiva com tal heresia. Faça-me rir! Zoar com o Cristo Redentor tudo bem. Agora vai tirar um sarro com o Deus do PT, o tio Lula! Ai eu quero ver a permissividade! Com o Cristo pode, agora com o barbudo que governou o Brasil e não sabia de nada do mensalão não pode! Faça-me o favor!

Pois bem, agora sim falarei da ministra Marta Suplicy. Ontem o site do jornal o Globo publicou uma matéria usando a informação do Senhor Merval Pereira – colunista do GLOBO e comentarista da CBN e da Globo News – diz que a União quer mudar a tutela do Cristo Redentor que hoje está com a Arquidiocese do Rio de Janeiro. A matéria afirma que nesta sexta-feira, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, fez chegar ao cardeal Dom Orani Tempesta uma ameaça de retirar da Igreja Católica a tutela sobre o monumento. Já haveria, inclusive, um decreto presidencial pronto com esse objetivo. A informação se tornou pública e sinceramente não duvido de jeito nenhum. Ter uma pessoa deste naipe como ministra do meu país me envergonha! Me digam o que esta senhora entende de cultura?

No facebook, milhares de pessoas já receberam alertas do desejo desta senhora em destruir valores cristãos, como por exemplo a família!

No facebook, milhares de pessoas já receberam alertas do desejo desta senhora em destruir valores cristãos, como por exemplo a família!

Por sua vez o que ela tem de fazer ela nunca faz: políticas públicas competentes. É eleita, é chamada para fazer algo de útil para a nação e o que faz? Tumulto, confusão e bagunça. E quem não se lembra do célebre “relaxa e goza”? Agora quando a coisa é com a Igreja Católica Apostólica Romana ai esta senhora tem uma espécie de prazer redobrado em criar confusão. Santa paciência! Algumas matérias dizem que a Cúria voltou atrás e liberou a cena, mas se voltou atrás errou! E se voltou atrás devido a dita ameaça, está mais errada ainda.  Hoje cedo, tanto a Ministra Marta Suplicy como o Cardeal Dom Orani negaram o episódio. Porém se a Igreja voltou atrás e liberou a cena, não seria em virtude de algum tipo de ameaça? Será que preferiram colocar panos quentes e abafar o caso? Bom, isso nunca vamos saber.

Em entrevista o presidente da Comissão de Direito Administrativo da OAB/RJ, Bruno Navega, disse que juridicamente, seria possível que a União, por meio da presidência, mudasse a tutela do Cristo. Seria, segundo o advogado um ato de intervencionismo do governo, em uma ação desproporcional, mas o fato que a possibilidade existe.

Não há interesse público relevante nisso. É um interesse meramente comercial. Estado laico também é para não intervir e prejudicar a Igreja. (Bruno Navega, presidente da Comissão de Direito Administrativo da OAB/RJ)

Em 1925, o autor da estátua, Heitor da Silva Costa, transferiu os direitos autorais do Cristo à Comissão do Monumento ao Cristo Redentor, que foi sucedida pela Ordem Arquidiocesana do Cristo Redentor e pela Mitra Episcopal do Rio. Já a área em que fica o monumento foi cedida pela União à Arquidiocese do Rio na década de 1930. O acesso, porém, é feito pelo Parque Nacional da Tijuca, gerido pelo Instituto Chico Mendes (ICMBio), do governo federal.

Muitas pessoas não sabem, mas em 12 de outubro de 2006 o monumento do Cristo Redentor foi transformado em Santuário. A cerimônia de consagração oficial foi presidida por Dom Eusébio Oscar Scheid, durante missa dos 75 anos do monumento. Dom Eusébio era arcebispo do Rio de Janeiro e hoje é emérito.

05_MHG_CRISTO_CAPELA

A Capela que você vê nesta foto é dedicada a Nossa Senhora Aparecida e está aos pés do Cristo Redentor. Nela acontecem missas frequentes!

Nesta mesma ocasião, a capela, que é dedicada a Nossa Senhora Aparecida, foi também abençoada. Uma imagem da Padroeira do Brasil, que se encontra no interior da capela foi doada pelo Cardeal Dom Raymundo Damasceno de Assis, Arcebispo de Aparecida.

Mas agora fica a pergunta? Você acha que o Cristo Redentor deve ficar sob a tutela do Governo ou da Igreja?

Que Deus abençoe o Brasil e nos livre do mal do socialismo!

Israel e Palestina: Conheça a história e entenda o conflito

Você já deve ter visto, seja na TV ou na Web as pessoas falando sobre o conflito entre Israel e Palestina. Embora este blog seja voltado para catequese, penso que é importante também abordarmos este assunto aqui, até porque nesta região que hoje se encontra em guerra repousam muitos tesouros da Fé Católica. Ali foi o berço da Civilização Cristã.

