Se calarem a voz dos profetas, as pedras falarão

Os profetas nunca foram bem vistos pelos que desejam o Reino da mentira e da conveniência. Seria diferente hoje em dia?

Na história do povo de Deus os profetas eram homens escolhidos por Ele, para serem canais da manifestação de sua vontade. Durante muito tempo, eles foram instrumentos poderosos e através destes, a glória do Senhor por diversas vezes foi manifestada.

Foi pela boca dos profetas que muitas vezes o povo de Deus retomou a caminhada. Embora os lobos com pele de cordeiro sempre andassem no meio do povo escolhido, quando Deus via que a coisa andava feia, Ele separava um profeta que aparecia para denunciar o pecado e o erro, e assim o povo recomeçava.

Também nos tempos de hoje, o povo de Deus precisa de profetas. E Deus nos tem mandado alguns. E eles não tem se omitido. Até por que Jesus disse: Se estes (seus discípulos) se calarem, clamarão as pedras! (Lc 19,40).

Ontem à noite recebi um email de uma amiga me contando que o Padre Paulo Ricardo de Azevedo Júnior, sacerdote da Diocese de Cuiabá estava sendo alvo de uma suposta carta aberta e que seria assinada pelos padres de Cuiabá, Mato Grosso e região, e virtude do posicionamento do mesmo em diversas questões. Ainda não se sabe quem irá assinar, ou já assinou tal carta, todo caso é sabido que o Padre tem sofrido pressões diversas por parte de alguns movimentos que flertam com o marxismo.

A amiga que me enviou a carta me pediu sigilo, pois ao que me parece a Diocese estaria apurando esse fato, bem como buscando os autores da mesma. Porém hoje cedo vi que o assunto já estava na rede. Alguns blogs de amigos já estavam falando sobre o assunto e por isso resolvi escrever também. Eu não vou transcrever a carta, mas você pode ler a carta aqui. Só peço que faça isso depois de ler este texto e meu pensamento.

Não é de hoje que sabemos que o Padre Paulo Ricardo de Azevedo Junior é um apologeta de primeira linha. Defensor da Fé e da Doutrina Católica, ele tem sido uma grande referência para a fé, como foi em outros tempos o grande e saudoso Dom Estevão Bittencourt, OSB. Penso que a diferença dos dois é que no tempo de Dom Estevão não existia internet, e aparecer em uma televisão era muito difícil. Porém o conteúdo é doutrinal é bastante semelhante, até pelo fato de ambos seguirem com fidelidade o ensinamento de Cristo e da Santa Igreja.

Não temos a certeza de que esta carta tenha sido escrita pelos padres da Diocese de Cuiabá, porém uma coisa é fato: Existem muitos sacerdotes que ao invés de viverem com fervor e amor a sua vocação, vivem uma vida medíocre. São de Deus, querendo ser do mundo. Isso não é novidade para ninguém. Se algum leitor deste me blog conhecer uma diocese que não tenha um padre assim, que escreva e proteste.

Na verdade o que eu sei é que é raro, raríssimo que haja uma Diocese onde os padres “vocação light” não exerçam alguma pressão no bispo local quando ele deseja dar uma apertada no parafuso do clero.  Tem bispo que sofre! Rezemos por estes bispos…

O fato que esse tipo de padre (os vocação light) se sentem incomodados quando aparece um padre que consegue fazer o que eles não conseguem (ou não querem): Viver uma vida santa e austera. Foi esse o sentimento que os fariseus tiveram ao se deparar com Jesus e a sua autoridade. Este texto quer na verdade repudiar a ação desta suposta carta, e mais ainda a ação destes supostos padres. Sinceramente, me sinto envergonhado por saber que tem padres que não vivem a sua vocação com integridade. Sinto-me triste em saber que um padre quer difamar o outro para continuar vestindo calças apertadas, assistir sua novela preferida, militar nos grupelhos políticos e virar o catecismo de cabeça para baixo, ensinando asneiras para o povo.

A verdade incomoda o Reino da Mentira. Estão incomodados? Que bom!