É importante dizer que na minha opinião (não é a opinião da Igreja, mas a minha opinião pessoal ok?) o que mais torna esta guerra infeliz é fato de ver o lado palestino usando das velhas táticas terroristas para causar pânico e medo. Nenhuma guerra é boa, mas a pior guerra é aquela que se faz com guerrilha, usando seres humanos como escudo. A paz é possível (sempre é graças a Deus) e o Santo Padre tem feito o possível para que isso aconteça, mas acima de tudo é necessário que haja respeito pelas vidas que lá estão, sobretudo a vida de civis, sejam eles católicos, ortodoxos, judeus ou muçulmanos. Logo abaixo trago a história deste conflito e alguns pontos  que você pode conhecer caso deseje.

É importante frisar também que não sou um especialista no assunto, portanto caso você tenha outras informações que possam ajudar os nossos leitores, comente este post. É conversando que agente aprende e cresce!

Entenda a História

Tudo começou há muito tempo atrás, no século III d.C., onde os judeus foram obrigados a deixar sua terra pelos Romanos. Passado algum tempo, o Islamismo iniciou a sua expansão através de várias conquistas: Damasco, em 635; Jerusalém, em 638; Alexandria, em 643; assédios de Constantinopla, em 673 e 717; Cartago, em 698 e, em 711, chegam à Espanha e ali se fixam após as derrotas para os franceses, em 732.

O tempo passou e em 1897, durante o primeiro encontro sionista (que é um movimento internacional judeu), ficou decidido que os judeus retornariam em massa à Terra Santa, em Jerusalém de onde muitos foram expulsos. Imediatamente teve início a emigração para a Palestina, que era o nome da região no final do século XIX.

Quando os judeus começaram a retornar para a terra que era sua (desde sempre diga-se de passagem), a área pertencia ao Império Otomano, onde viviam cerca de 500 mil árabes. Em 1903, 25 mil imigrantes judeus já estavam vivendo entre eles. Em 1914, quando começou a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), já eram mais de 60 mil.

Em 1948, pouco antes da criação do Estado de Israel, os judeus somavam 600 mil.

O Nazismo e a problemática dos judeus

Durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), os nazistas com o desejo de criar uma raça pura, passaram a perseguir os judeus. Por isso o fluxo de imigrantes (e estamos falando de milhões de judeus) se dirigiam à Palestina fugindo das perseguições dos nazistas na Europa. E isto acarretou em um outro problema: Como equacionar esta invasão judaica às terras palestinas?

Em 1947, a ONU tentou solucionar o problema com a criação de um “Estado duplo”: o território seria dividido em dois Estados, um árabe e outro judeu, com Jerusalém como “enclave internacional”. Os judeus aceitaram a proposta. Os árabes não.

As guerras

No dia 14 de maio de 1948, Israel declarou sua independência. Os exércitos de Egito, Jordânia, Síria e Líbano atacaram, mas foram derrotados.

Em 1967, aconteceram os confrontos que mudariam o mapa da região, na chamada “Guerra dos Seis Dias”. Israel derrotou Egito, Síria e Jordânia e conquistou, de uma só vez, toda a Cisjordânia, as Colinas de Golan e Jerusalém Oriental.

Em 1973, Egito e Síria lançaram uma ofensiva contra Israel no feriado de Yom Kippur, o Dia do Perdão, mas foram novamente derrotados.

De lá para cá as guerras não acabaram mais. O fato é que com o apoio de Washington ao longo dos anos, Israel permanece nos territórios ocupados e continua se negando a se retirar de todas as regiões conquistadas durante a Guerra dos Seis Dias, mesmo com toda pressão da ONU.

10363901_10202699816913156_1473663539464590993_n

Desenho de Emerson Oliveira

Cisma Palestino

Em junho de 2007, a Autoridade Nacional Palestina se dividiu, após um ano de confrontos internos violentos entre os partidos Hamas e Fatah que deixaram centenas de mortos. A Faixa de Gaza passou a ser controlada pelo Hamas, partido sunita do Movimento de Resistência Islâmica, e a Cisjordânia se manteve sob o governo do Fatah, do presidente Mahmoud Abbas.

O Hamas havia vencido as eleições legislativas palestinas um ano antes, mas a Autoridade Palestina havia sido pressionada e não permitiu um governo independente por parte do premiê Ismail Hamiya. Abbas declarou estado de emergência e destituiu Hamiya do cargo, mas o Hamas manteve o controle de fato da região de Gaza.

Quem é o Hamas?

O Hamas é considerado como organização terrorista pelo Canadá, União Europeia, Israel, Japão e Estados Unidos A Austrália e o Reino Unido consideram como organização terrorista somente o braço militar da organização – as Brigadas Izz ad-Din al-Qassam.Outros países, como a África do Sul, a Rússia, a Noruega e o Brasil não consideram o Hamas como organização terrorista. Na Jordânia, o Hamas tinha uma presença forte até o final da década de 1990, o que causava atritos entre o governo jordaniano e Israel. O rei Abdullah fechou a sede do Hamas na Jordânia e expulsou seus líderes.