De antemão lendo a carta, eu não vi em nenhum momento nada que desabonasse o Padre Paulo. Ao contrário, acho que lendo tal difamação ele deve bem no fundo estar feliz. Ele queria colocar o dedo na ferida e conseguiu. Se ele deseja uma mudança de paradigma na Igreja do Brasil, essa atitude dos “vocação light” mostra que algo bom já começou. Se essa estória for verdadeira e o bispo tiver postura de bispo o que vai acontecer é que essa carta aberta não vai dar em absolutamente nada. Se essa estória for forjada, saberemos que existem forças querendo derrubar o padre, ou seja, quem joga pedras, é porque está vendo frutos.

Porém fica uma observação: Acho que nós católicos do Brasil devemos sim apoiar o Padre Paulo nesse momento. Porém o povo cuiabano precisa se manifestar. A ação precisa vir dos católicos cuiabanos. Eles têm na sua diocese um sacerdote que todos nós gostaríamos de ter nas nossas dioceses. Como diz o jargão da minha cidade: Quem ama cuida! Nós precisamos ser o suporte mas que fique claro, a ação é de vocês.

No mais o que eu proponho:

  1. Assine a petição pública em apoio ao Padre Paulo Ricardo (clique aqui);
  2. Fazer um twittaço dia 08/08 às 19h com a tag #padrepauloricardo (tudo minúscula para facilitar);
  3. Reze ao menos um terço pelo ministério Dele.

Se a verdade incomoda o reino da mentira, o inimigo de Deus deve estar bem incomodado com o anúncio da verdade. Portanto vamos revestir o sacerdote em oração. No mais, deixo com vocês uma  leitura bíblica do profeta Jeremias. Será que ela se aprece com a situação atual? Veja por si mesmo…

Naqueles dias, disseram eles: “Vinde para conspirarmos juntos contra Jeremias; um sacerdote não deixará morrer a lei; nem um sábio, o conselho; nem um profeta, a palavra. Vinde para o atacarmos com a língua, e não vamos prestar atenção a todas as suas palavras”. Atende-me, Senhor, ouve o que dizem meus adversários. Acaso pode-se retribuir o bem com o mal? Pois eles cavaram uma cova para mim. Lembra-te de que fui à tua presença, para interceder por eles e tentar afastar deles a tua ira. (Jr 18,18-20)

Veja também:: Perseguição do clero diocesano de Cuiabá contra o Pe. Paulo Ricardo de Azevedo | Perseguição ao padre Paulo Ricardo | Ajude ao Pe. Paulo Ricardo de Azevedo Júnior |Padres do Regional Oeste II da CNBB se levantam contra Padre Paulo Ricardo

Siga-nos e fique por dentro das novidades:

  

About these ads

30 comentários sobre “Se calarem a voz dos profetas, as pedras falarão

  1. Prezados.
    É impressionante como certos fatos ocorrem na Igreja. Era óbvio que em um certo momento alguém ou alguns iriam tentar “puxar o tapete” do Pe. Paulo.
    Ele tem se destacado no meio católico através de diversos meios de comunicação e isto incomoda muita gente. Basta ver o “Programa Parresia” onde o Padre Paulo ataca com verdades o clero que fecha os olhos para os governantes não cristãos do PT e ainda os apoia.

    Muitos e muitos padres são ligados ao PT. Aqui na diocese de Mogi das Cruzes em SP, houve um padre que até se candidatou a vereador. Levou um “gancho” do Bispo para aprender a lição.

    Agora estão atacando sabe lá com o que o Padre Paulo, que como bem disse o blog DV é o tipo de padre que qualquer católico iria querer em sua paróquia.
    Rezemos pelo padre Paulo, mas também por estes que desejam o seu mal. Que Deus abra seus olhos e lhes limpe o coração.

    Marcelo Plácido – Suzano/SP

  2. Nao sei nao… Nao achei o conteúdo da carta muito “católico”… Será que isto nao seria apenas uma tentativa de manipular todos, padre contra padre e nós contra a igreja (já que, indiretamente, denuncia-se erros da igreja)? Nao me pareceu uma carta escrita por “membros do clero” . Talvez tenha sido escrita por algum protestante… Mesmo na dúvida quanto à carta assinei a peticao apoiando o Padre Paulo Ricardo.