Em maio de 2011, o líder do Hamas Ismail Haniya condenou a operação norte-americana que matou Osama bin Laden, responsável pelos Ataques de 11 de setembro de 2001, denominando bin-Laden de “guerreiro sagrado”, e a operação como um assassinato.

Hamas e Israel

O Hamas preconiza a luta armada contra Israel e seus civis, por todos os meios, visando à formação de um estado independente palestiniano “… desde o Rio Jordão até o mar”. Sua carta de princípios, redigida em 1988, preconiza o estabelecimento de um estado muçulmano na Palestina histórica – incluindo portanto Israel, a Cisjordânia e a Faixa de Gaza.

Em sua carta fundamental, em seus escritos e muitas de suas declarações públicas, o Hamas usa um discurso de ódio contra Israel. Internamente, o grupo mantém uma agenda propagandística que inclui, por exemplo, a transmissão em seu canal de TV, Al-Aksa TV, de programas como o seriado infantil Pioneiros do Amanhã, de conteúdo antiamericano e antissemitismo.

Apesar disso, os dirigentes do Hamas constantemente descrevem o conflito com Israel como político e não religioso ou antissemita. Segundo seu dirigente, Khalid Meshal, a Carta de Princípios da organização “não prega de modo algum a destruição de Israel”. Leia o que o Hamas pensa sobre a resolução para o conflito:

“Não há solução para o problema palestino a não ser pela jihad (guerra santa). Iniciativas de paz, propostas e conferências internacionais são perda de tempo e uma farsa. O povo palestino é muito importante para que se brinque com seu futuro, seus direitos e seu destino. Como consta do Hadith: “O povo de Al-Sha’m é o açoite (de Alá) na Sua terra. Por meio dele, Ele se vinga de quem Ele quer, dentre os Seus servos. Os hipócritas não podem ser superiores aos crentes, e devem morrer em desgraça e aflição.” (Estatuto do Hamas)

Conheça o estatuto do Hamas e veja que nele existe um ódio aos judeus

Uma proposta de cessar-fogo duradouro

Em fevereiro de 2006, o Hamas, através de Khalid Meshal, propôs um cessar-fogo duradouro – tendo sido sugerida uma trégua de 10 a 15 anos – desde que Israel devolvesse os territórios ocupados na Guerra dos Seis Dias, em 1967.

Novos impasses

Em 2010, a tensão voltou a subir. O premiê israelense, Benjamin Netanyahu, decretou a construção de 1.600 novas casas para judeus no setor oriental de Jerusalém, reivindicado pelos palestinos como sua capital. O anúncio causou oposição até de aliados ocidentais de Israel, como os EUA. A Autoridade Palestina considera a ocupação judaica na Cisjordânia e em Jerusalém Oriental o maior impedimento para a paz.

Espero que estas informações sejam úteis para que você conheça e se interesse pelo assunto, e mais que isso: Que possamos rezar muito para o fim desta guerra.  Eu particularmente rezo muito pela paz e peço a Deus pelo fim do terrorismo. Na minha opinião tudo aquilo que coloca a vida de inocentes em risco deve ser erradicado do nosso planeta.

Cristãos chineses enfrentam a polícia e impedem a retirada da cruz em uma Igreja

9c436173jw1eha54dnckhj20ci0m8my6Segundo notícia do ACI Digital, um grupo de cristãos chineses impediu nesta segunda-feira que a polícia retirasse a cruz de uma igreja no condado de Pingyang, na província de Zhejiang (China) que fica na costa ao sul de Xangai e há anos é conhecida como um centro da iniciativa privada.

Mesmo fazendo com que a polícia recuasse, vários fieis acabaram feridos em virtude do conflito que começou na madrugada e durou cerca de duas horas. Embora a igreja tenha sido fechada e diversos cristãos tenham sido agredidos, a cruz permaneceu intacta.

9c436173jw1eha54g96fgj20no0vk77aOs cristãos chineses estão compartilharam as fotos do ocorrido na rede weibo, uma rede social semelhante ao Twitter, que é controlada pelo governo da China. Desde que foi criado, em 2009, a empresa líder do segmento, Sina Weibo , já atraiu mais de 400 milhões de usuários, e esse número está aumentando. O que dificulta o monitoramento de todas as mensagens postadas todos os dias. Nela muitos estão começando a desafiar a censura e falam sobre a perseguição religiosa.

Vale a pena ainda dizer que o governo chinês controla a internet do país e proíbe o acesso a redes sociais ocidentais como Facebook e Twitter.

O grupo cristão ChinaAid recordou que nas últimas semanas as Igrejas desta província receberam a ordem do Governo comunista de demolir os templos ou retirar as cruzes. Eles argumentam que estas ações visam combater as construções ilegais, mas na verdade se trata de mais uma jogada do governo socialista chinês de perseguir os cristãos.

Hoje o país já conta com mais de 65 milhões de cristãos (entre católicos e protestantes) e acredita-se que até 2025 a China já seja o maior país cristão do planeta.