    • Duvido muito que essa carta tenha sido escrita por protestantes. Até por que, segundo o que pude averiguar, 27 padres parece que já assinaram essa carta. Essa informação ainda não é oficial.Mas assim que eu tiver o pronto retorno eu informo aqui no blog.

  3. Pingback: Caso Padre Paulo Ricardo. Saiba como ajudar! « Dominus Vobiscum

  4. Pingback: Quem foi o autor da Carta contra o Padre Paulo Ricardo? Nós temos um nome… « Dominus Vobiscum

  5. Pingback: Perseguição ao Padre Paulo Ricardo « Sacrifício Vivo e Santo

  6. Pingback: Em apoio ao Pe. Paulo Ricardo de Azevedo Júnior « A Fé Explicada

  7. Pingback: Memes do Pe. Paulo Ricardo « Vida sim, aborto não!

  8. Pingback: Confira a polêmica pregação do Padre Paulo Ricardo no Vinde e Vede « Dominus Vobiscum

  9. Pingback: Por quê querem calar um Profeta?: Perseguição ao Padre Paulo Ricardo | O Ser Profeta das Nações

  10. Atenção amigos de CUIABÁ: Acontecerá amanha (08/03) a primeira manifestação pública em favor ao Padre Paulo Ricardo às 13h. Os católicos se reunirão em frente a Mitra para recitar juntos o Santo Terço… peço em nome de Jesus, que você divulgue o máximo que puder, queremos reunir mais de 1.000 pessoas. Será que encontramos esses católicos que amam verdadeiramente a Igreja Católica, o Papa e ama também os Padres obedientes ao Papa e a Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo? Se você é um deles, se una a nós, divulgue e caso more em Cuiabá, participe!

  11. Pingback: Perseguição ao Padre Paulo Ricardo - O Camponês

  12. Pingback: Contra os que promovem o escândalo: Refutação de carta contra o pe. Paulo Ricardo | Deus lo Vult!

  13. Pingback: Contra os que promovem o escândalo: Refutação de carta contra o pe. Paulo Ricardo » Caritas in Veritate

  14. Pingback: A estratégia de Satanás: Padre Paulo Ricardo e a legalização do aborto no Brasil « Porta Fidei

  15. Pingback: Oração de intercessão pelo Padre Paulo Ricardo. Reze junto comigo! « Dominus Vobiscum

  16. Pingback: Ainda em defesa de Padre Paulo Ricardo « catolicosconservadores

  17. Pingback: Com a tag #padrepauloricardo católicos se manifestam em apoio ao sacerdote « Dominus Vobiscum

  18. Pingback: Carta Aberta contra o Pe. Paulo Ricardo: um exemplo de ecologia « O Catequista

  19. Nesta carta eivada de ódio, não há nada de cristão, não há nada do amor de Deus. Pe Paulo não precisava ter recorrido às mensagens do MSM: em Lourdes, Nossa Senhora foi cristalina quanto a água da fonte, ao dizer que muitos sacerdotes trairiam a Igreja, transformando-se em ‘cloacas de impurezas’. Linguagem mais dura, impossível. Mas, ainda assim, não podemos revidar no mesmo diapasão. Defendamos resolutos o Pe. Ricardo desse ataque medonho, rezemos para o que o senhor bispo de Cuiabá proceda sob a guarda do Espírito Santo neste assunto e, principalmente, rezemos por estes 27 pobres sacerdotes que, por ignorância ou má-fé, maculam enormemente a sias vidas sacerdotais sendo signatários de um documento que não nasceu de corações eivados da Graça.

  20. Pingback: Comunicado do Padre Paulo Ricardo a respeito da carta, das injúrias e dos signatários da mesma « Dominus Vobiscum

  21. Pingback: Comunicado do Padre Paulo Ricardo a respeito da carta, das injúrias e dos signatários da mesma. « MAIS UNIDOS COM JESUS

  22. Pingback: Batina: Usar ou não usar? A ciência diz que o uso da batina faz diferença sim! « Dominus Vobiscum

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s